Concílio da Igreja



ID: 2273

XXIX Concílio Geral da IECLB - Mensagem

19/10/2014

MENSAGEM DO XXIX CONCÍLIO DA IGREJA

 Nós, conciliares do XXIX Concílio da IECLB, juntamente com as pessoas convidadas, reunidos e reunidas em Rio Claro – São Paulo, entre os dias 15 e 19 de outubro de 2014, sob o tema “ViDas em Comunhão”, agraciados pela hospitalidade da Comunidade Evangélica de Confissão Luterana de Rio Claro e do Colégio Koelle, com o apoio da União Paroquial Campinas e do Sínodo Sudeste, saudamos fraternalmente as irmãs e os irmãos de todas as comunidades e todas as instâncias que compõem a IECLB, desejando-lhes a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo.

 O Concílio desenvolveu as atividades de sua agenda como comunidade inspirada pelo espírito de comunhão e alegria, e animada na fé em ricos momentos de celebração.

Os relatórios do Conselho da Igreja, da Presidência e da Secretaria Geral da IECLB testemunham o grande número de atividades realizadas nos últimos anos e também a complexidade dessas atividades que exigiram grande esforço, sinergia e compreensão. Por isso, a palavra de destaque nos relatórios foi gratidão, a Deus e às pessoas que ofereceram sua colaboração. O entusiasmo com que as atividades foram apresentadas aponta para a grande potencialidade que a IECLB tem de ser Igreja do Cuidado em todas as áreas de sua atuação.

A mesma potencialidade pôde ser percebida nos testemunhos apresentados, em painel, pelo P. Alfredo Hagsma (Curitiba/PR) e P. Marcos Jair Ebeling (Campinas/SP) e pela Pa. Franciele Sander (São Luís do Maranhão/MA), ao abordarem o atual tema da IECLB. Experiências ricas, criativas, inspiradoras e promissoras de edificação de comunidade são desenvolvidas na IECLB, gerando viDas em comunhão através de atividades focadas em pequenos grupos, atividades diaconais, missão com crianças e programas de acolhimento, abrindo caminhos para um jeito de ser IECLB no contexto urbano. O entusiasmo perpassou também estes relatos, pois, as experiências mostraram uma igreja feita de pessoas com brilho nos olhos. Estes relatos foram acolhidos pelo Concílio como sinais animadores para a caminhada da IECLB.

Fato marcante no Concílio foi a presença e as mensagens dos convidados da Ecumene. Além das representações das delegações de diferentes igrejas e instituições do Brasil e do Mundo, marcou presença o Presidente da Federação Luterana Mundial (FLM), Bispo Dr. Munib Younan, da Igreja Evangélica Luterana na Jordânia e Terra Santa. Falando a partir de sua condição de palestino e cristão luterano, apontou para o grande desafio da contextualização da Palavra de Deus em situações onde reinam opressão e injustiça. Nas suas palavras “a cruz de Cristo capacita a Igreja a nunca aceitar o que o mundo aceita, mas a levantar a voz contra qualquer poder ou principado que oprime qualquer ser humano”.

A palestra apresentada pelo P. Dr. Martin Dreher, intitulada “Cento e Noventa Anos de Vidas Luteranas em Comunhão: Esquecimentos e Lembranças”, mostrou a IECLB como igreja que, embora pequena, sempre foi lutadora, atuante e protagonista, oferecendo seu testemunho evangélico-luterano à sociedade brasileira. Não chegou ao Brasil como igreja pronta, mas aqui foi construindo bravamente a sua comunhão, apesar das limitações, fraquezas e tensões. Segundo Dreher, “a comunhão só é possível na presença de Deus, mesmo quando o sentimos ausente... Pregamos o Cristo crucificado”.

O tema Cuidado norteou os trabalhos das quatro câmaras, que se ocuparam com os documentos normativos, com as finanças, com a formação teológica e com o ministério na IECLB. O Concílio acolheu as proposições das câmaras para o devido encaminhamento.

A partir das moções discutidas e votadas, o Concílio recomenda a todas as instâncias da IECLB: a) que viabilizem a participação representativa de no mínimo 40% de mulheres em órgãos decisórios; b) que elejam entre seus representantes 20% de pessoas jovens com idade de até 30 anos; c) que se apropriem e se envolvam nas questões ambientais em suas localidades e desenvolvam a educação ambiental, a fim de motivar viDas em comunhão com a criação de Deus.

Para a gestão da IECLB nos próximos quatro anos, o Concílio elegeu as seguintes pessoas:

Para a Presidência da IECLB:
Pastor Presidente - P. Dr. Nestor Paulo Friedrich (atual Pastor Presidente)
Pastora 1ª Vice-Presidente - Pa. Silvia Beatrice Genz (atual Pastora 2ª Vice-Presidente)
Pastor 2º Vice-Presidente - P. Inácio Lemke (Pastor Sinodal do Sínodo Norte Catarinense)

Para o Concílio da Igreja:
Presidente - Ricardo Dalla Barba
1ª Vice-Presidente - Rejane Beatriz Hagemann
2ª Vice-Presidente - Léa Stange de Oliveira

Para a Comissão Doutrina e Ordem Nacional:
Graduados em Direito (Titulares) - Dr. Loreno Weissheimer e Dr. Ralf Werner Kirchheim
Graduados em Direito (Suplentes) - Dr. Vilson de Paiva e Dr. Silvio Saul Müller
Ministro (Titular) - P. Dietmar Teske e P. Eloir Enio Weber
Ministro/a (Suplente) - P. Dr. Oneide Bobsin e Pa. Vera Lúcia Engelhardt Prediger
Vogal/leigo (Titular) - Ronaldo Tessmann
Vogal/leigo (Suplente) - Herbert Wally

Inspirados e inspiradas no tema ViDas em Comunhão rogamos a Deus que o espírito de gratidão, o entusiasmo, a saudável autoestima, o brilho nos olhos e a esperança alcancem todas as comunidades da IECLB e conclama às comunidades a desenvolverem reflexões e ações a partir do desafio lançado pelo Pastor Presidente Nestor Paulo Friedrich em sua pregação no Concílio: “Que nossa fidelidade e esperança em Deus nos inspirem na construção de caminhos de comunhão que nos impulsionem para ações de cuidado, de paz, de solidariedade!”.

Rio Claro, 19 de outubro de 2014.


Âmbito: IECLB / Instância Nacional: Concílio
Natureza do Texto: Manifestação
Perfil do Texto: Mensagem
ID: 30361

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

O verdadeiro arrependimento inicia com amor à justiça e a Deus.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
As pessoas podem fazer seus planos, porém é o Senhor Deus quem dá a última palavra.
Provérbios 16.1
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br