Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia - CAPA no Portal Luteranos



ID: 2533

Agricultura e a Influência da Lua

Comida Boa na Rádio

27/08/2019

AGRICULTURA E A INFLUÊNCIA DA LUA

[Escute na Midiateca (logo abaixo) e/ou descarregue o arquivo do programa.]

O programa Comida boa na mesa traz dicas técnicas e o faça você mesmo, promovendo a agroecologia e um mundo melhor e sustentável. É produzido pelo Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia, o CAPA, integrado à Fundação Luterana de Diaconia e vinculado à Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil.

Por volta de 1970, com o fortalecimento da agricultura orgânica em vários países da Europa, um grupo de pesquisadores decidiu estudar a influência lunar sobre a agricultura – plantas e animais –. Os resultados desses estudos comprovam que as duas regras mais comuns que aparecem nos calendário não têm nada de misterioso, e funcionam.

Na Lua Minguante plantamos ou semeamos o que vai crescer debaixo da terra, como cenouras, beterrabas, cebola, alho, batatas e mandioca.

Na Lua Crescente plantamos ou semeamos o que cresce acima da terra, como o feijão, milho, trigo, soja, frutas, alface e tomates.

Nestas duas fases da lua temos um aproveitamento correto da luminosidade lunar. Essa luminosidade, embora menos intensa que a do sol, penetra mais fundo no solo e pode acelerar o processo de germinação das sementes.

Dois exemplos:

O tomate e a lua crescente – a grande luminosidade lunar influencia positivamente a germinação do tomateiro, favorecendo o desenvolvimento de flores e frutos. Os tomates semeados antes da lua cheia são mais produtivos.

A cebola e a lua minguante – para fortalecer as raízes, o plantio deve ocorrer no período de menor luminosidade lunar. As cebolas semeadas durante a lua crescente têm folhagem abundante, mas não formam bulbo.

As plantas respondem de forma diferente de acordo com a influência lunar, e você pode entender melhor a indicação do plantio de acordo com as quatro fases da lua:

No período de lua nova, a seiva se concentra no caule e nas raízes. Neste período, é indicado plantar plantas medicinais, cortar lenha e realizar a cobertura de galinhas.

Na lua crescente, a seiva flui em direção às folhas, favorecendo o plantio de árvores, frutas, grãos e flores. Podemos também enxertar, transplantar, semear e colher legumes e raízes.

Na lua cheia, a seiva está distribuída em toda a planta, por isso, não devemos fazer podas. Mas é a melhor fase para a colheita dos frutos, pois contêm o máximo de seiva e estão mais suculentos.

Na lua minguante, a seiva reflui em direção ao caule e às raízes. Nessa fase, podemos cortar bambus e madeiras que devem durar para a fabricação de móveis, implementos e cercas, pois ficam menos suscetíveis ao ataque de cupins. Também é o período podar, adubar, castrar animais e ainda colher sementes e grãos, que ficam mais resistentes a pragas e ao apodrecimento precoce.

Esperamos que você possa usar esses conhecimentos para melhorar sua produção. Até o próximo programa!

Conheça mais sobre o CAPA em www.capa.org.br


Todos os programas

MÍDIATECA
Em todo o universo, não há nada que possa nos separar do amor de Deus, que é nosso por meio de Cristo Jesus, o nosso Senhor.
Romanos 8.39
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br