Bíblia



ID: 2769

Como será agora? Jesus ficará entre nós? Cristo está presente! (Mateus 28.20)

Estudo Bíblico

01/04/2019

Como será agora? Jesus ficará entre nós?
Cristo está presente!

Você já sentiu sonhos e projetos ruírem? Você passou alguma vez pela sensação de abandono? Você já viveu um vazio existencial? Você já se sentiu sem rumo na vida?

Há situações e circunstâncias na vida que nos deixam em um grande vazio existencial. Os discípulos de Jesus vivenciaram essa situação com a crucificação e morte de Jesus. A caminhada ao lado do Mestre havia sido tragada pela cruz. A sensação era de abandono. A pergunta que não queria calar: O que fazer da vida agora? Ainda existe um sentido para a vida?

Em meio a tantas perguntas, os discípulos são surpreendidos com a Boa Nova. As mulheres, Maria Madalena e Maria, testemunhas da ressurreição, ouvem de Jesus: Não tenham medo! Vão dizer aos meus irmãos para irem à Galiléia, e eles me verão ali (Mt 28.10). Informados da Boa Nova, os discípulos se põem a caminho da Galiléia. Lá encontram o Mestre. Há um misto de sentimentos. Apesar de estarem na presença de Jesus, do ressuscitado, dúvidas afloram: Como será agora? Será que Jesus vai nos recriminar pelo abandono? Haverá continuidade no trabalho com Jesus? Será que Jesus ficará entre nós?

Jesus se aproxima deles. Com a proximidade, revela cuidado. Ao falar que o seu poder no céu e na terra emana de Deus, conforta-os. Lembra-os, na verdade, que é Filho de Deus. Que Deus não o abandonou. Que Deus o ressuscitou. Que ele não está aí para recriminá-los, mas que quer contar com eles para que a Missão de Deus se concretize no mundo, por isso diz: Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a guardar todas as coisas que tenho ordenado a vocês. Eis que estou com vocês todos os dias até o fim dos tempos (Mt 28.19-20).

Com estas palavras de Jesus, a vida dos discípulos ganha novos contornos. A vida, que parecia sem rumo e sem sentido, ganha uma nova motivação. O medo, o isolamento, a frustração e o desamparo dão lugar à alegria pela vida.

Jesus não só conforta os seus discípulos, mas os desafia a sair para o mundo. Desafia-os a falar do projeto do Reino. Envia-os a falar sobre a graça e a misericórdia de Deus reveladas na cruz. Para esse desafio, recebem uma grande certeza: não estarão sozinhos. Lembrem-se disto: eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos.

Deus conhece as nossas crises existenciais. Sabe das nossas angústias, dos nossos medos e dos nossos sofrimentos. Ele é um Deus sensível à dor, aos flagelos e às tragédias humanas, por isso veio ao mundo em Jesus Cristo para estar ao nosso lado.

Batizar e ensinar são dois dos seus chamados. Por quê? Como diz no Guia Nossa Fé-Nossa Vida: ‘Pelo Batismo, participamos da vida, morte e ressurreição de Cristo por nós. Somos marcados por sua cruz, que é a vitória sobre o nosso fracasso e o ponto de partida para um novo começo. Aceitos por graça, somos chamados e chamadas a andar em novidade de vida, oferecendo-nos a Deus como instrumentos de justiça’. Pelo Batismo, nos conscientizamos que somos seus filhos queridos e suas filhas queridas e que ele estará conosco na alegria e na dor.

Pelo ensino da Palavra, testemunhamos que Jesus é o Emanuel, o Deus conosco (cf. Mt 1.23). Testemunhamos que a Palavra de Deus é que reconduziu os discípulos no caminho do testemunho após a morte e ressurreição de Jesus. Testemunhamos que a Palavra de Deus é que nos santifica, justifica e capacita para sermos discípulos de Jesus, pois é isso que nos ensina a explicação de Lutero da terceira parte do Credo Apostólico: ‘Creio que por minha própria inteligência ou capacidade, não posso crer em Jesus Cristo, meu Senhor, nem chegar a ele, mas o Espírito Santo me chamou pelo Evangelho, iluminou com seus dons, santificou e conservou na verdadeira fé. Assim também chama, reúne, ilumina e santifica toda a Igreja na terra e em Jesus Cristo a conserva na verdadeira e única fé. Nesta Igreja ele perdoa, cada dia e plenamente, todos os pecados a mim e a todas as pessoas que creem. No último dia, ressuscitará a mim e a todos os mortos e dará a vida eterna a mim e a todas as pessoas que creem em Cristo’.

Há muitas coisas que nos abatem diariamente. Há muitas forças que nos querem ver desistir. Entretanto, a Palavra animadora de Jesus é: Lembrem disto: eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos. Essa é a sua promessa. Todos os dias são realmente todos, inclusive aqueles em que julgamos estar sozinhos, abandonados à nossa angústia, fraqueza e sofrimento.

P. Ernani Röpke
Ministro na Paróquia Cantareira, em Tremembé/SP


Dinâmica

Canto

Deus está presente (LCI 14)
todos o adoremos,
com respeito nos prostremos!
Deus está conosco, tudo em nós se cale,
Deus a nossas almas fale!
Quem o ouvir ou sentir,
baixe os olhos, crente!
Vinde ao Pai clemente!
Deus está presente,
querubins prostrados
são lhe servos consagrados.
Santo, santo, santo –
vem cantando em hino
todo exército divino.
Ó Senhor, com fervor,
nós também cantamos,
gratos te exaltamos.

Continua...

Perguntas para reflexão

- Como eu percebo a presença de Deus no dia a dia da minha vida?
- Quais são os momentos que Deus está comigo ou não?

Ler a reflexão

Mais perguntas para reflexão

- Confio que Jesus está realmente todos os dias comigo?
- Há situações que me levam a suspeitar da presença de Jesus Cristo?
- Como enxergamos os dramas e as tragédias dos nossos dias?
- Nesses momentos, pensamos que Deus está presente ou ausente?
- O que nos ajuda a sair dos dramas e das crises da vida para vivenciar a Missão que Deus nos confia?
- Qual é a importância do Batismo na minha vida?

Oração

Bondoso Deus, obrigado por estares conosco todos os dias. Sem o teu amor revelado em Cristo Jesus, não conseguimos vencer os dramas e as crises existenciais da vida. Sem a presença do teu Santo Espírito, não temos força para assumir a tua missão. Amém.

Canto

Fui em teu nome batizado (LCI 314)
ó Trino Deus, fiel Senhor,
agora sou teu filho amado,
pertenço a ti, meu Salvador.
Imerso estou em meu Jesus,
no Espírito de graça e luz.
Teu filho e herdeiro me fizeste,
eterno Pai, por teu amor;
a bênção tu me concedeste
de tua morte, ó Redentor;
em minha angústia, meu temor,
presente estás, Consolador!

Continua...

Avisos
(se necessário)

Benção e Envio


Fonte: Jorev Abril 2019
 


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Todas as nossas orações devem fundamentar-se e apoiar-se na obediência a Deus.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
Ninguém pode louvar a Deus a não ser que o ame.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br