Jubileu dos 500 Anos da Reforma



ID: 2929

IECLB de Estrela/RS - Inauguração do Monumento Alusivo aos 500 Anos da Reforma Luterana

31/10/2017

Inauguração de Monumento em Estrela/RS
Inauguração de Monumento em Estrela/RS
Inauguração de Monumento em Estrela/RS
Inauguração de Monumento em Estrela/RS
Inauguração de Monumento em Estrela/RS
Inauguração de Monumento em Estrela/RS
Inauguração de Monumento em Estrela/RS
Inauguração de Monumento em Estrela/RS
Inauguração de Monumento em Estrela/RS
1 | 1
Ampliar

Na terça-feira, 31 de outubro de 2017, milhares de pessoas em todo o mundo celebram os 500 anos da Reforma Luterana.

Em Estrela, a data foi comemorada com badalar dos sinos, culto paroquial na Igreja Evangélica de Confissão Luterana - IECLB, além de inauguração de monumento na Rua Arnaldo J. Diel, ao lado da Escadaria do Rio Taquari.

A partir de uma decisão local da comunidade luterana, foi inaugurado um monumento voltado aos princípios estabelecidos na Rosa Luterana.

O evento contou com a presença de pastores, comunidade luterana e Prefeito Carlos Rafael Mallmann que afirmou em seu pronunciamento que o local vai receber melhorias em breve e passa a ser denominado de Praça Martin Luther.

A Pastora Ângela Ulrich disse que para a confecção do monumento em homenagem aos 500 Anos da Reforma, tudo partiu da Rosa de Lutero porque ela tem um significado especial para os luteranos.

O Pastor Milton Schmidt, contou que o local escolhido para o monumento representa uma homenagem aos antepassados vindos da Alemanha, que, justamente chegaram em Estrela pelo Rio Taquari desembarcando na barranca, hoje Praça Martin Luthero. Aqui queremos continuar escrevendo a nossa história para que o justo sempre possa viver pela fé, finalizou.

Em uma contextualização histórica, a Reforma Luterana marca o momento em que o monge Martinho Lutero fixou 95 teses na porta da Igreja de Wittemberg, na Alemanha, protestando contra diversos pontos da doutrina cristã praticada na época. Com isso, ocorreu uma revolução religiosa que posteriormente se estendeu por outros países.

A imagem que naquele tempo as pessoas tinham de Deus não estava relacionada com misericórdia, compaixão e amor. Pelo contrário, Deus era visto como um juiz severo, que punia as pessoas em vida e as enviava para o purgatório e inferno após a morte. A partir desse pensamento, Lutero passou a desenvolver estudos, acreditando em quatro princípios básicos, também denominados Os quatro solas: Somente Cristo, Somente a Graça, Somente a Fé e Somente a Escritura (a Bíblia). 

Fonte: Airton Engster dos Santos

MÍDIATECA

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Ao Senhor Deus pertencem o mundo e tudo o que nele existe; a terra e todos os seres vivos que nela vivem são dele.
Salmo 24.1
REDE DE RECURSOS
+
Ó Senhor Deus, não há ninguém igual a ti. Tu és grande e o teu nome é poderoso.
Jeremias 10.6
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br