Sínodo da Amazônia



Avenida Paraná , 431 - Novo Horizonte
CEP 76962-053 - Cacoal /RO - Brasil
Telefone(s): (69) 9845-48890 | (69) 8454-8890
sinododamazonia@gmail.com
ID: 8

Efésios 4.25-5.2

Caderno de Celebrações 2015 - 2016 - Sínodo da Amazônia

03/08/2015

CULTO PARA AGOSTO 2015 - DIA DOS PAIS
Departamento de Música e Liturgia do Sínodo da Amazônia
Leituras Bíblicas: I Rs 19.4-8; Jo 6.35,41-51; Pregação: Ef 4.25-5.2
Diác. Enediria Maria Alberto Foesch – Cacoal – RO

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Como é bom estarmos juntos e juntas novamente neste dia do mês de agosto que é o mês que dedicamos aos pais. Fazemos isso como igreja de Jesus Cristo. Queremos saudar os visitantes. Têm visitantes em nosso meio? Queremos saudar os aniversariantes de nascimento e de batismo. Temos alguém em nosso meio? Sejam bem-vindos.

CANTO DE ENTRADA
Nº 58 ENE - O nosso encontro

Ou: Nº_______________________________

SAUDAÇÃO
Saúdo-vos com a palavra de Deus encontrada em Efésios 4.38: “Antes sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros como Deus em Cristo também vos perdoou.”

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 46 ENE - Vem Espírito de Deus.

Ou:________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Se chegamos aqui desorientados e desorientadas, sem horizontes, a presença de Deus conforta-nos e nos anima a seguir a caminhada. Oremos.
Querido Deus, queremos te confessar os nossos pecados quando somos incapazes de viver o amor em família e na comunidade. Somos uma família unida a ti, mas nem sempre nos amamos e nos reconhecemos como irmãos e irmãs. Perdoa nosso egoísmo, nosso orgulho, nossa raiva e nossa falta de solidariedade. Perdoa nossa falta de empenho em melhorar nossas relações. Que não deixemos a magoa, a mentira e o egoísmo destruírem a nossa preciosa comunhão que tu constróis. Ensina-nos a viver o teu amor a cada dia em nossas relações. Em Cristo oramos. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
Em Romanos 5.8-10 lemos; “Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores e assim nos reconciliou com Deus.” Por isso, quando a nossa consciência de pecador nos atormentar, podemos encontrar refúgio na certeza de que a fidelidade de Deus é maior. Portanto busquemos refúgio no nosso bondoso Deus.

KYRIE
Enquanto estamos reunidos aqui em nosso entorno e pelo mundo afora há muita dor e sofrimento. Por isso pedimos ao todo poderoso Deus que abrace o mundo inteiro e tenha compaixão de quem está sofrendo.

GLÓRIA IN EXCELSIS
Glorificamos o nome do Senhor cantando o hino de número 139 ENE.

ORAÇÃO DO DIA
Estamos reunidos aqui como povo de Cristo resgatados de nossa fragilidade pelo amor reconciliador de Deus manifestado no sacrifício de Cristo na cruz. Queremos crescer na unidade. Que a tua palavra restauradora nos renove. Que teu espírito nos uma a todos sobre tua autoridade e poder restaurador. Em Cristo oramos. Amém.

Jesus diz no evangelho de João: “Eu sou pão da vida.” Saciemos a nossa fome e nossa sede crendo nas palavras da sagrada escritura que ouviremos a seguir.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: I Reis 19. 4-8

2ª Leitura Bíblica: João 6.35,45-51

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 195 ENE - A tua palavra é semente

PREGAÇÃO
Inicio esta pregação com a leitura de Efésios 4.25-52, onde está escrito... (Ler o texto)
Que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus o Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam com todos vocês. Amém.
Querida comunidade. Estamos no mês de agosto onde também comemoramos o dia dos pais. Como igreja, queremos comemorar esta data de forma diferente. Vamos olhar para a maneira como estamos nos relacionando em família. É uma oportunidade para refletir sobre nosso modo de ser pai e portador de um papel muito importante na formação do ser humano. O que hoje queremos aprender e seguir são os exemplos de Deus o Pai e de Cristo o Filho a ser imitado por pais e filhos hoje.
Nos textos antes lidos em I Rs vimos uma postura paternal do profeta Elias para com o povo de Israel. É Deus quem dá forças e o guia a frente de sua missão. No evangelho de João somos colocados diante do verdadeiro sentido da vida que é oferecido por Deus. Esse sentido é de nos deixarmos levar e orientar pela fé.
A tarefa de um pai sempre irá apontar para o exemplo de quem dá a vida, que ama incondicionalmente sustenta e cuida. Não é comum na sociedade atual mães também assumirem o papel de pai. Não que deva ser assim, mas quando isso ocorre é também o exemplo de Deus que deve ser seguido na educação, na formação de valores, colocar limites e disciplinar. Toda a autoridade de pai deve ser permeada pelo amor e orientada por Deus. Pois é no amor de Deus que se encontra um exemplo seguro para agir e cumprir o papel de pai e ser respeitado como tal.
A compaixão, o respeito, a bondade e o perdão devem sustentar a relação de pais filhos e filhas. E é pela fé que o ser humano pode confiar no caminho que Deus lhe oferece. Lembremos do grande exemplo que Deus nos deu de conquistar-nos pelo amor. A ponto de dar o seu Filho para morrer na cruz por nós. Deus nos ganhou pelo amor.
Para entender a grandiosidade de um amor em família passo a ler a história de uma menina chamada Maila que amava muito o seu pai. Na adolescência Maila descobre que havia algo de errado com a aparência de seu pai que até então era seu ídolo. Começa, então, a ter ideias diferentes desse pai ideal. Via que ele era diferente dos pais de suas amigas que eram chiques e estavam sempre na moda. Seu pai era reservado, contido, e ela começou a acha-lo velho e ultrapassado. Numa noite, Maila chega em casa com o carro cheio de amigos e amigas para fazer um rápido lanche. Era madrugada. O pai de Maila levantou, saiu do quarto e cumprimentou todos, serviu refrigerantes e foi para a cozinha fazer pipoca para todos. Um dos amigos de Maila lhe chama de lado e pergunta: “O que há de errado com a aparência de seu pai?” Maila olhou pela cozinha onde viu seu pai, Maila ficou chocada. Seu pai parecia um monstro. Maila fez com que todos fossem embora de sua casa não por causa da aparência de seu pai, mas por estar se sentindo uma perfeita idiota. Foi para seu quarto e chorou muito, tornando-se uma pessoa preconceituosa e desprezível. Estava vendo seu pai como os estranhos o viam, alguém diferente, deformado e anormal só por que tinha lábio leporino e fenda palatina. (Deformações de nascença na face e na boca) No outro dia sentou-se com seu pai e conversaram sobre toda a trajetória de vida e as barreiras que encontrou por causa de suas deformações. Maila e seu pai se perdoaram. Seu pai contou-lhe a trajetória de uma vida inteira de alegria e também de tristezas, sendo julgado pelas pessoas por sua aparência.
Seu pai era uma pessoa honesta, amorosa, pai de família, cuidadoso e acima de tudo uma pessoa temente a Deus que deixou como herança para Maila e seus irmãos o exemplo de amor ao próximo e principalmente que a capacidade de amor incondicional independe da raça, condição social, religião ou incapacidades físicas.
Que possamos transmitir graça aos que nos ouvem. Sermos benignos, compassivos e perdoando também como Cristo em Deus nos perdoou. Andando em amor como Cristo nos amou. Que Deus fortaleça a nossa fé e que esta força esteja presente em todas as nossas relações.

HINO
Nº 63 ENE - Em nada ponho a minha fé.

CONFISSÃO DE FÉ
Em resposta a palavra que acabamos de ouvir confessemos nossa fé com as palavras do Credo Apostólico. Coloquemo-nos de pé.

Creio em Deus Pai...

CANTO PÓS-CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº - 224 ENE. Abençoa Senhor a nossa vida.

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________
Oremos. Querido Deus, Pai celestial. Queremos interceder a ti pelos homens que receberam a paternidade de Ti como benção e missão. Lembramos daqueles pais que lutam para encontrar um equilíbrio entre as exigências do trabalho e a família. Pais que apesar do divórcio permanecem presente ao lado de seus filhos e filhas. Pais adotivos cujo amor e suporte resultam em acolhimento. Dos pais padrastos que livremente optaram pela paternidade e dão amor e respeito para seus enteados. Pais enlutados com a perda de um filho. Aqueles pais que sofrem negligência e hostilidade por parte de seus filhos. Lembramos de homens que como mentores e guias também são pais. Daqueles que estão em vias de se tornar pais que estejam de coração aberto.
Oramos Senhor por todos o doentes (ler os nomes que foram citados), enlutados e pessoas que sofrem em nosso mundo. Olha também pelos governantes, que possam governar com o mesmo cuidado de um pai que zela por sua família. Lembramos os aniversariantes deste mês (ler o nome de quem faz aniversário) e também quem faz aniversário de batismo (se houver).
Por fim, Senhor, olha por todos nós, nossa comunidade, pela nossa família, e pelas pessoas que queremos bem. Escuta as orações de nossos corações que chegam aos Teus ouvidos, pois reunimos todos esses pedidos na oração que Cristo nos ensinou: Pai nosso que estás nos céu...

PAI NOSSO...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Recebam a benção do bondoso Deus.
Que Deus os abrace com o amor de um pai;
Que cuide de vocês com o carinho de uma mãe;
Que os faça sorrir com a ternura de uma criança;
Que os guie com a sabedoria dos avós;
Assim vos abençoe o Deus todo poderoso que Pai, Filho e Espírito Santo (fazer sinal da cruz). Amém.

ENVIO
Vão em paz e sirvam ao Senhor com alegria.

CANTO FINAL
Nº 220 ENE - Toda a paz que o coração deseja.


Autor(a): Diác. Enediria Maria Alberto Foesch
Âmbito: IECLB / Sinodo: Amazônia
Área: Missão / Nível: Missão - Família
Testamento: Novo / Livro: Efésios / Capitulo: 4 / Versículo Inicial: 25 / Versículo Final: 32
Título da publicação: Caderno de Celebrações 2015 - 2016 / Editora: Sínodo da Amazônia / Ano: 2015 / Volume: I
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 31531

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Nós não anunciamos a nós mesmos. Nós anunciamos Jesus Cristo como o Senhor.
2Coríntios 4.5
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Tu és o meu Deus, eu te louvarei. Tu és meu Deus, eu anunciarei a tua grandeza.
Salmo 118.28
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br