Culto e Liturgia



ID: 2653

Subsídio litúrgico - Inauguração de uma casa

25/10/2019

Subsídio litúrgico

Inauguração de uma casa

Informações iniciais

- A família e as pessoas convidadas se encontram diante da entrada principal da casa a ser inaugurada.
- A cerimônia inicia no ambiente fora da casa e sua continuidade se dá dentro da casa.
- Escolhe-se, na casa, um lugar onde todas pessoas se reunirão na continuidade da cerimônia e providencia-se, neste local, uma mesa, com uma toalha, uma vela, um pequeno arranjo de flores e uma Bíblia aberta (de preferência que seja uma Bíblia da pessoa ou família que residirá na casa).

L = Ministro ou Ministra
C = grupo/comunidade

Acolhida
(O Ministro/a Ministra que presidirá dá as boas-vindas às pessoas presentes e convida as pessoas que ficarão à frente para participar do ato de abertura da porta da casa. São elas: moradores/ moradoras da casa, pessoa que construiu a casa, se possível. Menciona o motivo especial da celebração: a inauguração da casa que servirá de residência e a entrega da casa e das pessoas que nela habitarão para a bênção e proteção de Deus.)

(Em frente à entrada principal da casa)

Saudação

L Graça e paz a vocês da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo.

C Amém.

Salmo de entrada

L Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam (Sl 127.1).

Oração

L Oremos: Graças te damos, nosso Deus, por este dia e pela alegria de inaugurarmos esta casa. Dá, Senhor, que ela seja um local acolhedor, de harmonia, comunhão e testemunho de fé, por meio da tua bênção e presença, ó amado Deus! Esta família (casal, pessoa ou pessoas) que nela habitará, é família que crê no Senhor Jesus. Portanto, “com sabedoria se constrói a casa, e com entendimento ela se fortalece. Pelo conhecimento da Tua Palavra os seus cômodos se enchem do que é precioso e agradável” (Provérbios 24.3,4). Por isso te pedimos: estejas conosco e nos acompanhes na entrada nesta casa e abençoes as pessoas que irão morar aqui bem como o
serviço que elas realizarão. Sê tu o principal hóspede deste lar. Por Jesus, teu Filho amado. Amém.

Ato de entrega das chaves e abertura da porta principal

(O construtor [se for conveniente que este esteja presente] ou o Ministro/a Ministra entrega a chave para o dono/a dona da casa e esta diz:)

Dono ou Dona da casa: Que a paz de Deus seja nesta casa e com as pessoas que nela habitarem.

L Que Deus seja o guardião desta casa, bem como de você (se for o caso, e dos seus familiares). Que Deus mantenha os seus olhos abertos sobre esta casa, de dia e de noite.

C (A pessoa que recebeu a chave, abre a porta e convida as demais para entrar, dizendo:) Eu e minha casa serviremos ao Senhor. Que Deus abençoe nossa entrada e nossa saída. Entrem! Sejam bem-vindos e bem-vindas.

Entrada na casa (durante a entrada, canta-se um hino. Sugestões: Livro de Canto da IECLB 84, 470, 472, 475, 477 e 630)

Leitura bíblica

(Quando todas as pessoas estão dentro da casa, no lugar escolhido, o Ministro/a Ministra acende a vela, segura-a, acesa em suas mãos e diz:)

L Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e luz para o meu caminho.

C Tua Palavra é lâmpada - Livro de Canto 151

(Segue a leitura bíblica. O texto pode ser conforme as Senhas do Dia ou escolhido especialmente para o respectivo evento. Sugestões: Josué 24.15, Deuteronômio 6.1-9, Mateus 7.24-29, 1 Corintios 3.10-16, 1 Pedro 2.4-6.)

Hino (Sugestões: Livro de Canto 150, 152, 305)

Meditação

Hino (Sugestões: Livro de Canto 477, 489, 614, 640)

Histórico da construção (Uma pessoa da família ou amigo/amiga é convidada, previamente, a fazer um breve histórico da construção da casa, destacando aspectos relevantes para a pessoa ou família da casa.)

Oração

L Oremos: Eterno Deus! Graças te damos por esta casa construída, para a moradia desta pessoa (casal ou da sua família]. Nós te pedimos: estende a tua mão sobre ele/ela [eles/elas, se for o caso de família]. Dá que este lugar seja para descanso, aconchego, alegria, paz e revigoramento físico [se for o caso, e para a construção de uma vida familiar edificante]. Abençoa as pessoas que aqui buscarem consolo, amizade, comensalidade e orientação espiritual. Acompanha cada pessoa quando daqui sair e protege este lar em sua ausência. Sustenta os habitantes desta casa com a fé em ti somente. Permite, enfim, que esta moradia seja usada para o fortalecimento pessoal dos que aqui habitarem, para a edificação da vida de gratidão e para a glória e honra do teu nome. Por tudo isso, oramos em conjunto,

C Pai nosso...

Ou (A oração que segue é de autoria desconhecida)

L .Deus, Pai de misericórdia,
criador de todas as coisas,
invocamos o teu Espírito Santo
sobre este lar e seus moradores.

Assim como visitaste e abençoaste
a casa de Abraão, de Isaac e de Jacó,
visita-os e guarda-os na tua luz.

Guarda estas paredes de todos os perigos:
do incêndio, da inundação, do raio,
dos assaltos, de todo e qualquer mal.
Venham teus anjos portadores de paz!

Suplicamos também a proteção e a saúde
para todos os que aqui habitam.
Afasta-os da divisão e da falta de fé.
Abençoa e guarda este lar
e todos os que o visitam.
Por Cristo Jesus. E, por tudo isso, oramos em conjunto,

C Pai nosso...
 

Bênção

L Sendo esta casa construída para a moradia, coloquemos esta obra sob a proteção e a bênção de Deus, assim como as pessoas que nela habitarão.
Em nome do Pai † e do Filho e do Espírito Santo. Amém.
(Estendendo a mão sobre todas pessoas presentes:)

L Abençoe-vos Deus, o Todo-Poderoso, o Pai †, o Filho e o Espírito Santo. Amém.

Hino final (Sugestões: Livro de Canto 84, 477 )

(P. Benito Holz Konflanz)

baixar
ARQUIVOS PARA DOWNLOAD
Inauguração de casa.pdf


Autor(a): Benito Holz Konflanz
Âmbito: IECLB
Área: Celebração / Nível: Celebração - Liturgia
Natureza do Texto: Liturgia
Perfil do Texto: Auxílio litúrgico
ID: 59823

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

É por meio de Cristo que somos aceitos por Deus, nos tornamos o povo de Deus e somos salvos.
1Coríntios 1.30b
REDE DE RECURSOS
+
Que Deus, que é quem dá paciência e coragem, ajude vocês a viverem bem uns com os outros, seguindo o exemplo de Cristo Jesus.
Romanos 15.5
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br