Preserva em tua graça

Comentário e Reflexão

27/02/2014

HPD 108 – Preserva em tua graça

Letra - Josua Stegmann, 1627

Melodia - Christus, der ist mein Leben de Melchior Vulpius, 1609

Texto bíblico: Lucas 24.29 “Fica conosco”

O autor Josua Stegmann (1588-1632) , quando estudava em Leipzig, era conhecido como escritor de poesias em latim, mas por seus contemporâneos foi reconhecido como escritor de hinos. No entanto, é muito difícil distinguir as suas produções. Os hinos inseridos nas suas obras devocionais foram impressos sem qualquer indicação a respeito de autor. Muitos deles foram, certamente, feitos por autores anteriores, ou são reformulações baseadas em hinos mais antigos. Somente dois hinos são atribuídos a Stegmann, porque se encontram só a partir das suas obras, e não antes. Um é “Ach bleib mit deiner Gnade bei uns, Herr Jesu Christ” de 1627 (HPD 108), e o outro, um hino matutino “Wie schön leuchtet der Morgenstern vom Firmament des Himmels fern” de 1630.

Ach bleib mit deiner Gnade. É uma súplica. No original tem 6 estrofes de 4 linhas. Foi sugerido como um canto final, depois da Oração para a preservação da doutrina e da Igreja de Deus. É um simples e belo hino. Encontra-se na maioria dos hinários alemães. No nosso hinário a tradução “Preserva em tua graça teu povo, ó Salvador” (HPD 108) tem somente 5 estrofes.

No original alemão a primeira estrofe inicia com a expressão de dor “Ach” (= ái). Isso lembra que o hino foi concebido numa situação difícil e dolorosa para o autor. Na tradução isso foi descrito com as palavras “Satã nos ameaça”. Na época reinava a Guerra dos 30 Anos (1618-1648). Stegmann vivia em Rinteln, onde trabalhava na Universidade como professor de teologia. No ano de 1623 Rinteln foi ocupada e saqueada pelo exército de Cristiano de Braunschweig (1599-1626)1. A maioria dos estudantes e professores fugiram, inclusive Stegmann. Ele encontrou refúgio na igreja São Nicolau. Três anos mais tarde, contando em 1626 com 38 anos de idade, ele voltou e recebeu o cargo de Ephorus (superintendente) para orientar os párocos do condado. Em 1627 nasceu o texto do hino “Preserva em tua graça teu povo, ó Salvador”. Ele usou a melodia dum hino2  composto em 1609 por Melchior Vulpius (1560-1615).

No original a chave para este hino são as palavras dos dois discípulos de Emaus que pediram a Jesus “Fica conosco”. Cada uma das 6 estrofes inicia com “Ach bleib” (ó fica). O tradutor desloca o acento da 1ª estrofe para a ”graça” do Salvador. A expressão “fica conosco” ou “conosco fica” aparecem sómente na 3ª e 5ª estrofes. A tradução deste hino na edição de 1964 do “Hinário da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil” (Nº 103) permaneceu mais fiel ao original. Ela inicia a 1ª estrofe com “Conosco, em tua graça, vem ter, fiel Senhor” e repete a palavra “conosco” nas demais estrofes, com exceção da terceira.

Porém, nada impede de aceitar este hino assim como foi traduzido e atualmente se encontra em nosso hinário (HPD 108). E´ uma boa oração que pode ser usada também nos tempos modernos. Jesus Cristo não está visivelmente presente entre nós, mas está conosco por meio de suas graciosas dádivas:

(1º) Rogamos que Deus preserve seu povo por graça. Com isso entramos no centro da doutrina luterana (João 1,17; Romanos 3,24; Efésios 2,8; I.Pedro 1,13).

(2ª) Pedimos que o Senhor por sua excelsa luz (Espírito Santo) nos guie à salvação (II. Samuel 22,29; João 14,26; Efésios 1,17+18); .

(3ª) que a bênção rica da Palavra de Deus nos leve a vida eterna (Salmo 119,105; II.Timóteo 3,15-17); .

(4ª) que ele nos dê proteção sob sua mão poderosa (Salmo 46,7; Salmo 80,15); e

(5ª) que Deus em sua fidelidade nos liberte (João 8,34-36; I.Coríntios 1,9; I.João 1,9).

Notas:

1. Christian von Braunschweig (1599-1626) o jovem duque de Braunschweig e Lüneburg, também chamado de „Cristiano furioso“, de „Duque selvagem“ ou de „louco de Halberstadt“ conta entre os mais conhecidos e fantásticos líderes na luta contra a casa de Habsburgo (Imperador Ferdinando II, Rei Filipe IV da Espanha) e contra a Liga Católica na Guerra dos 30 Anos.

2.HPD nº 300 Jesus é minha vida (Christus der ist mein Leben)

Fontes:

http://www.hymnary.org/person/Stegmann_J

http://www.daniel-riecke.de/stegmann.html 

Veja também (em alemão) http://www.erf.de/service/predigten/ach-bleib-mit-deiner-gnade/117-883?range=detailDataset
  


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Hino: 108. Preserva em tua graça
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Comentário ou reflexão sobre hino
ID: 27496
REDE DE RECURSOS
+
Deus enxerga as profundezas do coração, enxerga mais profundamente que nós.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br