Capela Luterana


ID: 2547

Vê, Senhor, que sou um vaso..."

Oração

25/09/1527

“Vê, Senhor,
que sou um vaso
que carece muito
de ser preenchido.

Meu Senhor,
enche o vaso,
pois sou fraco na fé.

Fortalece-me,
pois sou frio no amor.

Aquece-me e torna-me quente,
para que meu amor transborde
para o próximo.

Não tenho fé robusta e forte,
acontece que sou acometido de dúvidas,
não podendo confiar em ti inteiramente.

Ó Senhor, ajuda-me,
faze crescer minha fé e confiança.

Tudo o que tenho
se encerra em ti.

Eu sou pobre,
tu és rico e vieste
para receber em misericórdia
aos pobres.

Eu sou pecador,
tu és justo.

Comigo está a doença do pecado,
em ti está a plenitude da justiça.

Por isso quero ficar contigo,
não preciso dar de mim para ti:
de ti posso receber. Amém.”
 


Autor(a): Martim Lutero
Âmbito: IECLB / Organismo: Capela Luterana
Natureza do Texto: Oração
ID: 13462
Deus diz: trabalha, deixa de preocupar-te, eu te vou dar tudo. Depois de Ele o ter dado, aí, sim, deves empenhar o teu cuidado, distribuindo de forma justa o que recebeste, assim que não o guardes para ti, mas que dele possam usufruir a tua família e outros mais.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br