Santo amor, que me criaste

LCI 507

26/06/1657

 

1. Santo amor, que me criaste
semelhante a ti, Senhor,
que, benigno, me salvaste
da terrível queda e dor;
Santo Amor, com gratidão
eu te entrego o coração.

2. Santo amor, tu me escolheste, 
antes mesmo de eu nascer. 
Tu por mim do céu desceste 
e me vieste socorrer. 
Santo Amor, com gratidão 
eu te entrego o coração.

3. Santo amor, à cruz pregado,
resgataste o pecador,
agraciando o condenado 
com teu celestial fulgor:
Santo Amor, com gratidão
eu te entrego o coração.

4. Santo amor, luz poderosa, 
 tua graça celestial 
 se difunde, fulgurosa, 
 expulsando todo o mal: 
 Santo Amor, com gratidão 
 eu te entrego o coração.

5. Santo amor, fui conquistado,
salvo pelo teu poder. 
Pela graça dominado, 
quero só em ti viver.
Santo Amor, com gratidão 
eu te entrego o coração.

6. Santo amor, em glória eterna
hás de me ressuscitar!
Paz e graça sempiterna 
aos remidos hás de dar:
Santo Amor, com gratidão 
eu te entrego o coração. 


Autor da letra: Johann Scheffler

Comentário e reflexão: Leonhard Creutzberg




 


Autor(a): Johann Scheffler
Âmbito: IECLB
Hino: 203. Santo amor, que me criaste
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Hino
ID: 28890
REDE DE RECURSOS
+
Assim diz o Senhor: Buscai-me e vivei.
Amós 5.4
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br