Culto e Liturgia



ID: 2653

Liturgia de recordação do batismo inserida em culto regular

Uma tal liturgia seguirá uma ordem bastante abreviada de recordação do batismo. Como é de praxe no fazer litúrgico da IECLB, liturgias podem ser moldadas (isto é, abreviadas, ampliadas ou alteradas) conforme as circunstâncias e segundo procedimentos litúrgicos reconhecidos. Para a moldagem de liturgias de recordação do batismo podem ser utilizadas sugestões e alternativas oferecidas nas demais liturgias e na secção Recursos litúrgicos deste livro. Podem ser encarados como elementos imprescindíveis da liturgia de recordação do batismo: a anamnese batismal, a renúncia, a profissão de fé e uma oração de ação de graças (que será, normalmente, a oração das águas). Para uma liturgia breve cada um desses elementos recebe formulação bastante concisa.

Os casos previstos para uma liturgia de recordação do batismo inserida em culto regular são aqueles em que a temática do culto não gira em torno do batismo, mas do proprium do dia em questão. Razões que podem justificar a inserção de uma liturgia de recordação do batismo num culto que não tenha por tema especial o batismo: o ingresso de novos membros ou retorno de membros antigos; uma data especial da comunidade, como seu aniversário de fundação, ou o aniversário da dedicação da igreja.

As liturgias de entrada e da Palavra, neste culto, seguem os padrões indicados no Livro de Culto da IECLB. A liturgia de recordação do batismo pode seguir-se ao hino após a prédica e trazer, no seu final, a oração geral da Igreja.

Sugere-se que, como liturgia de recordação do batismo inserida em culto regular, seja utilizada a liturgia proposta no Culto de recordação do batismo – Forma breve, ou possíveis variantes da mesma. Para a moldagem de tais variantes, recomenda-se recorrer às demais liturgias e à secção de Recursos litúrgicos.
 

Fonte: Livro de Batismo da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil
- Portal Luteranos
 


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Ó Senhor Deus, não há ninguém igual a ti. Tu és grande e o teu nome é poderoso.
Jeremias 10.6
REDE DE RECURSOS
+
Não somos nós que podemos preservar a Igreja, também não o foram os nossos ancestrais e a nossa posteridade também não o será, mas foi, é e será aquele que diz: Eu estou convosco até o fim do mundo (Mateus 28.20).
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br