Casa Matriz de Diaconisas


Rua Wilhelm Rotermund , 395 - Morro do Espelho
CEP 93030-135 - São Leopoldo /RS - Brasil
Telefone(s): (51) 3037-0037
direcao@diaconisas.com.br
ID: 2319

22/03 (domingo) Habacuque 2.4; Hebreus 11.1

22/03/2015

“O justo viverá pela sua fé!” Viver pela fé é o tema central da carta aos cristãos Hebreus. Mais de vinte vezes encontramos ali a formulação “pela fé”. Ao longo da história de Israel houve pessoas cuja vida teve esta característica. Viver pela fé significava para elas não agir segundo seus sentimentos, mas deixar-se conduzir pela vontade de Deus e não pelo mundo. Moisés, por exemplo, “preferiu ser maltratado junto com o povo de Deus, a usufruir prazeres transitórios do pecado” (leia Hb 11.23-27).

Hebreus 11 nos mostra, através da vida de várias pessoas da história de Israel, o que significa a prática da fé. Os homens e mulheres mencionados aqui eram pessoas simples, mas que realizaram coisas extraordinárias porque confiaram em Deus e fizeram o que lhe agrada. Com elas podemos aprender o que significa entregar-se completamente a Deus e confiar a ele o impossível, confiando completamente nas suas promessas, que certamente não são vãs. Viver pela fé significa também entregar a Deus o controle da nossa vida. Gostamos muito de manter este controle, para nossa suposta segurança. Solte as rédeas de sua vida e deixe-se cair em seus braços, pois é certo que ele vai te amparar. E quando caímos, não caímos no nada, mas ao nosso redor há braços fortes, que nos sustentam com todo amor. Os braços do Todo-Poderoso – que quadro consolador! Mas estamos falando de mais do que um belo quadro. É uma realidade palpável, pois estes braços eternos são os braços que Jesus abriu na cruz, para acolher-nos em seu amor e perdão e dar-nos refúgio eterno.

(Leia Dt 33.26 e 27a; Is 43.2; Jo 14.1-3 e 27.)
 


Âmbito: IECLB
Área: Espiritualidade / Organismo: Casa Matriz de Diaconisas
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 32410
A intenção real de Deus é, portanto, que não permitamos venha qualquer pessoa sofrer dano e que, ao contrário, demonstremos todo o bem e o amor.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br