Prédicas e Meditações



ID: 2931

Ser paz! - Mateus 5. 9 - Candidato ao Ministério Gustavo Mundt Klug - 15 de março de 2022

Oração em tempos de Coronavírus

15/03/2022

“Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados de filhos de Deus.” (Mateus 5. 9)

Graça e paz daquele foi, é e sempre será nosso Senhor estejam conosco. Amém. As palavras do versículo acima são de Jesus Cristo. Foram proferidas no monte, logo após Ele dar início ao seu ministério. No tempo de Jesus, os montes eram locais onde eventos significativos aconteciam.

Jesus dá início a este sermão usando a expressão: Bem-Aventurados, que também pode ser traduzida por Felizes. Ele o faz por nove vezes. Dentre elas, Jesus diz ser bem-aventurada a pessoa que promove a paz; que não almeja a guerra.

O príncipe da Paz, Jesus, envia seus discípulos para trabalharem em favor da Paz. Ele os chama a uma postura de servos pacificadores. Desta forma, trabalhar pela Paz significa trabalhar àquele que é o Príncipe da Paz. E quem, onde quer que esteja, trabalha para o príncipe da Paz é considerado filho e filha de Deus. 

Martim Lutero dizia que “as autoridades deste mundo não foram instituídas por Deus para acabar com a paz e fazer guerra, mas para garantir a paz e evitar a guerra.” Lutero protestou em palavras e ações contra toda cultura que promovia morte. Ele deu ênfase àquilo que promove o Cristo Ressurreto na igreja e na sociedade, como, por exemplo, a educação. Sobre isso, ele escreveu: “Para cada florim investido em guerra, cem deveriam ser investidos na educação.”
A partir do Batismo, somos enviados ao mundo para sermos pessoas pacificadoras. Conflitos e guerras sempre existirão enquanto o mundo existir. Só serão superados definitivamente quando o Reino de Deus vier em sua plenitude. Porém, sinais do Reino, aqui e agora, podem ser semeados por nós. E eles são colhidos quando canhões e mísseis são substituídos por livros, quando há reconciliação e perdão entre as pessoas, quando nos engajamos com a nossa vida para levar vida digna às pessoas. Sinais do Reino são experimentos quando as pessoas crucificadas deste mundo experimentam a libertação de quem ou do que as crucifica.

Que a certeza de que Cristo está presente onde a palavra de Deus é pregada e vivida nos motive a contribuir para uma cultura de paz em nosso mundo, para que assim possamos experimentar os céus onde quer que estejamos. “Se possível, no que depender de vocês, vivam em paz com todas as pessoas”, recomenda o Apóstolo Paulo (Romanos 12.18). Amém.

Oração: Santo Deus! Nós clamamos por paz, porque estamos cercados de guerras, interna e externamente. Dá-nos um coração manso. Vem sobre nós e derrama o teu Espírito Santo, para que sejamos Paz onde quer que estejamos. Em nome de Jesus Cristo. Amém.


 

MÍDIATECA

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Deus governa com a sua Palavra santa os corações e as consciências e as santifica e lhes dá a bem-aventurança.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
Consulta, primeiro, a palavra do Senhor.
2Crônicas 18.4
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br