Luteranos em Contexto



ID: 2650

Um menino no colo...

Mensagem de Martinho Lutero, adaptada.

31/10/2016

Por que será que Jesus não tomou nos braços um marmanjo, um político, ou um santo qualquer? Acontece que Jesus tomou uma criança... Na verdade uma criança bem pequena, que ainda não tinha muita compreensão das coisas. Ele abraça com carinho o menino. Como isso, Jesus deixa claro que o seu reino é das crianças. Ele, como Senhor, é também o príncipe das crianças. Ele, como Mestre dos mestres, deseja também estar com elas. Com isso, Jesus diz: Se quiserem saber quem é o maior, fiquem comigo, pois eu sou tudo. Quem receber a mim recebe o Pai, o Criador do céu e da terra. Sim, recebe, ao mesmo tempo, céus e terra. Recebe a Deus, como todos os seus dons. Assim aconteceu... Lá em Belém, veio o menino, Cristo. E, por meio dele, o Pai celeste. Não ficarei para sempre entre vocês corporalmente, disse Jesus. Em razão disso, quero pôr outra coisa diante de seus olhos, algo que vocês devem estimar como estimam a mim, a saber: “Qualquer que receber uma criança tal como esta, em meu nome, a mim me recebe, e quem receber a mim, recebe a meu Pai”. Por que, então, deveria eu procurar a Cristo longe, ou até mesmo subir aos céus na ânsia de encontrá-lo? Toda vez que olho e vejo crianças, vejo o próprio Cristo. Leia Marcos 10.13-16.


Autor(a): P. Euclécio Schieck
Âmbito: IECLB / Sinodo: Norte Catarinense / Paróquia: Garuva-SC (Martinho Lutero)
Área: Confessionalidade / Nível: Confessionalidade - Luteranos em Contexto
Testamento: Novo / Livro: Marcos / Capitulo: 10 / Versículo Inicial: 13 / Versículo Final: 16
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 40139

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Assim diz o Senhor: Buscai-me e vivei.
Amós 5.4
REDE DE RECURSOS
+
Fale em favor daqueles que não podem se defender. Proteja os direitos de todos os desamparados.
Provérbios 31.8
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br