Casa Matriz de Diaconisas


Rua Wilhelm Rotermund , 395 - Morro do Espelho
CEP 93030-135 - São Leopoldo /RS - Brasil
Telefone(s): (51) 3037-0037
direcao@diaconisas.com.br
ID: 2319

20/03 (sexta) Habacuque 2.4; Romanos 1.16 e 17

20/03/2015

“O justo viverá pela sua fé!” – esta frase é a base da nova vida com Deus. Talvez estas sejam as seis palavras mais importantes de toda a história da igreja. A repetição destas palavras em Romanos 1.17 ajudou Lutero a ter clareza sobre a justificação pela fé. Para ele, segundo suas próprias palavras, este texto era a “porta do paraíso”. Alguém disse que Habacuque poderia ser reconhecido como o “mentor da reforma”. Paulo viu as palavras de Habacuque à luz da obra redentora de nosso Senhor Jesus Cristo. O fato de sermos tornado justos diante de Deus unicamente por meio de fé em Jesus mudou a vida de Lutero e de inúmeras pessoas até hoje.

Num estudo bíblico, os participantes refletiam a respeito do que realmente significa ser “justificado pela fé”. Finalmente, uma francesa tocou no ponto: “Significa que Jesus me torna apresentável diante de Deus.” Este é o fator decisivo: jamais poderemos, por nossos próprios esforços ou por uma vida exemplar, tornar-nos justos diante de Deus, mas somente pela morte sacrifical de Jesus na cruz do Calvário. Paulo enfatiza este fato diversas vezes em sua carta à igreja de Roma: “Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente, por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus.” “Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo” (Rm 3.23 e 24; 5.1; leia Ef 2.4-9). Justificação é, portanto, a atitude graciosa de Deus para com os pecadores que crêem que Deus é o único que os torna justos. Que possamos dar esta boa notícia a todos aqueles que se angustiam para entrar no céu por seus próprios esforços. (Leia Rm 8.1-4.)
 


Âmbito: IECLB
Área: Espiritualidade / Organismo: Casa Matriz de Diaconisas
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 32408
É isto que significa reconhecer Deus de forma apropriada: apreendê-lo não pelo seu poder ou por sua sabedoria, mas pela bondade e pelo amor. Então, a fé e a confiança podem subsistir e, então, a pessoa é verdadeiramente renascida em Deus.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br