Sínodo da Amazônia



Avenida Paraná , 431 - Novo Horizonte
CEP 76962-053 - Cacoal /RO - Brasil
Telefone(s): (69) 9845-48890
sinododamazonia@gmail.com
ID: 8

João 11.17-27

Caderno de Celebrações 2015 - 2016 - Sínodo da Amazônia

02/11/2015

CULTO PARA O DIA DE FINADOS 2015
Departamento de Música e Liturgia do Sínodo da Amazônia
Leituras Bíblicas: Is 25.8-9; 1 Co 15.12-21 - Pregação: Jo 11.17-27
P. Rodrigo Dreissig – Espigão do Oeste – RO

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os seres humanos (1 Coríntios 15.19).” Estimados ouvintes! Queremos celebrar este culto em memória das pessoas que nos antecederam na morte e com fé na ressurreição prometida por Jesus Cristo. Celebramos porque nossa fé nos dá a certeza de que a nossa esperança em Cristo não se limita apenas a esta vida. Sejam todas e todos bem-vindos, também os irmãos e irmãs de outras igrejas cristãs aqui presentes. Quem lhes fala no momento é o...

CANTO DE ENTRADA
Nº 104 - ENE – Senhor, quanto mais caminho

Ou: Nº ____________________________________________________

INVOCAÇÃO
Peço pela presença do Espírito Consolador entre nós dizendo: vem Espírito Santo, Espírito do Pai e do Filho. Vem Espírito do amor, da solidariedade, da esperança e da luta contra tudo o que causa dor e sofrimento. Vem livrar-nos das lágrimas e fortalecer a nossa esperança. Vem e fica conosco. Amém.

CANTO DE INVOCAÇÃO
Nº 47 - ENE – Espírito, verdade

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Gente de fé! Cremos que Deus, por meio de seu Santo Espírito, se faz presente nesta ocasião. Isso significa que não estamos sozinhos, mas ao lado daquele que quer aliviar o nosso sofrimento: o Espírito Consolador. O pecado nos faz sofrer e pode nos levar a morte, mas não é isso que queremos. Por isso, vamos confessar os nossos pecados a Deus e clamar por compaixão:
Deus eterno, pecamos por meio de palavras que difamam. Pecamos por meio de atitudes que machucam. Pecamos pelo silêncio que é conivente. E o pecado pesa sobre nós, nos faz sofrer, nos deixa doentes e entristecidos. Arrependidos e de coração aberto, rogamos humildemente: ó Deus, tem compaixão de nós, perdoa-nos e retira de nós o peso da culpa. Retira de nós o sofrimento que advém de nossos pecados para que possamos participar de tua glória e andar em novidade de vida. Isso te rogamos em nome de Jesus Cristo. Amém!

ANÚNCIO DO PERDÃO
Romanos 3.25 “Deus ofereceu Cristo como sacrifício para que, pela sua morte na cruz, Cristo se tornasse o meio de as pessoas receberem o perdão dos seus pecados, pela fé nele”. Que todos nós, por meio da nossa fé, experimentemos o perdão da nossa culpa pela graça de Deus. Amém!

KYRIE
Pelas dores deste mundo imploramos piedade cantando: Kyrie Eleison...

GLÓRIA IN EXCELSIS
Glória seja a ti, Pai amado, pois só tu tens poder para perdoar pecados e livrar-nos do poder da morte. Glorificado seja teu nome: glorificado...

ORAÇÃO DO DIA
Bondoso Deus! Sabemos que tu tens poder sobre a morte e que prometeste uma nova vida aos que confiassem no sacrifício redentor de teu filho. Por isso, pedimos: cuida de todos nós e renova a nossa fé e a nossa esperança na ressurreição dos mortos. Dá que confiemos e olhemos para além do túmulo vazio, afim de que nossos corações percebam o que os olhos não podem ver e o que as nossas mãos não podem tocar. Por Jesus Cristo, nosso Senhor, que vive e reina de eternidade a eternidade. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS

1ª Leitura Bíblica: Is 25.8-9

Canto: Pela palavra de Deus, saberemos por onde andar. Ela é luz e verdade precisamos acreditar.

2ª Leitura Bíblica: 1 Co 15.12-21

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 36 - ENE – O exemplo de Cristo

PREGAÇÃO: João 11.17-27
Prezados irmãos e irmãs em Cristo!
Hoje é um dia de grande dor, tristeza e saudade para muitos de vocês que aqui se encontram. É um momento de relembrar das pessoas que não estão mais com vocês e de refletir sobre as limitações do ser humano, sua fragilidade e impotência diante da morte. Ao mesmo tempo, é um dia oportuno e especial para visitarem as sepulturas das pessoas que um dia estiveram presentes entre vocês e que hoje continuam ocupando um lugarzinho especial no coração de cada qual. Muitos de vocês trouxeram flores para enfeitar os túmulos e para tornar este lugar um jardim. Um jardim de paz e de descanso. Mas esse não é o motivo principal que trás vocês aqui.
Por qual motivo vocês e eu estamos reunidos neste dia? Eu ousaria dizer que nós estamos aqui reunidos para ouvir a palavra de Deus e, assim, fortalecer a nossa fé em Jesus Cristo. Fé em Jesus Cristo é confiança total na vitória da vida sobre a morte, é crer na fidelidade de Deus, é certeza de que a morte não tem a última palavra sobre nós. Às vezes, por ser fraca a nossa fé, nós deixamos de confiar na promessa da ressurreição dos mortos, deixamos de confiar na promessa da vida eterna e, por isso, pensamos que tudo termina aqui neste lugar, no cemitério. Mas isso não é verdade. A ressurreição de Jesus na qual cremos, é sinal da nossa ressurreição.
Deus mostrou que tem poder sobre a morte, que ela a ele é submissa, e fez isso quando devolveu a vida a seu filho Jesus Cristo. Com isso, ele deixou claro aos seres humanos que ele é o único que pode ressuscitar a quem amamos; é o único que pode dar a nós uma nova vida quando nós desta partirmos; e mais: é o único que venceu e que pode vencer a morte. É relevante refletirmos neste dia se é, de fato, nesse Deus que estamos depositando a nossa fé. Quem sabe algumas perguntas nos ajudem a refletir: Onde nossa fé esta agarrada? Qual é a nossa esperança para o fim dos tempos? Seremos ressuscitados ou tudo há de terminar em pó? Será que a morte é o fim de tudo? Talvez para aqueles que não creem nas promessas de Deus e não ouvem as suas palavras ela pode ser o fim, mas não para aqueles que confiam nas promessas e na fidelidade de Deus.
Estimados ouvintes!
Jesus deparou-se com pessoas que choravam por causa da morte de um ente querido, que também era amigo de Jesus, e ali disse algumas palavras que são como minerais que fazem a nossa fé se fortalecer, e mais, são como sons que nos consolam em nossa aflição enquanto aguardamos a concretização dos planos de Deus para com aqueles que já partiram. Mas que palavras são essas que fortalecem a fé e consolam a consciência aflita? Refiro-me às palavras ditas por Jesus a Marta, no evangelho que ouvimos. Jesus disse: “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim nunca morrerá.” Com essas palavras ele mesmo se apresenta como aquele que tem poder para dar vida, para fazer ressurgir, para transformar. Por isso, é nele que precisamos nos firmar quando nos defrontarmos com a morte. Nossas esperanças em Jesus não podem se limitar apenas a esta vida!
Bom seria se conseguíssemos dizer o que saiu da boca do profeta Isaías. Ele disse: “o Senhor Deus acabará para sempre com a morte. Ele enxugará as lágrimas dos olhos de todos e fará desaparecer do mundo inteiro a vergonha que o seu povo está passando”. A expectativa desse profeta se cumpriu em Jesus Cristo. Deus aniquilou a morte, mostrou a ela o seu poder e, por meio de Jesus, prometeu a nós essa vitória. Isso tudo porque ele sabe que somos frágeis diante da morte e que sozinhos somos incapazes de lutar contra ela.
Por isso, queridos irmãos e irmãs, precisamos de Deus, precisamos nos agarrar a ele, ouvir a sua palavra consoladora e confiar que ele não vai nos deixar desamparados. Há um único Deus, o Pai de Jesus Cristo, e há uma única fé, aquela que nos faz ter a certeza de que a morte é apenas uma passagem, uma etapa pela qual temos que passar, mas não o fim de tudo.
Isso significa que, para quem crê em Deus, a vida não termina simplesmente em pó. Da mesma forma como entraremos na morte sem saber como, nós também sairemos dela e teremos uma nova vida sem saber como. Essa é a nossa esperança. Que o bondoso Deus fortaleça a nossa fé e nos dê paciência enquanto esperamos. Amém!

HINO
Nº 108 - ENE – Guia-nos Jesus

CONFISSÃO DE FÉ
Unamo-nos às pessoas que compartilham conosco da mesma fé e digamos em conjunto as palavras do Credo Apostólico...

Creio em Deus Pai...

CANTO PÓS-CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 110 - ENE – Por tua mão me guia

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Pessoas enlutadas;
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
Deus eterno e onipotente! Damos-te graças pela vida e por cuidares de todos os teus filhos e tuas filhas. Hoje nos lembramos com muito carinho daquelas pessoas que foram chamadas de nosso meio e agradecemos pelos anos que convivemos com elas e por todo o cuidado que tiveste para com elas. Bondoso Deus, em tuas mãos colocamos toda a dor da perda e toda a saudade que sentimos das pessoas que um dia conviveram conosco. Rogamos que, assim como tu cuidaste de cada uma delas enquanto estiveram entre nós, tu também sigas guardando-as em tua memória para que te lembre de todas elas no dia da ressurreição. Fortaleça-nos na fé e nos ajude a entender que nada, nem mesmo a morte, pode nos separar do amor que tens por nós. Queremos interceder, por todas as pessoas enlutadas. Tu sabes o nome de cada uma delas e sabes, também, como cada uma enfrenta a dura realidade da morte. Misericordioso Deus, diante de ti trazemos a nossa oração rogando para que tu nos ouças e nos atendas. Tudo o mais incluímos na oração que Jesus nos ensinou:

PAI NOSSO
Pai nosso...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Que Deus, que é fonte de vida, abençoe o teu viver, em todas as estações da vida: primavera, verão, outono, inverno... Na alegria, na festa, na tristeza, no luto, na saúde e na doença.
Que Deus, que é fonte de vida, abençoe o teu viver, durante o dia e durante a noite, na escuridão das trevas e na claridade do sol e das estrelas.
Que Deus, que é fonte de vida, abençoe o teu viver, dando-te prazer e alegria naquilo que fazes.
Que Deus, que é fonte de vida, abençoe o teu viver, no descanso, no lazer, no trabalho e no aprendizado.
Que Deus, que é fonte de vida, abençoe o teu viver, para que tua vida seja uma fonte de bênçãos e de águas vivas sobre o chão que vieres a pisar.
Que o trino Deus (+) abençoe tua vida hoje e sempre. Amém!

ENVIO
Confiando no consolo e no amparo de Deus, ide em paz e servi ao Senhor com disposição! Amém.

CANTO FINAL
Nº 114 - ENE – Senhor, porque me guarda a tua mão.


Autor(a): P. Rodrigo Dreissig
Âmbito: IECLB / Sinodo: Amazônia
Natureza do Domingo: Dia de Finados

Testamento: Novo / Livro: João / Capitulo: 11 / Versículo Inicial: 17 / Versículo Final: 27
Título da publicação: Caderno de Celebrações 2015 - 2016 / Editora: Sínodo da Amazônia / Ano: 2015 / Volume: I
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 31534

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Louvem o Senhor pelas coisas maravilhosas que tem feito. Louvem a sua imensa grandeza.
Salmo 150.2
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Toda a vida dos crentes não é outra coisa senão louvor e gratidão a Deus.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br