Nossa Fé - Nossa Vida - O Sepultamento Eclesiástico

Consolar pela ressurreição de Cristo

20/12/2010

O que é o sepultamento eclesiástico?
O sepultamento eclesiástico tem caráter de culto. Nele a comunidade cristã se irmana com as pessoas enlutadas. Na despedida de seu ente falecido, proclama a vitória de Cristo sobre a morte e seus temores.
A comunidade consola as pessoas enlutadas, ora confiante em Cristo, o Senhor ressuscitado e vivo, que nos dá a esperança da vida eterna. Agradece a Deus por todo bem que tem feito à pessoa falecida e, por meio dela, aos seus.

A quem comunicamos o falecimento?
A solicitação de sepultamento deve ser encaminhada imediatamente ao pastor, à pastora ou à pessoa incumbida pela realização do mesmo.

Onde sepultamos os mortos?
Por lei, podemos sepultar as pessoas mortas somente em cemitérios. É manifestação de respeito zelar pela ordem no cemitério, para que o mesmo seja bem conservado. As inscrições nos túmulos devem dar testemunho da fé e da esperança cristãs.

Qual a forma do sepultamento?
Na igreja cristã tem prevalecido a forma de enterro, no qual a pessoa falecida é devolvida à terra de que foi formada.

Também a cremação é uma forma de devolver a pessoa morta à terra e está de acordo com os princípios cristãos. Recomenda-se, nesse caso, que a urna com as cinzas não seja guardada em casa, mas enterrada em local apropriado, para evitar que se criem amarras psicológicas ou que surja veneração a pessoas mortas.

A fé cristã proclama que nenhuma forma de sepultamento é capaz de impedir a ressurreição. Deus saberá recriar o que uma vez criou, mesmo que, aos olhos humanos, a pessoa falecida tenha desaparecido completamente. Sua família decidesobre a forma de sepultamento.

Quem é sepultado pela comunidade?
A comunidade realiza o sepultamento eclesiástico quando a pessoa falecida foi membro.

Também expressamos o amor cristão ao sepultarmos suicidas e crianças natimortas ou não-batizadas.

A realização do sepultamento eclesiástico dos que não foram membros depende de decisão específica a ser tomada pelo presbitério.
Este pode negar a realização do sepultamento eclesiástico, quando solicitado sob condições que contrariem a mensagem cristã ou venham em seu prejuízo.

Como participa a comunidade?
A comunidade demonstra sua solidariedade através da visitação antes, durante e depois do sepultamento.
O falecimento de um membro é participado durante um culto. Intercedemos em favor das pessoas enlutadas e confiamos a pessoa falecida à graça de Deus.


Volte para índice de Nossa Fé - Nossa Vida

 


Âmbito: IECLB / Instância Nacional: Concílio
Título da publicação: Nossa Fé - Nossa Vida Guia da vida comunitária na IECLB (8ª edição) / Editora: Editora Sinodal / Ano: 2011
Natureza do Texto: Documento consensuado
Perfil do Texto: Guia
ID: 1626
REDE DE RECURSOS
+
Quando Deus não está no barco, não se navega bem.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br