Sínodo da Amazônia



Avenida Paraná , 431 - Novo Horizonte
CEP 76962-053 - Cacoal /RO - Brasil
Telefone(s): (69) 9845-48890 | (69) 8454-8890
sinododamazonia@gmail.com
ID: 8

1 Coríntios 15.1-11 - Páscoa

Caderno de Celebrações 2014/2015 - P. Handolfo Timm

05/04/2015

CULTO PARA MARÇO – 2015 – PÁSCOA
Departamento de Música e Liturgia do Sínodo da Amazônia
Textos bíblicos: Isaías 26.6-9; Salmo 118.1-2,14-24; Marcos 16.18
Pregação: 1 Coríntios 15.1-11;
P. Handolfo Timm - São Miguel do Guaporé/RO
 

LITURGIA DE ABERTURA

SAUDAÇÃO E ACOLHIDA:
Porque Deus está entre nós, somos um só corpo fraterno. Por isto mesmo podemos nos acolher e saudar, conhecendo-nos, aproximando-nos como membros da grande família de Deus. O apóstolo Paulo escreve: “Se Cristo não tivesse ressuscitado, nada teríamos para anunciar, e vocês nada teriam para crer. Mas a verdade é que Cristo ressuscitou” (1 Co 15.14,20). Também queremos acolher as pessoas que nos visitam. Sejam todos/as bem vindos/as para esta celebração! Porque Cristo ressuscitou, podemos cantar alegremente!

HINO: ENE - nº 43 – Do sepulcro ressurgiu

INVOCAÇÃO TRINITÁRIA:
Estamos reunidos em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. Amém.

CONFISSÃO DE PECADOS:
Irmãos e irmãs! Recordo vocês, que o nosso Senhor Jesus Cristo se compadece das nossas fraquezas, pois ele próprio foi tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, ainda que sem pecado.

Aproximemo-nos em confiança do trono da graça, a fim de recebermos o perdão e acharmos socorro em tempos de necessidade. Confessemos os nossos pecados a Deus.

Deus, criador do céu e da terra! O mundo que criaste está sob ameaças constantes, que crescem dias após dia.

Perdão, Deus, pelas vezes em que paramos diante do nosso próximo somente quando ele está sendo velado.

Perdão, Deus, pelas vezes em que não nos posicionamos contra práticas, costumes e tradições que dificultam a vida para a maior parte da população em nosso país.

Perdão, Deus, pelas vezes em que celebramos a Páscoa, mas não nos comprometemos com os ensinamentos deixados por teu Filho. Perdoa-nos Senhor! Isto te pedimos cantando: Perdão, Senhor, perdão...

ANÚNCIO DO PERDÃO:
“Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 Jo 1.8-9). Como ministro/a chamado/a e ordenado/a pela Igreja de Jesus Cristo, declaro a vocês o perdão de todos os seus pecados, em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo (+). Amém.

KYRIE:
Vivemos num mundo onde há pessoas que sofrem por diversos motivos: porque são tratadas injustamente; porque sofrem violência, opressão e discriminação; porque perdem seus entes queridos em tragédias; porque sofrem em meio à pobreza e preconceito racial; porque vivem dispersas no mundo e estão rodeadas pelo ódio e pela tristeza. Clamemos pelas dores deste mundo, cantando: Pelas dores deste mundo...

GLÓRIA IN EXCELSIS:
Pela misericórdia e bondade de Deus cantemos-lhe glória (ENE nº140 – Glória).

ORAÇÃO DO DIA:
Obrigado, Pai Celeste, porque tu vês as nossas limitações, frustrações e medos. Tu abriste por meio da ressurreição um raio de luz, que nos enche de esperança. Concede que neste encontro possamos deixar de lado nossos planos para aceitar algo novo, que possa mudar nossas vidas. É o que te pedimos em nome de Jesus Cristo, nosso Senhor e único Salvador. Amém.


LITURGIA DA PALAVRA

Deus nos serve com a sua Palavra para nos alertar, desafiar e consolar. Através da Palavra, somos inspirados a crer e a confiar no Deus que é por nós e jamais nos abandona. Deus nos fala através de sua palavra. Essa palavra vem para nos unir.

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Isaías 25.6-9 - Cantemos: Pela palavra de Deus...

2ª Leitura Bíblica: Salmo 118.1-2,14-24
Cantemos: É como a chuva que lava...

3ª Leitura Bíblica: Primeira Carta de Paulo aos Coríntios 15.1-11
Aclamemos o Evangelho, Cantando: Aleluia...

Leitura do santo Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo segundo Marcos 16.1-8

HINO: ENE - nº 40 – Louvai a Deus em alta voz

PREGAÇÃO: Baseada em 1 Coríntios 15.1-11
TEMA: Cristo ressuscitou

“Que a paz do Senhor seja com todos!” Amém.

Prezados ouvintes!

No texto de 1 Coríntios 15.1-11, Paulo questiona a vida de fé da comunidade de Corinto e, através dos coríntios, questiona também a nossa fé, pois no fundo não somos diferentes.
O apóstolo Paulo faz uma veemente defesa da ressurreição de Jesus Cristo, afirmando com todas as letras que Cristo verdadeiramente ressuscitou.
Pergunto: Porque Paulo precisa defender a ressurreição de Jesus? Porque, embora fosse comum entre os coríntios pregar-se que Jesus Cristo ressuscitara dentre os mortos, embora a mensagem da ressurreição fosse pregada e crida por todos, surgiu um grupo que afirmava que não há ressurreição de mortos. Este grupo confunde a cabeça, a mente das pessoas da comunidade.
Quem é este grupo? Eram pessoas ligadas aos assim chamados gnósticos, pessoas que se separavam, pois se consideravam superiores aos demais. Consideravam-se conhecedores profundos das coisas da natureza e das divinas. Eram entusiastas que ensinavam uma ressurreição universal, mas apenas espiritual.
Eram pessoas que influenciavam e atuavam através de truques. Omitiam, por exemplo, que o Jesus terreno foi o “primeiro”. Eles diziam que a ressurreição atinge só os vivos e viviam como “salvos”, cultuando um espiritualismo fora do mundo. Por isso se negavam a qualquer compromisso na terra e menosprezavam a realidade da morte.
Prezada comunidade! Nós aprendemos e a cada culto confessamos que Cristo morreu e ressuscitou dentre os mortos. Talvez entre nós mesmos haja pessoas que duvidem desta promessa. Mesmo que na comunidade ninguém afirme “que não há ressurreição dentre os mortos”, isto, no entanto, não significa que não haja dúvidas e até mesmo discordâncias quando perguntamos sobre o significado e as consequências da ressurreição de Cristo dentre os mortos para a nossa vida de fé.
Assim, nesta Páscoa temos que perguntar: o que este texto nos ensina?
Em primeiro lugar, que a pregação, a fé e o testemunho cristão consistem unicamente na ressurreição de Jesus dentre os mortos.
Foi a fé na ressurreição, a certeza de que Cristo vive que fez com que o Evangelho chegasse também a nós hoje.
E o que somos nós se não crermos na ressurreição? Pergunta Paulo mais adiante. Nossa fé e nossa vida não são nada.
Através da ressurreição de Cristo dentre os mortos, Deus revelou definitivamente seu poder e amor pelo mundo.
Deus vem a nós, se encarna em nossa realidade através de Jesus e vai às últimas consequências, morre pelos nossos pecados na cruz, porque nos quer ver livres. Ele não se conforma com as injustiças deste mundo. Não se conforma com a morte. Por isto, ao ressuscitar Jesus dentre os mortos, Deus voltou a falar da vida e vida plena que ele quer para todos.
Mesmo que a nossa vida, às vezes, não é lá aquela beleza, mesmo que a vida neste mundo pareça estar em baixa, para nós está garantida a glória de Deus. Por isso podemos viver nos caminhos da esperança.
Que esta Páscoa, que mais uma vez nos lembra da ação de Deus por nós, concretizada na ressurreição de Jesus Cristo, nos motive a crermos na ressurreição diariamente. Que assim seja.

CONFISSÃO DE FÉ:
Na comunhão com as pessoas que creem no trino Deus, confessemos nossa fé com as palavras do Credo Apostólico.
Todos: Creio em Deus...

HINO PÓS-CONFISSÃO
ENE - nº 42 – Cristo vive, e nós também

AVISOS:
Próximo culto: ____/____/ ás ___:___ h
Destino da oferta:
Oferta do último culto: R$ _________ destinada para ________

ANIVERSARIANTES:
ORAÇÃO DE INTERCESSÃO:
A comunidade cristã aprendeu de Jesus a apresentar, com forte clamor, orações e súplicas. Vamos agora interceder pelos doentes, enlutados, viúvas/os, desprezados, pelas famílias em conflito, pelas lideranças da igreja, pelas lideranças nas comunidades, pelas pessoas que abandonaram o caminho da luz. Enfim, pelas pessoas que necessitam da nossa oração e da nossa ação solidária. Oremos:

Intercedemos, nosso Deus, por fé na ressurreição do corpo, do corpo de Cristo e do nosso corpo, para que fiquemos livres da tentação de crenças e filosofias que prometem soluções por caminhos individualistas.

Intercedemos, nosso Deus, pela ação da tua Igreja, para que, em gratidão por tudo que fizeste por nós, haja mais disposição para o estudo da tua Palavra, mais vontade de celebrar e viver em comunidade e que possamos estar apostos para servir em tua seara diariamente.

Intercedemos, nosso Deus, pelas pessoas que sofrem neste mundo tão injusto e cruel, especialmente (incluir o nome das pessoas). Intercedemos, nosso Deus, para que a mensagem da Páscoa anule de nosso meio a ânsia de poder, a ganância, o desprezo pelos mais fracos, as divisões, a fim de que haja a inclusão, respeito, apoio, transformação. Os demais pedidos e agradecimentos nós incluímos na oração que Jesus nos deixou. Dizendo:

PAI NOSSO: Pai Nosso...

LITURGIA DE DESPEDIDA

BÊNÇÃO:
Como gesto de humildade, elevemos nossas mãos abertas para o alto para, assim, acolher a bênção de Deus, que nos anima e fortalece a continuarmos a caminhada da vida, a partir da revelação do amor de Deus. O Senhor vos abençoe e vos guarde; o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre vós e tenha misericórdia de vós; o Senhor sobre vós levante o seu rosto e vos dê a paz. Em nome do Pai, Filho e Espírito Santo (+). Amém.

ENVIO:
Há muitos motivos para a esperança. Há muitos motivos para servir. Vão em paz e sirvam ao Senhor! Uma abençoada Páscoa a todos/as!

CANTO FINAL:
Hino: ENE nº 114 – Senhor, porque me guarda a tua mão.
 


Autor(a): P. Handolfo Timm
Âmbito: IECLB / Sinodo: Amazônia
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo da Páscoa
Natureza do Domingo: Páscoa

Testamento: Novo / Livro: Coríntios I / Capitulo: 15 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 11
Título da publicação: Caderno de Celebrações - Sínodo da Amazônia / Ano: 2014
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 26487

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

A Palavra de Deus é a única luz na escuridão desta vida. É Palavra da vida, de consolo e da toda bem-aventurança.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Como um perfume que se espalha por todos os lugares, somos usados por Deus para que Cristo seja conhecido por todas as pessoas.
2Coríntios 2.14
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br