Sola Gratia – Somente por Graça

01/12/2014

Sola Gratia
– Somente por Graça –

P. Dr. Leandro Otto Hofstätter

Imaginem um AMOR. Mas não um amor comum. Realmente um grande amor. O maior de todos que exista. Um que não caiba na terra. Um que, inclusive, não seja deste mundo. Um amor que escolheu este mundo para nele tomar como morada.

Agora compare este AMOR IMENSO com o seu amor para com o seu filho ou sua filha. Compare-o com o seu amor para com sua esposa ou seu esposo, ou para com o seu pai ou a sua mãe.

Você irá me dizer: Este amor que eu sinto pelo meu filho ou filha é imenso. Pela minha esposa, grandíssimo. Pelos meus pais, nem consigo expressar quão grande ele é! Não sei se há algo maior que ele!

E se você se perguntar pelo porquê desse amor, é quase certo que não iria encontrar uma resposta satisfatória. Já que não é pelo que essas pessoas pesam, se mais ou menos, se são brancas ou negras ou amarelas, se altas ou baixas que você as ama, não é mesmo? Não. Também não é o que elas fazem ou deixam de fazer que realmente leva você a amálas com um amor tão grande e profundo. Você as ama sem conseguir explicar muito bem porque isso é desse jeito! Simplesmente amando. E assim, se alguém perguntar, por quê? Você iria responder como a criança: porque sim!

Pois bem, esse amor que realmente é enorme e que você sente pelos seus provém do amor divino. Ele se derrama sobre nós, fazendo com que a gente possa senti-lo no amor aos outros.

Nós também não conseguimos muita explicação para o fato de Deus nos amar dessa maneira, a ponto de enviar seu próprio Filho para nos mostrar quão grande é esse amor! Aliás, nós só sabemos que esse amor é grande, porque GRANDE foi o que Cristo fez, a ponto de morrer na Cruz por você, por mim!

Ora, nós somos pessoas que falham, que erram, que cometem besteiras. Ou, para dizê-lo em palavras teológicas: Pessoas que pecam, contra Deus, contra nossos semelhantes e contra nós mesmos. E mesmo assim, sem méritos de nossa parte, sem justificativas, sem porquês, Deus nos ama de verdade, com verdade e pela verdade. Isso ficou claro em Jesus Cristo. Deus nos ama sem porquês, como a rosa, que floresce porque floresce. A Sua Graça redentora e misericordiosa, cheia de amor, nos basta.

É isso que quer dizer SOLA GRATIA: que somente somos salvos por esta ação graciosa de Deus que nos deu Jesus Cristo, que morreu e ressuscitou por cada um de nós. Não é o que fazemos ou deixamos de fazer que faz com que Deus nos ame, que faz com que Ele nos salve. Não é o valor que pagamos nos nossos dízimos, nas nossas ofertas que nos faz merecedores do amor de Deus. Deus tem um único propósito com esse amor gratuito; Ele espera uma única ação como resposta, sem nos obrigar a isso: que nós também amemos uns aos outros. Que sejamos graciosos com os semelhantes. Mas não para barganhar com Ele, para merecermos ir ao céu e estar num lugar ao seu lado. Isso seria impossível depois que Jesus DESCEU – veio ao mundo para nos salvar. Ele já está ao nosso lado. Ele quer que você o sinta ao seu lado hoje. E é por isso que Ele graciosamente te deseja tudo de melhor, aqui e agora. Apenas creia, e tudo se dará por graça, de graça!
Amém!

O autor atua como professor
no Bom Jesus IELUSC em
Joinville/SC, onde reside

O texto acima, que faz parte da Série: Fundamentos da Teologia Luterana também pode ser solicitado em forma de Folheto Evangelístico por E-mail: folhetos@centrodeliteratura-ieclb.com.br


Voltar para índice Anuário Evangélico 2015


Autor(a): Leandro Otto Hofstätter
Âmbito: IECLB
Área: Confessionalidade / Nível: Confessionalidade - Luteranos em Contexto
Título da publicação: Anuário Evangélico - 2015 / Editora: Editora Otto Kuhr / Ano: 2014
Natureza do Texto: Artigo
ID: 35026
REDE DE RECURSOS
+
Ó Senhor Deus, o teu amor chega até o céu e a tua fidelidade vai até as nuvens. A tua justiça é firme como as grandes montanhas e os teus julgamentos são profundos como o mar.
Salmo 36.5-6
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br