Comunidade Evangélica de Joinville - UP



Princesa Isabel , 508 Centro
CEP 89201-970 - Joinville /SC - Brasil
cej@ielusc.br
ID: 2382

Você costuma agradecer pelo que tem ou reclamar pelo que não tem?

01/09/2010

1 | 1
Ampliar


É interessante observar as diferentes reações de uma pessoa. Algumas pessoas ao adoecer, pensam na recuperação; outras acham que jamais voltarão a ter saúde. Diante de um problema, os otimistas decidem enfrentá-lo, os pessimistas recuam.

Enquanto algumas pessoas são felizes pelo que alcançaram e pelo que têm, outras lamentam-se pelo que não conseguiram alcançar, e aí nos vem à mente a figura do copo de água, se ele está cheio pela metade ou vazio pela metade.

Ver o copo meio vazio significa sentir falta do que não está lá. Ver o copo meio cheio significa agradecer pelo que já tem. Existem estas duas possibilidades de olhar a vida.

Uma comunidade estava se preparando para celebrar o culto de ação de graças. Um membro daquela comunidade, que era comerciante, pensou consigo mesmo: Este ano as vendas não foram tão boas como pensei, tive problemas com doenças, o vendaval descobriu parte do telhado da casa, tentaram assaltar a loja. Enquanto pensava, ele dizia para si mesmo: Este ano não vou participar do culto de ação de graças, não tenho nada para agradecer. Quando chegou o domingo, a esposa levantou cedo e, acordando o marido, disse: Querido, vamos para o culto de ação de graças! E ele logo foi dizendo: agradecer o quê? E ela disse: vamos agradecer a Deus pela nossa casa que foi poupada do vendaval, foram só algumas telhas quebradas, agradecer a Deus porque vencemos a doença na família e agora estamos todos com saúde, agradecer que a nossa loja não foi assaltada, agradecer a Deus que nos supriu em nossas necessidades, pois nada nos faltou para o sustento, além do mais trocamos o nosso carro por um melhor. Veja quanta coisa boa nós experimentamos neste último ano.

Este casal olhou para o copo a partir de um ângulo diferente. Ele via o copo vazio pela metade. Ela via o copo cheio pela metade.

E nós, o que temos para agradecer a Deus?

O salmista diz: “Rendei graças ao Senhor, porque Ele é bom e a sua misericórdia dura para sempre. O Senhor dá sustento aos que o temem; lembrar-se-á sempre da sua aliança”. (Salmo 106). O salmista coloca algumas razões pelas quais podemos agradecer a Deus.

1. Deus é bom
2. A sua misericórdia dura para sempre – não tem fim
3. Ele dá o sustento
4. Ele se lembra para sempre da aliança que fez conosco.

No culto de ação de graças da Paróquia Cristo Redentor tornamos visível, por meio de ação simbólica, a nossa gratidão a Deus. Pela criação de Deus, bonita, formosa, exuberante, foram trazidos fl ores e mudas de palmeiras ao altar.

No início da criação, Deus colocou o ser humano no jardim para o cultivar e guardar. Por isso, foram trazidos instrumentos de trabalho (enxada, ferramentas de jardim) ao altar.

Deus fez com que a terra produzisse alimento para o sustento de seus filhos e filhas. Por isso foram trazidos ao altar cestos de frutas, de verduras e de alimentos.

Deus deu inteligência ao ser humano, para que moesse os grãos transformando-os em farinha e a transformasse em alimentos saborosos, como também capacidade para conservar a carne. Por isso, foram trazidos ao altar pão, torta e defumados.

Deus agraciou o ser humano com diversos dons. Esses dons traduziram-se em muitas profissões. Agradecemos a Deus pelas diversas profissões que estão a serviço da vida. Foram trazidos ao altar jaleco - classe médica, dentistas, agentes de saúde - capacete, bombeiro, notebook, máquina roçadeira, cepilho e martelo.

Quando Deus criou o ser humano, Deus viu que não era bom ficar a sós, então, Deus criou a família como a primeira e mais importante instituição de sua obra criadora. Por isso, foi levado ao altar uma carta da família.

Para simbolizar a alegria de nossas crianças, foram levados brinquedos ao altar.

Nós precisamos preparar-nos para a vida. Falamos que precisamos investir em educação. Por isso, uma mochila com livros foi levada ao altar.

Mas, Deus também nos alerta que não só de pão vive o ser humano, mas também de toda palavra que procede da boca de Deus. A palavra de Deus é lâmpada para os nossos pés e luz em nosso caminho. Por isso, uma bíblia foi levada ao altar.



Por isso só podemos dizer: Tudo vem de Ti Senhor, e do que é teu te damos.
Amém

Par. Cristo Redentor
P. Oswald Doege


Autor(a): Oswald Doege
Âmbito: IECLB / Organismo: Comunidade Evangélica de Joinville - CEJ
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 8193
Que Deus, que é quem dá paciência e coragem, ajude vocês a viverem bem uns com os outros, seguindo o exemplo de Cristo Jesus.
Romanos 15.5
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br