Sínodo da Amazônia



Avenida Paraná , 431 - Novo Horizonte
CEP 76962-053 - Cacoal /RO - Brasil
Telefone(s): (69) 3443-5164
sinododamazonia@gmail.com
ID: 8

João 3.1-7

Caderno de Celebrações 2015 - 2016 - Sínodo da Amazônia

21/02/2016

CULTO PARA 2ª SEMANA NA QUARESMA 2016
Departamento de Música e Liturgia do Sínodo da Amazônia
Leitura Bíblica: Gn 12.1-4ª; Rm 4.1-5, 13-17; Pregação: João 3.1-7
Pa. Ivanda Keller Schreiber – Rolim de Moura - RO

LITURGIA DE ABERTURA
ACOLHIDA:
Quero acolher a todos vocês neste culto com as palavras do Salmista que diz: “Invoca-me no dia da angústia: eu te livrarei, e tu me glorificaras”. (Sl 50.15) Com estas palavras desejo que todos sejam bem vindos/as, a casa de Deus, onde quem nos convida é o próprio Cristo.
Acolher @s visitantes.

CANTO DE ENTRADA
Nº 154 - ENE – Graças dou por esta vida
Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO TRINITÁRIA.
Reunimo-nos em culto nesta época de Quaresma movidos pela fé em Deus onisciente e onipresente, que está atento ao clamor de seu povo.
Reunimo-nos em culto nesta época de Quaresma movidos pela fé em Jesus, nosso Salvador, que enfrentou a morte, que clamou ao Pai em meio à dor e que ressuscitou.
Reunimo-nos em culto nesta época de Quaresma movidos pela fé no Espírito Santo, que nos encoraja e fortifica, também na angustia. Cremos no Deus o Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

CONFISSÃO DE PECADOS (em pé)
Deus amado! Diante de ti confessamos que, muitas vezes e de distintas formas, não conseguimos crer que Jesus sofreu por nós. Não conseguimos crer no beneficio recebido por intermédio da sua paixão. Que nesta época de Quaresma, nós te pedimos: Auxilie-nos para que possamos perceber a tua presença viva entre nós. Não permita que sejamos legalistas e com isso ofuscamos nossos olhos para o mais necessitado. Dá-nos clareza e discernimento para ouvirmos a tua palavra e também para praticá-la. Por Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO: Cantando o hino:
Nº 79 ENE - Se sofrimento te causei Senhor.
Ou: Nº ___________________________________________

KYRIE:
Ao olharmos o mundo a nossa volta, percebemos que há sofrimento, dor, clamor. Vamos unir as nossas vozes a esses clamores e rogar, pois Deus ouve o clamor do seu povo.
Senhor clamamos pelas pessoas tratadas injustamente, pelas que sofrem violência, pelas que são submetidas á opressão e á exploração. Clamemos ó Deus pelas famílias que perderam entes queridos nos desastres ecológicos, pelas pessoas desabrigadas e passam fome e frio. Ouve o nosso clamor e, por tua graça, vem e socorre-nos. Cantemos: Pelas dores deste mundo ó Senhor.

ORAÇÃO DO DIA
Deus Bondoso e compassivo, que ouviste o gemido dos escravos no Egito, escuta o nosso clamor e fortaleça-nos para nos apormos ao que machuca os seres humanos. Por Jesus Cristo, o qual vive e reina de eternidade a eternidade. Amém.

Canto: Nº 117 ENE – Quando se abate a esperança.
Ou: Nº ___________________________________________

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura: Genesis 12.1-4ª.
2ª Leitura: Romanos 4.1-5, 13-17

Versículo de aclamação: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que entregou o seu unigênito, para que todo aquele que crê não pereça, mas tenha a vida eterna”.

Leitura do Evangelho: João 3.1-7.
PREGAÇÃO
Que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, a comunhão do Espírito Santo estejam com todos/as vocês. Amém.
Como vemos neste texto um homem procura Jesus a noite, porque estava com dúvidas e queria uma explicação. Vai até Jesus e expõem suas preocupações. Esse homem, não era qualquer um, mas sim, um dos principais entre os fariseus. Os fariseus era um grupo dentro do povo de Israel muito entendido nas Escrituras. Nós os conhecemos como os legalistas e muitas vezes quando queremos xingar alguém o chamamos de fariseu (“O fariseu!”). Essa expressão é usada aqui? Mas nós também temos um hino em nosso hinário que justamente trata deste texto. Vamos abrir o nosso hinário no hino 195 e lemos a estrofe 3. Essa estrofe é praticamente um resumo do texto que lemos.
Nicodemos procurou Jesus com a mente a duvidar. Isso quer dizer; ele estava com dúvidas, ele tinha muitas perguntas e parece que não achava resposta. Procurou Jesus e expôs suas dúvidas. Notemos algo muito importante. Nicodemos não vai a Jesus com armadilha, tentando o pegar em contradição como vemos em muitos outros lugares que os fariseus faziam. Nicodemos vai com o coração angustiado a procura de ajuda. A procura de resposta para seus questionamentos é sincera.
Perguntas, questionamentos são comuns também em nossa vida. Sempre estamos nos fazemos muitas perguntas, tentando entender o porque das coisas e assim tentando achar uma resposta para tudo que acontece com nós e ao nosso redor. Nicodemos não faz as perguntas a Jesus simplesmente para matar sua curiosidade, mas porque eram dúvidas que estavam lhe perturbando. Ele tentou achar resposta, para também achar um sentido mais claro e até mais profundo para sua vida. Não tem nada de mais perguntar. As perguntas fazem a gente crescer e muitas vezes é através da coragem de perguntar que descobrimos o verdadeiro caminho de nossa vida.
Porém, para muitas perguntas e questionamentos que nos surgem, não encontramos respostas lógicas e claras como nós desejamos. Isso especialmente acontece quando as perguntas, as dúvidas são em relação a Deus. Perguntas nesse sentido, as vezes, tem respostas vagas, difícil de serem entendidas. Isso porque Deus é “extra nós”. Nós podemos, no máximo, ficar fugindo, resistindo, nos opondo a sua ação, nos negando a ele. Ou nos colocar a sua disposição. Mesmo quando fugimos de sua presença, nos negamos a sua ação, o Espírito Divino continua soprando e fazendo gente nascer de novo. Nós não podemos barrar nem proibir a ação de Deus. Isso é difícil de entender. É mais, é impossível de entender com nossa razão. Nós somos chamados a entender pela fé que tudo vê, que tudo espera e que tudo supera.
A resposta de Jesus as dúvidas de Nicodemos também não foi lógica a sua pergunta. Mas Jesus não descarta Nicodemos, se sensibiliza com ele e lhe dá uma resposta mais além do que sua simples pergunta. Resposta que num primeiro momento, embaralhou mais a cabeça de Nicodemos do que ajudou. “Quem não nascer de novo, não pode ver o Reino de Deus”. Nascer de novo, que estória é essa? Isso era um absurdo para Nicodemos, pois para ele ninguém já adulto poderia voltar ao ventre materno e então nascer pela segunda vez. Sabe que essa resposta de Jesus é incompreensível até para nós hoje. Mas como diz a segunda frase da estrofe do hino: “A palavra do novo nascer pela fé”. Quer disser que não é nós adultos voltarmos ao ventre materno para então nascer novamente e sim o novo nascer pela fé.
Esse novo nascer se dá pela água e pelo Espírito. Dois elementos bem conhecidos em nosso meio. Pois onde se dá o nascer pela água? Na pia batismal. Lá nosso velho Adão é afogado, renascendo novo ser, nova criatura em Cristo Jesus como diz o apóstolo Paulo.

CONFISSÃO DE FÉ (ficar de pé)
Em resposta à Palavra de Deus que foi lida e pregada confessemos a nossa fé com as palavras do Credo Apostólico:
Creio em Deus Pai...

CANTO PÓS-CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº149 - ENE - Graças, Senhor, eu rendo muitas graças
Ou Nº:____________________________________________________

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
Amado e eterno Deus! Somos te gratos por muitas coisas que tu diariamente nos oferece. Somos te gratos pela palavra que incessantemente nos convoca a mudar de gestos e atitudes em favor do próximo e do oprimido.
Chegamos em tua presença humildemente para pedir pelas autoridades deste mundo, para que não desviem da sua função legal e não desistam de lutar por aquilo que é justo, por aquilo que traz desenvolvimento para todos e ajuda a preservar a vida no mundo.
Intercedemos por coragem para interferir na nossa sociedade injusta e desigual, a fim de que tenhamos ousadia de denunciar todas as formas de violência, e não nos sintamos abandonados em momentos de fraqueza e sofrimento.
Intercedemos por nossa Igreja, comunidades, ministros e ministras, grupos e lideranças para que cumpram a tarefa de acalentar a esperança, testemunhando as obras de Deus mostrando ao mundo o seu poder que liberta da opressão.
Intercedemos pelas pessoas que sofrem por motivo de lutos, doença, solidão ou abandono, muitas vezes caladas e angustiadas. Eterno Deus estenda a sua mão bondosa e as lembre de que tu as ouve em seu clamor.
Deus de amor como é bom e agradável saber que tu tens ouvidos que se inclinam para a oração e a prece dos que te invocam e que estás atento ao que te pedimos em nome de Jesus. Tudo isso que fica no silêncio do nosso coração colocamos em tua presença quando juntos oramos...
PAI NOSSO
Pai nosso...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO:
O senhor te abençoe e te guarde, o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre e tenha misericórdia de ti. O Senhor sobre ti levante a sua face e nos dê a sua paz. Amém.

ENVIO:
Ide na paz e no amor de Deus servindo a ele com alegria. Amém.

CANTO FINAL
Nº 176- ENE – Para os montes olharei. Ou Nº: _____________________

 


Autor(a): Pa. Ivanda Keller Schreiber
Âmbito: IECLB / Sinodo: Amazônia
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo da Páscoa
Natureza do Domingo: Quaresma
Perfil do Domingo: 2º Domingo na Quaresma
Testamento: Novo / Livro: João / Capitulo: 3 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 7
Título da publicação: Caderno de Celebrações 2015 - 2016 / Editora: Sínodo da Amazônia / Ano: 2015 / Volume: I
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 31567

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Foi assim que Deus mostrou o seu amor por nós: Ele mandou o seu único Filho ao mundo para que pudéssemos ter vida por meio dele.
1João 4.9
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Eu anunciarei a tua fidelidade e te louvarei o dia inteiro.
Salmo 35.28
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br