Jubileu dos 500 Anos da Reforma



ID: 2929

Liturgia Dia da Reforma e Instalação da Diretoria do CONIC-RJ

31/10/2017

Acolhida - Luterana
Sejam todas bem vindas, sejam todos bem vindos a esta celebração da vida! Neste ano fazemos memória de um marco especial para toda a igreja cristã espalhada pelo mundo, isto é, os 500 anos da Reforma Luterana. São séculos de histórias de vidas marcadas pela fé, coragem e perseverança no caminho aberto pelo Cristo vivo. Isso nos incita a olharmos para frente e assim refletirmos sobre a importância de nosso papel como pessoas cristãs no Brasil e no mundo.

Saudação Trinitária - Católica
Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus que criou a vida e que nos ama com amor de pai e mãe e a comunhão do Espírito Santo estejam conosco. Amém.

Confissão de Pecados - Anglicana
No curso da história, tem havido muitos movimentos de renovação na Igreja, que está sempre necessitada de uma conversão mais profunda a seu Mestre, Jesus Cristo. Às vezes esses movimentos têm levado a indesejáveis divisões. Esse fato contradiz o que Jesus pede ao Pai em João 17,23: “que eles cheguem à unidade perfeita e, assim, o mundo possa conhecer que tu me enviaste e os amaste como tu me amaste.” Confessemos nossos pecados e oremos por perdão e cura das feridas que resultaram de nossas divisões:

Deus de amor e misericórdia, te pedimos perdão pelas diversas vezes em que agimos de modo sectário e excludente como pessoas cristãs. Perdão, Senhor, por negligenciarmos a dádiva da comunhão com as pessoas que são de outra tradição religiosa. Rogamos-te perdão pelas vezes em que deixamos de testemunhar a nossa fé cristã libertadora, quando fomos indiferentes na tarefa de promoção e defesa da vida. Assim cantamos unidas e unidos:
Perdão, Senhor, perdão! (2x)

Anúncio da Graça
O Deus de amor teve misericórdia de nós, tendo doado o seu próprio Filho à morte para nossa salvação. E, por seu amor, nos perdoou. Deu ainda a cada uma e a cada um de nós, que cremos em sua obra de amor, a esperança de vivermos como suas filhas e seus filhos, prometendo-nos também o consolo de seu Espírito Santo.

Oração do Dia – Palavra Viva
Deus da vida, graças te damos por estes 500 anos da Reforma. Por tua graça, te pedimos que, nos próximos 500 anos, o cristianismo possa continuar a dar testemunho da fé em teu Filho Jesus Cristo em terras brasileiras. Graças te rendemos pelo testemunho bíblico que nos provoca a sermos pessoas solidárias com toda a tua criação. Abre nossas mentes e corações na escuta do teu evangelho e nos conceda o horizonte do teu reino de paz, justiça e fraternidade. Por nosso Senhor Jesus Cristo é que nós oramos, amém.

Leituras bíblicas
Isaías 62.1-12 – Palavra Viva
Salmo 46.1-7 - Batista
Gálatas 5.1-11 - Católica

Aclamação do Evangelho – Aleluia - Luterana
O Senhor disse a Paulo: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza. Aleluia!

Mateus 5.1-10 - Presbiteriana

Pregação - Luterana
Prezados irmãos, prezadas irmãs em Cristo.
Eu devo confessar a vocês que a proposta de celebração hoje, não terminou como iniciou. Digo isto, porque primeiramente aqui em Ipanema nós não íamos fazer nada, simplesmente íamos celebrar o culto domingo e pronto. Mas, surgiu uma voz que dize que não podíamos deixar a data passar em branco, ao final são 500 anos de história. Por isso o nome desta reunião seria Celebração e Brinda da Reforma, uma coisa nossa, interna dos luteranos. Mas, surgiu a assembleia do CONIC Rio, da qual eu nem sabia e nem pensava participar. Como todos vocês sabem, terminei sendo eleito presidente de forma unânime. Na assembleia, umas pessoas sugeriram de fazer a instalação, posse ou como seja o nome oficial do ato de hoje do CONIC Rio no 31 de outubro na igreja luterana em Ipanema. Então, de uma coisa que quase não ia acontecer termina sendo um marco da caminhada ecumênica no Estado do Rio de Janeiro.
Temos que voltar no tempo para entender a importância do presente dia e da presente celebração.
Em 31 de outubro de 1517, um professor universitário e monge agostiniano chamado Martim Luder publicou uma lista de objeções às crenças e práticas religiosas dominantes em seu tempo. A principal entre suas queixas foi a afirmação da igreja de que os cristãos poderiam comprar a sua passagem para fora do castigo resultante do seu pecado, encurtando entre outras coisas o seu tempo no purgatório. A passagem era chamada de “indulgência” e podia ser comprada facilmente si se tinha o dinheiro. As coisas não saíram tão bem quanto esperado, e esse monge que até já tinha trocado de nome terminou sendo expulso da igreja.
Quinhentos anos depois desse ato rebelde de um único monge alemão que conseguiu dividir o mundo cristão, líderes religiosos de ambos os lados, finalmente concordaram que suas igrejas compartilham a responsabilidade pela ruptura histórica. Muitas outras igrejas, nesse meio tempo, têm se juntado para reconhecer que nem sempre foi a unidade ao redor de Cristo o alvo principal.
Pelo lado católico-romano tem se considerado de que o anseio de Lutero não era tão doído assim. A sociedade, a igreja e as pessoas daquela época pediam por reformas. Naquele tempo, foi difícil escutar esse pedido. Mas, muita coisa trocou na igreja presidida pelo Papa Francisco desde 1517.
Por sua vez ao aproximar-se o aniversário da Reforma, o lado luterano tem visto com humildade a necessidade de reconhecer que o rompimento da igreja ocidental não foi um presente para a igreja. E se olharmos com sinceridade muitas das críticas de Lutero à igreja romana não têm mais sentido de ser.
Durante 450 anos católicos e luteranos não conseguiam se enxergar. Teve que chegar o século 20 com suas horríveis guerras para que as pessoas decidiram que seria bom iniciar o diálogo. Eu só fico imaginando se em vez de Reforma e Contra-Reforma, com seu Concílio de Trento, tivéssemos tido o um Concílio Vaticano II. Quanto tempo perdido tivéssemos recuperado. Mas, daí nós não teríamos a diversidade presente hoje no mundo cristão. Como diz o ditado: Deus escreve certo em linhas tortas.
Hoje, não quero ver as nossas diferentes ênfases teológicas ou eclesiais como problema. Pelo menos hoje não. Hoje eu quero ver que 500 anos depois daquelas 95 teses. Depois de que o mundo cristão ocidental se dividiu e continua se dividindo em pedacinhos. Depois de tanta gente que morreu ou que matou em nome de sua confissão de fé, de Sua igreja. Depois de termos uma assembleia do CONIC Rio com resultados 14 a 13. Depois de tudo isso, e de tudo o que vocês têm na sua mente de problemas e divisões. Sei que nossas instituições não tem os mesmos pontos de vista seja na teologia ou na prática. Sei que somos diferentes seja na nossa visão sobre a política ou as ciências. Sei que somos diferentes sobre nossos conceitos de inclusão ou ministério. Sei tudo isso, e apesar de todas nossas diferenças, também que podemos e devemos lutar juntos por um testemunho comum. Não por nós, mas para que o mundo creia.
Apesar daquilo que nos separa e nos complica, apesar de tudo, quero louvar a Deus, porque hoje temos um pastor pentecostal, um pastor batista, uma reverenda anglicana, dois pastores presbiteriano e um pastor luterano fazendo parte de um corpo ecumênico. Hoje quero louvar a Deus porque nós estamos saindo do conflito e estamos encontrando na comunhão. Espero que o CONIC Rio não demore o mesmo tanto que as igrejas luterana e católica para se darem conta de que o principal não é a minha visão, mas a visão do Reino de Deus neste mundo. Espero que cada pessoa que hoje vai tomar seu cargo o faça por amor a Deus, não por amor ao sobrenome que sua instituição decidiu colocar-se.
Uma pessoa na assembleia veio felicitar-me pela eleição e me desejou que pudesse terminar meu mandato com o mesmo sorriso no rosto. Deus saberá, o que acontecerá com o CONIC Rio. Vocês são instrumentos de Deus para a unidade da sua igreja. Depende de vocês o que nós conseguimos ou perdemos neste experimento de comunhão chamado CONIC Rio.
Johann Sebastian Bach, o chamado 5º evangelista pelas suas grandiosas obras musicais que transmitiam tão bem o Evangelho, sempre escrevia em suas obras Soli Deo gloria, Glória somente a Deus. Espero que nós também possamos escrever com as nossas obras como CONIC Rio e como comunidades de fé na Cidade Maravilhosa: Soli Deo Glória!

Instalação Diretoria CONIC RJ

Oração de Intercessão
Resposta: Senhor, escuta a nossa prece.

1: Presbiteriana
Todo poderoso Deus, enviaste teu Filho Jesus Cristo para reconciliar contigo o mundo. Nós te louvamos por aqueles que enviaste no poder do Espírito para pregar o Evangelho às nações. Agradecemos por ter em todas as partes do mundo uma comunidade de amor que foi reunida com preces e trabalhos, e porque em todos os lugares teus servos proclamam teu nome. Que o teu Espírito desperte em toda comunidade uma fome e sede de unidade no teu amor. Oremos ao Senhor:
Resposta: Senhor, escuta a nossa prece.

2: Anglicana
Generoso Deus, oramos por nossas Igrejas. Enche-as com toda verdade e paz. Onde a fé estiver corrompida, purifica-a; onde as pessoas se extraviam, redireciona seus caminhos; onde falham na proclamação do Evangelho, reforma-as; onde testemunham o que é certo, fortalece-as; onde estiverem passando necessidades, dá-lhes o que precisam; e onde estão divididas, restabelece a união. Oremos ao Senhor:
Resposta: Senhor, escuta a nossa prece.

3: Católica
Deus Criador, nos fizeste à tua imagem e nos redimiste por Jesus Cristo, teu Filho. Olha por toda a família humana com compaixão; retira a arrogância e o ódio que infectam nossos corações; derruba os muros que nos separam; torna-nos unidos em laços de amor. E, mesmo em nossas fraquezas, age para realizar teus projetos na terra, para que todos os povos e nações possam te servir em harmonia ao redor de teu trono celestial. Oremos ao Senhor:
Resposta: Senhor, escuta a nossa prece.

4: Cristã
Santo Espírito, Doador da Vida, fomos criados para sermos plenos em Ti e para partilhar esta vida na terra com nossos irmãos e irmãs. Desperta em cada um de nós tua compaixão e amor. Dá-nos força e coragem para trabalhar pela justiça onde estivermos, para criar paz dentro de nossas famílias, para confortar os doentes e os que estão morrendo e para partilhar tudo que temos com aqueles que estão carentes do necessário. Pela transformação de todo coração humano, oremos ao Senhor:
Resposta: Senhor, escuta a nossa prece.

Pai Nosso – Luterana
Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome. Venha o teu reino. Seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dá hoje. E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também perdoamos aos nossos devedores. E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal. Pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém.

Benção – Luterana junto com todas as outras denominações
Que o Senhor esteja com todas e todos nós. Que o Deus da graça e da vida, o Pai, o Filho e o Espírito Santo seja a nossa força e alegria hoje e sempre, amém.

Envio - Luterana
Ide em paz, e o Senhor vos acompanhe

Convite para o brinde
 


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Em todo o universo, não há nada que possa nos separar do amor de Deus, que é nosso por meio de Cristo Jesus, o nosso Senhor.
Romanos 8.39
REDE DE RECURSOS
+
A fé não pode aderir ou agarrar-se a qualquer coisa que tem valor nesta vida, mas rompe os seus limites e se agarra ao que se encontra acima e fora desta vida, ao próprio Deus.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br