Uma confissão de fé formulada por Martim Lutero

01/09/1984

UMA CONFISSAO DE FÉ FORMULADA POR MARTIM LUTERO

Não ponho a minha confiança em nenhum homem deste mundo nem em mim mesmo, nem em meu poder, habilidade, bondade, piedade, ou naquilo que eu possa ter.

Não ponho a minha confiança em nenhuma criatura, esteja ela no céu ou na terra. Eu me atrevo e ponho minha confiança unicamente no Deus uno, invisível, incompreensível, criador do céu e da terra, que reina, Ele só, sobre todas as criaturas.

Não temo toda a maldade do príncipe desse mundo e de seus comparsas. Meu Deus está acima de todos eles.

Eu confio, apesar de tudo, seja eu pobre, sem compreensão, sem sabedoria, desprezado, ou carecendo de tudo.

Eu confio apesar de tudo, ainda que pecador.

Porque esta minha confiança inabalável deve pairar sobre tudo o que existe e não existe, sobre pecados e virtudes e, sobretudo, para que, em Deus, pura e sinceramente, se conserve a confiança, tal qual o primeiro mandamento me obriga.

Nem tampouco quero esperar prodígios, tentando a Deus. Eu confio nEle constantemente, ainda que Ele demore, nem imponho a Ele termo ou tempo.

(WA 7.215s)

Voltar para Índice de Reflexões em torno de Lutero 


Autor(a): Martim Lutero
Âmbito: IECLB
Título da publicação: Reflexões em torno de Lutero II / Editora: Editora Sinodal / Ano: 1984 / Volume: 2
ID: 24883
REDE DE RECURSOS
+
Ele, Deus, é a minha rocha e a minha fortaleza, o meu abrigo e o meu libertador. Ele me defende como um escudo, e eu confio na sua proteção.
Salmo 144.2
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br