Romanos 16.25-27 - 4º Domingo do Advento - 20/12/2020

Caderno de Cultos 2020 - Sínodo Mato Grosso

30/09/2020

20/12/2020 – 4º DOMINGO DE ADVENTO
Prédica: Romanos 16.25-27
Leituras bíblicas: 2 Samuel 7.1-11,16 *Lucas 1.47-55 * Salmo 89.1-4
Cor litúrgica: Violeta ou azul
Cat. Traudi M. Kraemer – Querência – MT

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Estamos no 4º Domingo de Advento. Neste tempo de Advento, que a luz do Cristo nascido em Belém, o Salvador eterno, brilhe sobre nossas vidas, e ilumine os nossos corações para que enxerguemos o verdadeiro tesouro da salvação. Amém.
Acolho a todos/as com as palavras do profeta Isaias que diz: “Eis que a virgem conceberá e dará à luz a um filho, e ele será chamado pelo nome de Emanuel, que significa Deus conosco.” (Mt 1.23)
O Senhor nos convidou para esse encontro, portanto, bom dia, seja bem-vindo/a você da comunidade! Bem-vindo/a você que nos visita, é bom saber que estás em nosso meio. Iniciamos cantando:

CANTO DE ENTRADA
Nº 308 – HPD 2 –. Advento é tempo de preparação (358 LC)
Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Celebramos este culto em nome e na presença do Pai, Deus Criador; em nome do Filho, Jesus Cristo nosso Salvador, e em nome do Espírito Santo, o verdadeiro Consolador. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 361 – LC – Erguei os arcos triunfais
Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
(Sugiro que cada membro receba um galho seco para, em reflexão de confissão, depositar em um pote de barro ou algum outro utensílio diante do altar, o seu galho. Estes galhos no momento do anúncio da absolvição podem ser incinerados.)
Como galhos secos que carecem da seiva da planta para que brote e encha de folhas e flores. Assim carecemos do perdão e da misericórdia de Deus. Com os galhos secos que recebemos, queremos fazer um instante de silêncio e, olhando para o galho seco, refletirmos nossa vida, nossas atitudes diante do nosso próximo diante de Deus. Sabemos que nem sempre tudo corre bem e o pecado está em nós, por isso confessemos os nossos pecados individualmente ao Senhor. E em seguida depositemos o nosso galho seco no pote que está no altar.

ANÚNCIO DO PERDÃO: Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Por isto, alegrem-se, e recebam o perdão em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

KYRIE: Por ainda haver tanta injustiça neste mundo, por ainda haver pessoas que se afastam da presença de Deus é que vemos tanta violência, guerras, discriminação, tanta pobreza e miséria. Jesus disse que veio ao mundo para que nós tenhamos vida, e a tenhamos em abundância.

Por isso, vamos pedir a Deus que tenha pressa em enviar o Reino que será justo a todos. Queremos fazer isso cantando: Pelas dores deste mundo....

GLÓRIA IN EXCELSIS: Deus vem a nós, mais uma vez neste tempo do Advento, para nos dar a sua paz. Exaltemos o nome do Senhor o nosso Deus cantando:
/: Glória! Glória! Glória a Deus nas alturas!
Glória, glória, paz entre nós, paz entre nós! :/

ORAÇÃO DO DIA
Querido Deus, somos gratos por mais uma vez podermos nos reunir em culto, de forma especial neste quarto Domingo de Advento. Obrigado por nos possibilitar também esse tempo para, de forma especial, silenciarmos, ouvir e agirmos através dos teus ensinamentos. Faça com que possamos perceber e refletir sobre o que está acontecendo ao nosso redor, e assim, vivenciarmos e anunciarmos a Tua mensagem de vida e esperança para os que creem. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA
Nos preparando para ouvir a Palavra, cantemos:
CANTO 364 – LC – Como hei de receber-te
Ou: Nº ____________________________________________________

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Salmo 89.1-4
2ª Leitura Bíblica: Romanos 16.25-27
3ª Leitura Bíblica: 2 Samuel 7.1-11, 16

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 355 – LC – Já vem perto o Natal
Leitura do Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo conforme o Evangelista Lucas 1.46-55; Aleluia!

PREGAÇÃO
Que a graça do Senhor Jesus, o amor de Deus o Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam com todos vocês. Amém!
Estamos no finalzinho do tempo de Advento. Em Jesus Cristo, Deus veio morar conosco, acendendo as esperanças e os sonhos com uma vida nova, com um mundo novo. Somos chamados a acordar para o encontro com o menino de Belém. É tempo de acordar, sair do egoísmo, de louvar e agradecer. É tempo de buscar a Deus e o próximo na promoção da paz, da partilha, da fraternidade e do amor.
Paulo escreve aos Romanos para apresentar a mensagem do Evangelho aos cristãos em Roma e explicar como esse evangelho deve corrigir as divisões entre os crentes judeus e os crentes gentios, como mudança para uma vida de paz. Ele quer mostra o quanto cada um está interligado com o outro em relação ao pecado, à justiça e ao juízo de Deus. Que recebemos a justificação somente mediante a fé. Ou seja, ele fala como cristãos judeus e gentios devem aprender a aplicar o evangelho à vida prática. E então ele conclui essa carta com a Doxologia final, Rm 16.25-27), em que ele fala sobre a verdade que foi revelada por meio daquilo que os profetas escreveram. E, por ordem do Deus eterno, ela se tornou conhecida em todas as nações, para que todos creiam e obedeçam e sirvam o Deus único e sábio e que a Ele seja dada glória para sempre, por meio de Jesus Cristo! (Rm 16.26-27) Paulo glorifica a Deus e pede que todos façam o mesmo, pois dEle é o poder e a glória!
Queridos/as, no Evangelho que lemos vimos algo bem parecido, Maria vê claramente algo extraordinário sobre Deus: Ele está prestes a mudar o curso de toda a história humana e ela é um dos personagens centrais. E Maria fica tão comovida com aquele que ama os humildes, que ela começa a cantar — um cântico que ficou conhecido como “O Magnificat.”
Esse cântico de Maria é chamado de Magnificat por causa da primeira palavra em sua redação latina. “A minha alma engrandece ao Senhor” (Lc 1.46), magnificat é a expressão latina para “engrandece”. É um cântico que exalta a grandeza de Deus. Paulo aconselha os romanos para que vivam o Evangelho compreendendo que todo o amor veio daquele que deu sua vida por nós.
Maria também não fala de si; ela fala de Deus. Deus é o tema do poema, de sua canção.
Este também deve ser o sentido de nossa vida. Há pessoas que só sabem falar de si. Há pessoas que chegam a salivar enquanto falam de si mesmas. Você começa a contar um sonho, ela lhe interrompe para contar o seu, geralmente quilométrico. Você fala de uma doencinha, ela vem com uma doençona. Você faz menção de comentar um probleminha, ela vem com um problemão.
Maria não fala de seus projetos de vida. Ela agradece a Deus pelo que Ele é. Ela poderia aproveitar a oportunidade para pedir pelo seu filho ou por si mesma. Mas nem a responsabilidade pela maternidade desviou seus olhares de Deus.
Assim é o amor de Paulo e de Maria, um amor verdadeiro, sem interesses pessoais. Ele deve nos levar em direção a nós mesmo, para um melhor autoconhecimento, em nossas qualidades e defeitos. O amor deve nos levar em direção aos outros, para um melhor relacionamento. Mas, principalmente, deve nos levar para Deus. Quando vamos em direção a Ele, vamos em direção a nós mesmos e em direção ao outro com os olhos de Deus.
O louvor de Maria diante da escolha tem sentido. Deus a escolheu para gerar o salvador. Ela foi humilde para dizer que não merecia tão grande presente, mas, mesmo assim foi escolhida, assim como nós fomos escolhidos para sermos salvos e Jesus ainda nos convida e chama para uma nova vida.
Também nosso louvor deve vir da alegria pela divina providência (o nascimento) da salvação (que se completaria na cruz/ressurreição). A alegria da salvação deve nos levar a engrandecer a Deus e exultar diante dEle. Por isto, não devemos nos contentar com a chamada alegria interior. Se é interior apenas, não é alegria verdadeira. Ela não pode ser contida no interior do corpo. Nosso louvor deve mover nossa alma e nosso espírito em direção a Deus.
A igreja cristã entende-se, de todo o coração, de toda a alma e com toda a sua energia. A Fonte da alegria é a ação de Deus por nós. Quando ele é a fonte, a alegria é profunda, permanente e poderosa. Creia nisso e que Deus te abençoe. Amém!

CONFISSÃO DE FÉ
Na comunhão com as pessoas que creem e louvam o trino Deus, confessemos a nossa fé com as palavras do Credo Apostólico:
Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 286 – HPD I – Obrigado Pai Celeste
Ou: Nº ____________________________________________________

 

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
Bondoso Deus e Pai, graças te rendemos por nossa vida e por este tempo de aquietação e reflexão de Advento. Que o teu amor e o teu poder venham nos fortalecer e animar para um novo tempo de paz. Que a tua luz possa aquecer nossos corações e iluminar nossa vida para que possamos nos acalmar, aquietar e preparar o caminho para o nascimento do menino
Jesus. Ó Senhor que visitas o mundo, manifestando tua misericórdia, enche a vida de nossos familiares e amig@s de esperança, abre nosso caminho para celebrar tua chegada, visita-nos mais uma vez com a graça de teu santo Espírito.
Alivia nossas dores; esteja Senhor, com tantas famílias e pessoas que estão em sofrimento por motivos de enfermidades, luto, ___________________________________________________
problemas, violência, desemprego, solidão, abandono, preconceitos... Acolhe nossos pedidos e atende as nossas necessidades; ensina-nos a viver em paz em nossa família; perdoa-nos as más palavras e as atitudes que agridem as outras pessoas. Revigora nossas forças e ajuda-nos a sermos pessoas melhores. Esteja conosco em todos os momentos e conduza nossos passos para uma vida de bênçãos, harmonia, paz e amor. Por Jesus Cristo, teu Filho amado, nosso benigno Salvador, tudo confiamos aos teus cuidados quando juntos oramos: Pai nosso

PAI NOSSO
Pai nosso...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ – destinada para ...______________________________ __________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

BÊNÇÃO
O Senhor te abençoe e te guarde;
O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti;
O Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz.
Que assim te abençoe o Trino Deus: Pai, Filho, e Espírito Santo (+). Amém.

ENVIO
Vão e sirvam ao Senhor com fé, força e alegria. Amém

CANTO FINAL
Nº ________________________________


Autor(a): Catequista Traudi Margarida Kraemer
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Natal
Natureza do Domingo: Advento
Perfil do Domingo: 4º Domingo de Advento
Testamento: Novo / Livro: Romanos / Capitulo: 16 / Versículo Inicial: 25 / Versículo Final: 27
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2020
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 59210
REDE DE RECURSOS
+
Um cristão é um ser alegre, mesmo que passe pelo maior desgosto, pois o seu coração se alegra em Deus.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br