Thomas Selle (1599-1663)

Obra e Biografia

29/06/2012

Thomas Selle (1599-1663) HPD nº 120

Professor, músico eclesiástico e compositor alemão da época do Baroco.

Nasceu: 23 de março de 1599 em Zörbig, próximo de Bitterfeld, Alemanha.
Faleceu: 2 de julho de 1663 em Hamburgo, Alemanha

Thomas Selle nasceu em Zörbig mas recebeu sua primeira instrução musical em Leipzig onde provavelmente era um aluno do Thomaskantor Sethus Calvisius. Selle começou a trabalhar como professor e chantre em Heide (Holstein) e, a partir de 1634 em Wesselburen. Mais tarde assumiu o cargo de chantre em Itzehoe. A partir de 1641 se tornou chantre no Johanneum e diretor musical nas quatro igrejas principais em Hamburgo e, a partir de 1642, ainda Canonicus Minor na Catedral.

Selle compôs as melodias, acompanhadas por baixo contínuo, para muitas poesias de Johann Rist. Para as festas do Calendário Litúrgico ele criou uma série de „Histórias musicais“ (as perícopes dos evangelhos das respectivas festas apresentadas musicalmente num estilo de cantos responsórios), além de uma composição do relato do sofrimento de Jesus, conforme o evangelho segundo João. Na biblioteca da Universidade do Estado de Hamburgo guarda-se uma cópia manuscrita pelo próprio Thomas Selle de sua obra completa.

Thomas Selle, ao lado de Heinrich Schütz (1585-1672), conta entre os principais compositores seiscentistas e setecentistas que cultivavam a Paixão de Cristo.

Em nosso hinário Thomas Selle consta como autor (em 1655) da melodia de HPD nº 120, usada para o hino “Ó Cristo bendito, divino Pastor“ de Sarah Poulton Kalley (1825-1907).

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Thomas_Selle
 


Autor(a): Leonhard Creutzberg
Âmbito: IECLB
Natureza do Texto: Música
Perfil do Texto: Autor Melodia
ID: 15357
REDE DE RECURSOS
+
Importa, acima de tudo, que homem e mulher convivam em amor e concórdia, para que um queira ao outro de coração e com fidelidade integral.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br