Nossa Fé - Nossa Vida - Ceia do Senhor

24/12/2010

O que é a Ceia do Senhor?
A Ceia do Senhor é a celebração da comunhão mais íntima possível com Cristo, com as irmãs e os irmãos na comunidade. Cristo - que por nós morreu, ressuscitou e voltará no final dos tempos para erguer em definitivo seu reino - realmente se torna presente.
Ele nos serve como hospedeiro e alimento. Dá-nos seu corpo e sangue, em forma de pão e vinho. Convida-nos a participar alegremente de sua ceia. Proclama a vitória sobre nosso pecado, fracasso, egoísmo e desunião. Permite-nos antecipar a alegria do banquete eterno. Ele nos envolve, pelo perdão e pela partilha, numa nova relação com Deus, conosco mesmos, com irmãs e irmãos. Liberta-nos para repartir o pão nosso de cada dia.

Onde celebramos a Ceia do Senhor?
Celebramos a Ceia do Senhor sempre na reunião com os irmãos e as irmãs: na igreja, no lar, no hospitalou em outro lugar.

Como nos preparamos?
A fim de participarmos dignamente da Ceia do Senhor, analisamos nossa situação perante Deus e o meio em que vivemos, à luz da vontade dele.
Ao constatar nossa situação precária, dirigimo-nos a Deus, em oração, ao próximo, em conversa franca, e nos arrependemos de nossas faltas.
Estamos dispostos a melhorar o modo de viver, aceitando o perdão de Deus e do outro e concedendo-o ao próximo.

Como celebramos a Ceia do Senhor?
Lembrados da ordem de Cristo, realizamos a ceia em sua memória. Comemoramos a vinda, vida, morte, ressurreição e a volta de Cristo.
Segundo as palavras da instituição, ele se oferece a nós, em seu corpo e seu sangue, para a remissão dos pecados. Quando a comunidade celebra, com pão, vinho e as palavras da narrativa da instituição da ceia, Cristo recria e cria a comunhão.

O que acontece na Ceia do Senhor?
Ao recebermos a palavra de perdão junto com pão e vinho, experimentamos na fé a libertação da culpa.
Assim é renovada a comunhão com Deus, com os irmãos e as irmãs e com o meio em que vivemos.
O amor de Deus, que se reparte em nosso favor, nos liberta e motiva para o repartir solidário.
Através da Ceia do Senhor experimentamos, já agora, um antegozo do que ele nos dará, em plenitude, no seu reino: a eterna comunhão em justiça, paz e amor.

Por que oramos na Ceia do Senhor?
Por meio da oração na Ceia expressamos gratidão e louvor pelo amor de Cristo. Ele vem a nós, torna-se nosso irmão,e nos reveste com amor e dignidade.Pedimos seu auxílio para perdoar e amar o próximo e promover paz e justiça no mundo.

Por que pão e vinho?
Na véspera de sua morte, Jesus confraternizou com seus discípulos, comemorando, na ceia pascal, a libertação do povo de Deus.
Ao dar-lhes pão e vinho, ele se ofereceu a si mesmo, fazendo-os participantes da libertação universal, oferecida a todos e todas, por sua morte e ressurreição. Por isso usamos o pão ou a hóstia, feitos de farinha e água, bem como o vinho.Por amor e solidariedade com crianças e pessoas que se abstêm de bebida com teor alcoólico, oferecemos suco de uva.

Quando participamos da Ceia do Senhor?
Participamos da ceia frequentemente, pois a comunhão com Cristo, os irmãos e as irmãs precisa ser alimentada sempre.

Quem distribui a Ceia do Senhor?
A administração do sacramento da Ceia cabe ao pastor, à pastora ou a outra pessoa obreira ou colaboradora, incumbida desta tarefa.

Quem pode participar da Ceia do Senhor?
Como pessoas batizadas, somos convidados a participar da Ceia quando livremente desejarmos que seja revigorada a comunhão com Deus, com a comunidade e com a criação. Nesta comunhão também crianças batizadas, ainda não confirmadas, podem participar.

Quem não está preparado?
Não estamos preparados para participar da Ceia, quando não reconhecemos os pecados e deles não nos arrependemos; quando não estamos dispostos a melhorar nossa vida; quando não aceitamos o perdão de Deus e não perdoamos ao próximo; quando não repartimos as dádivas recebidas.


Volte para índice de Nossa Fé - Nossa Vida

 


Âmbito: IECLB
Título da publicação: Nossa Fé - Nossa Vida Guia da vida comunitária na IECLB (8ª edição) / Editora: Editora Sinodal
Natureza do Texto: Documento consensuado
Perfil do Texto: Guia
ID: 1622
REDE DE RECURSOS
+
Vivemos rodeados da bênção de Deus e não nos damos conta disso.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br