SEI: para as lideranças

A PEQUENA IMPRENSA

01/08/1988

SEI: para as lideranças

Também integrado à Redação Central do Jornal Evangélico, surgiu em agosto de 1971 o boletim SEI (Serviço Evangélico de Informação), que pretendia trazer informações aos líderes da Igreja.

Como definia a revista Igreja em Nossos Dias, num artigo de novembro de 1971, ele se dirige, em primeira linha, aos membros bem engajados: pessoas líderes de toda a Igreja, das regiões, distritos, das paróquias e também aos redatores dos periódicos de comunidades.

Nesta linha, o SEI tentava passar informações específicas para as lideranças, com informações sobre acontecimentos eclesiásticos, notícias ecumênicas e do mundo. Além disso — explicava o artigo —, serão oferecidas sugestões para facilitar a solução de problemas existentes na Igreja e comunidades!'

Com este nome, o SEI circulou até 1975, quando passou a ser chamado SEI — DOC (Serviço Evangélico de Informação e Documentação). O boletim era publicado em tamanho ofício, com reprodução de mimeógrafo à tinta, com um número de páginas que variava, por alto, de cinco a 10, tendo, por algum tempo, inclusive um suplemento em alemão. Naquele mesmo ano em que mudava de nome — 1975 —, o SEI — DOC iria desaparecer, em dezembro.


Voltar para índice de Um Século de História de Nossa Imprensa
 

HISTÓRIA
+
A vida cristã não consiste em sermos piedosos, mas em nos tornarmos piedosos. Não em sermos saudáveis, mas em sermos curados. Não importa o ser, mas o tornar-se. A vida cristã não é descanso, mas um constante exercitar-se.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br