Santificado seja o teu nome.

01/12/2012

Santificado seja o teu nome.

O primeiro pedido que Jesus expressa na oração do Pai Nosso fala sobre o nome de Deus. Este tema está presente nos primeiros três mandamentos e trata do ser de Deus e do relacionamento com as pessoas. É uma frase curta, repleta de conteúdo, que quer ser compreendida a partir de seu próprio contexto e de toda mensagem bíblica.

Olhemos para uma história anotada no segundo livro da Bíblia (Êxodo 3.13-14). Este relato pode nos ajudar a compreender o pedido de Jesus. Deus se apresenta a Moisés e revela o seu nome na sarça em chamas. O enigmático nome “eu sou” traz dentro de si uma enorme dinâmica. Nosso Deus se apresenta através daquilo que ele é, e através daquilo que ele fez e continua fazendo. Deus é o criador que nos presenteou com a criatividade. Ele mesmo está sempre em movimento, acompanhando o seu povo através da história e por isso não pode ser fixa- do a um determinado lugar.

É o agir de Deus que santifica o seu próprio nome. Deus socorre e traz liberdade quando suas filhas e seus filhos são tratados como objetos. Deus restaura a vida de toda sua criação ali onde ela é machucada e destruída. No evangelho de Mateus encontramos os relatos que nos mostram concretamente como acontece o agir de Deus. É o “Deus conosco” que vem e mora entre nós. Que caminha conosco pelo mais profundo sofri- mento. Que nos promete: Eis que estou convosco todos os dias.

O nome de Deus já é santo. Santificar o nome de Deus não é nosso mérito, mas graça do próprio Deus. A oração que aprendemos de Jesus nos convida a usar o nome de Deus entre nós. Santificar o nome de Deus é buscar orientação no seu agir para as nossas palavras e nossas ações.

P. Geraldo Grützmann - Breklum / Alemanha


Oração 
Deus misericordioso, agradecemos pela vida que tu criaste. Obrigado por podermos chamar o teu nome e chegar junto a ti com os nossos pedidos. Que o teu nome seja santificado também entre nós. Amém.


Voltar para índice Anuário Evangélico 2013


 


Autor(a): Geraldo Grützmann
Âmbito: IECLB
Título da publicação: Anuário Evangélico - 2013 / Editora: Editora Otto Kuhr / Ano: 2012
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 32265
REDE DE RECURSOS
+
Que ninguém procure somente os seus próprios interesses, mas também os dos outros.
Filipenses 2.4
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br