Culto e Liturgia



ID: 2653

Lucas 5.1-15 - 5º Domingo Após Epifania - 06/02/2022

Caderno de Cultos 2022 - Sínodo Mato Grosso

31/01/2022

06/02/2022 – 5º Domingo Após Epifania
Pregação: Lucas 5.1-15; Leituras: Isaías .1-8, 9-3; 1ª Coríntios 15. 1-11
Miss. Whanderson Perobelli – Lucas do Rio Verde - MT


LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
O Senhor disse a Pedro: Não tenha medo!
Com imensa alegria e liberdade podemos nos reunir na presença dAquele que nos ama como somos. Não precisamos ter medo dEle, pois Ele já veio ao nosso encontro. A você que nos visita tenha certeza de que estamos na presença dAquele que não quer causar medo, mas nos ama profundamente! Seja muito bem vindo e amado por nós.

CANTO DE ENTRADA
337 – HPD 2 – Reunidos aqui

SAUDAÇÃO
Nos reunimos na presença dAquele que é Pai, Filho e Espírito Santo!

CANTOS DE INVOCAÇÃO
85 – HPD I – Vem Espírito Divino

CONFISSÃO DE PECADOS
Querido Pai, tu és Santo! Tu és também um Pai repleto de amor. Ficamos admirados com a tua grandeza e o poder manifestado em tudo o que criastes! Quando olhamos para nossas atitudes e para o nosso coração percebemos o quão pecadores somos, e carecidos estamos de tua graça e perdão. Tem misericórdia de nós e perdoe-nos por nossa desobediência, falta de amor a ti e ao próximo. Ajuda-nos a ouvirmos o Teu chamado para irmos a Ti e nos aproximarmos sem medo! Pelo nome de Teu filho Jesus, oramos!

ANÚNCIO DO PERDÃO
“Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 Jo 1.8-9). Como ministro/a chamado/a e ordenado/a pela Igreja de Jesus Cristo, declaro a vocês o perdão de todos os seus pecados, em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. Creia e confie em Sua Palavra. Amém.

KYRIE
Vivemos num mundo onde há pessoas que sofrem por medo (medo da morte, medo do futuro, medo do cônjuge, medo de não conseguirem)! A dor e o sofrimento fazem parte de nosso mundo: Clamemos pelas dores deste mundo, cantando: Pelas dores deste mundo...

GLÓRIA IN EXCELSIS
Pela misericórdia e bondade de Deus cantemos-lhe glória (ENE nº140 – Glória)

ORAÇÃO DO DIA
Obrigado, Pai Celeste, porque tu vês os nossos medos e conhece as situações em que estamos envolvidos/envolvidas. E nesta situação o Senhor nos dá a Sua Palavra que revela a Sua presença entre nós. Dá-nos ouvidos para ouvir que Tu estás falando conosco onde nós estamos. É o que te pedimos em nome de Jesus Cristo, nosso Senhor e único Salvador. Amém.

 

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Isaías .1-8, 9-3

2ª Leitura Bíblica: 1 Coríntios 15. 1-11

3ª Leitura Bíblica: Lucas 5. 1-15

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
165 – LCI – Estou pronto, Senhor.

PREGAÇÃO
Esta história de Lucas, onde Jesus chama os primeiros discípulos, é única entre os Evangelhos sinópticos. Enquanto Marcos e Mateus falam de Jesus caminhando ao longo do Mar da Galileia e chamando abruptamente Simão, André, Tiago e João para segui-lo (Mateus 4. 18-22; Marcos 1. 16-20), Lucas conta a história desta pesca grandiosa antes do chamado.
No Evangelho de Lucas, este não é o primeiro encontro de Simão com Jesus. Jesus já esteve na casa de Simão em Cafarnaum e curou sua sogra (4: 38-39). Talvez isso explique a disposição de Simão de permitir que Jesus usasse seu barco de pesca como púlpito flutuante.
Simão tinha pescado a noite toda sem sucesso; agora ele está trabalhando desde as primeiras horas da manhã limpando suas redes. Provavelmente ele estava exausto e ansioso para ir para casa dormir um pouco. Penso que Simão deve ter achado, no mínimo estranho a ordem de Jesus, para afastar o barco para Ele ensinar a multidão. No entanto, Simão fez o que Jesus pediu (5. 1-3).
Lucas não nos conta o que Jesus ensinou às multidões naquela manhã. O foco está no que se segue. Jesus disse a Simão para ir para as águas profundas e lançar as redes para pescar. Se o primeiro pedido foi estranho, este deve ter mexido com as entranhas do pescador experiente, forte e conhecedor dos mares locais. Simão obviamente acredita que este será um exercício inútil. Quase podemos ouvir a exasperação em sua voz quando ele responde: Mestre, trabalhamos a noite toda, mas não pegamos nada. Mas então ele continua; “No entanto, se assim o disser, lançarei as redes” (5. 4-5). Ele agarra as redes com suas mãos e braços fortes e joga no mar – em uma mistura de força e raiva, talvez!
Nós sabemos o que acontece a seguir – as redes ficam cheias de peixes e começam a rasgar. Simão pede ajuda para seus companheiros! E, em seguida é tomado por medo e admiração, sentindo que está na presença do poder divino. Ele responde caindo de joelhos a Jesus e implorando: Afasta-te de mim, Senhor, porque sou um homem pecador! (5. 6-8)
Simão é pego de surpresa. No meio de sua rotina diária normal, e de fato, depois de uma noite particularmente ruim de trabalho, ele é encontrado por alguém que muda tudo. Maravilhado com o poder de Deus demonstrado na abundante pescaria, Simão está imediatamente ciente de sua pecaminosidade e indignidade. Ele vê a disparidade avassaladora entre o poder de Deus manifesto em Jesus e sua própria vida mortal e comprometida. Ele se vê diante de Deus!
Jesus respondeu a Simão dizendo: “Não tenha medo; de agora em diante você estará pescando gente” (5.10). Aqui Jesus chama Simão e seus companheiros a uma nova maneira de viver; a um significado novo da vida. Vocês vão pescar pessoas. Vocês vão participar da missão de Deus de salvação para todos.
Embora eles tenham acabado de fazer a maior pescaria de suas carreiras de pescadores, Simão, Tiago e João deixam aqueles barcos cheios de peixes para trás e seguem Jesus (5.11). Que loucos largarem aquela carga valiosa! Que loucos: eles podiam abrir um negócio de pesca com Jesus. Se tornarem o maior fornecedor de peixe da região. Teriam a casa na praia, o carro do ano, todas as coisas boas da vida. Mas o encontro com Jesus reorientou completamente suas vidas, sua maneira de ver o mundo.
Agora pensemos nas pessoas que estão na praia. Eles estão escutando as ordens de Jesus, vendo que Simão – um experiente pescador – obedece ao que Jesus pede, veem os homens loucos por causa da quantidade de peixe, assistem aquele experiente pescador ajoelhando-se diante de Jesus e largando toda aquela quantidade de peixe para trás. O que aconteceu aqui para estes que estavam olhando sem participar da pescaria com Jesus? O que passa em seus corações e mentes?
Muitos/as estão assim em nossas comunidades: ouviram o suficiente, viram pessoas mudarem de vida, ouviram comentários de que algo diferente aconteceu. Talvez experimentem inveja, ou alívio porque não aconteceu com eles. Mas ficam a distância! Olhando, matutando, julgando, e somente assistindo.
Jesus não deseja deixar ninguém de lado. Ele tem chamado a todos/as para participarem da pesca de pessoas. Em nossas comunidades de fé muitas vezes esquecemos de jogar a rede e ficamos assistindo outros pescando e caminhando com Jesus. Ou ainda pior, pensando na loucura que é deixar um monte de dinheiro para trás por causa de um homem. Só a distância!
Que hoje você possa ouvir o seu nome sendo chamado para ajudar na pescaria de homens e mulheres para o Reino de Deus.
A missão de Jesus não espera até que pensemos que estamos prontos – porque esta pescaria é baseada no que ELE diz. A necessidade do evangelho neste mundo quebrado é urgente demais. Somos chamados/chamadas agora - mesmo apesar de nossas fragilidades, fracassos e dúvidas, mesmo em meio a nossas vidas normais, ocupadas e complicadas. A palavra de Jesus a Simão Pedro é também uma palavra para nós: “Não tenhas medo”. Esta é a missão de Jesus, e confiamos que ele continuará trabalhando conosco e através de nós, “pescando” outros assim como Ele nos pescou - na rede profunda, larga da misericórdia e do amor de Deus. Acreditamos, finalmente, que a pesca está nas mãos de Deus e que o desejo de Deus é que as redes arrebentem e os barcos fiquem cheios.
Que Deus nos abençoe!

HINO
Nº 200 – HPD I – Cantai e folgai

CONFISSÃO DE FÉ
Na comunhão com as pessoas que creem no trino Deus, confessemos nossa fé com as palavras do Credo Apostólico.
Todos: Creio em Deus...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Deus tem sido misericordioso conosco e não nos tem deixado faltar nada. Neste momento queremos agradece-lo com aquilo que Ele nos deu.
Vamos recolher as ofertas que tem como destino ____________________________________ .
Rogamos que Deus abençoe dádivas e doadores. Cantamos para recolher as ofertas o hino: ENE - nº 42 – Cristo vive, e nós também


ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Que o amor do Senhor Jesus atraia você para ELE;
Que o poder do Senhor Jesus te fortaleça em seu serviço, em seus estudos;
Que a alegria do Senhor Jesus encha seus corações; e a benção de Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo esteja entre vocês e permaneça com você. Amém!

ENVIO
Vá na certeza de que Jesus conhece os mares da vida, melhor do que nós!

CANTO FINAL
Nº 207 – HPD I – Sem Jesus tudo está perdido


Autor(a): Missionário Whanderson Perobelli
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Liturgia
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Natal
Natureza do Domingo: Epifania
Perfil do Domingo: 5º Domingo após Epifania
Testamento: Novo / Livro: Lucas / Capitulo: 5 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 15
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2022
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 65809

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Se reconhecemos as grandes e preciosas coisas que nos são dadas, logo se difunde, por meio do Espírito, em nossos corações, o amor, pelo qual agimos livres, alegres, onipotentes e vitoriosos sobre todas as tribulações, servos dos próximos e, assim mesmo, senhores de tudo.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
Procurem a ajuda do Senhor. Estejam sempre na sua presença.
Salmo 105.4
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br