O limite da obediência

Meditação de Martim Lutero

01/01/1983

Leia em sua Bíblia: João 2.1-11

“Mas Jesus disse a sua mãe: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chagada a minha hora”. (v. 4)




São palavras amargas, mas ele é doce, eu sei disso muito bem. Agora, note como nessa ocasião Jesus foi rude com sua própria mãe, confirmando que, em se tratando de Deus e do nosso serviço a ele, não se deve conhecer nem pai nem mãe. Porque, embora não haja sobre a face da terra autoridade superior à de pai e mãe, esta termina onde começa a palavra e a ação de Deus. Pois nas coisas que são de Deus, nem pai nem mãe, muito menos bispo ou qualquer outra pessoa deve ensinar e guiar, mas tão-somente a palavra de Deus. E se pai e mãe lhe ordenarem, ensinarem ou pedirem para fazer contra Deus ou a serviço de Deus algo que não é claramente ordenado e exigido por Deus, você deve responder assim: “Que tenho eu contigo?”

Pois é dever de pai e mãe – e foi justamente para isso que Deus os colocou neste estado – ensinar os filhos e guiá-los a Deus, não segundo sua própria imaginação ou devoção, mas conforme o mandamento de Deus.
 

Veja também:

Assunto Passagem Bíblica
Tema: A Glória de Deus sobre a Criança
Sabei que o Senhor é Deus Salmo 100
Glória de Deus sobre a criança Lucas 2.41-52
Era-lhes submisso Lucas 2.41-51
O Quarto Mandamento Colossenses 3.18-25
Ganhar o Céu ou o Inferno nos próprios filhos Mateus 18.1-9
Se vocês não se tornarem como crianças Mateus 18.1-9
O limite da obediência João 2.1-11
Jesus abençoa as crianças Marcos 10.13-16

Voltando ao Castelo Forte - 1983


Autor(a): Martim Lutero
Âmbito: IECLB
Testamento: Novo / Livro: João / Capitulo: 2 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 11
Título da publicação: Castelo Forte / Editora: Concordia Ltda/Editora Sinodal / Ano: 1983 / Volume: 1
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 20127
REDE DE RECURSOS
+
Cada qual deve se tornar para o outro como que um Cristo, para que sejamos Cristos um para o outro e o próprio Cristo esteja em todos, isto é, para que sejamos verdadeiros cristãos.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br