A Igreja em Tempos de Coronavírus



ID: 3207

13º Domingo após Pentecostes - Erval Seco/RS

Paróquia Martin Luther de Erval Seco

30/08/2020

Abertura Culto 30ago20
Altar junto da Comunidade
P. João Willig
Leitura do Salmo - Sra. Elzira Luersen
Momento de oração
Leitura do Evangelho - Sr. Nelson Luersen
P. João Willig
1 | 1
Ampliar

CELEBRAÇÃO EM TEMPOS DE CORONAVÍRUS

 

LITURGIA DE ABERTURA

Acolhida:

Que a paz de nosso Deus seja contigo meu irmão e minha irmã. Agradecemos a Deus a oportunidade de acompanhar o Culto Virtual do 13º Domingo após Pentecostes. Que bom estar com vocês celebrando esse culto. Que possamos juntos e juntas elevar nossos pensamentos e corações a Deus. Sonja e eu aqui na Igreja de Erval Seco e vocês aí nas suas casas. Deus de todos e todas nós, aqui estamos para te agradecer.
Saudação Trinitária: Celebramos este culto em nome de Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém! Ó Senhor, eu sou teu, e por isso as tuas palavras encheram o meu coração de alegria e felicidade. (Jeremias 15.16)

Hino: Reunidos aqui (LC 26)

Leitura do Salmo 26.1-8

Confissão de Pecados:

Querido Deus diante de ti em culto é fácil dizer que nós somos irmãos e irmãs em Cristo. Mesmo que de maneira virtual, queremos ouvir falar em amor, perdão, solidariedade, fraternidade, companheirismo. O problema começa e continua, na vida, no trabalho, no lazer, na vizinhança. Lá normalmente seguimos orientações que acabam deixando a nossa teoria presa dentro da Igreja. Nós muitas vezes silenciamos quando deveríamos dizer uma palavra; deixamos de ajudar quando era hora de estender as mãos; nos escondemos atrás de regrinhas e convenções quando era tempo de agir e atuar em favor das pessoas necessitadas e carentes; nos acomodamos quando era momento de protestar em favor da vida, da dignidade, da justiça. Nos fechamos quando era tempo de perdoar. Isso são sinais da nossa vida marcada pelo pecado. Perdoa-nos e renova-nos para uma vida com coragem e amor para servir a ti e ao nosso próximo. Perdão, Senhor, perdão.

Canto: Perdão, Senhor, perdão

Anúncio da Graça:

Assim podemos ler em Provérbios 28.13: O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia.
Agradecidos e agradecidas pelo perdão de Deus, cantemos confiantes:

Hino: Glorificado seja teu nome (LC 183)

Oração do Dia:

Querido Deus, de ti nós recebemos a missão de vivermos neste mundo como pessoas cristãs, sem ser pedra de tropeço. Entretanto, vivemos rodeados de pessoas que não pensam como nós. Ajuda-nos, Deus, a sermos dignos e dignas de teu nome, e capazes de passar adiante teu amor e teu perdão. Amor e perdão que cria o novo homem e a nova mulher, que os chama à vida e os renova a cada dia. Fala a cada um de nós, por meio da tua Palavra. Abre os nossos corações e mentes através do teu Santo Espírito. Por nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

Hino: É como a chuva que lava (LC 149)

Leitura Bíblica: Mateus 16.21-28

Bem aventuradas são todas as pessoas que ouvem a Palavra e a praticam Aleluia

Canto: Aleluia (LC 188)

Prédica:

Lâmpada para os nossos pés é a tua Palavra, Senhor, e luz para os nossos caminhos. Amém.

Quando vivi na Venezuela, à tardinha, perto das 19 horas, assistia pela televisão um programa mexicano que foi muito famoso e que até pouco tempo continuava sendo passado na TV, Chaves. O personagem principal justamente é o Chaves, um menino de 8 anos, interpretado por 1 adulto, que na intenção de ajudar, muitas vezes sem querer, acabava atrapalhando tudo. Parece que o Pedro, no texto de hoje, se parece muito ao Chaves. Ele quer ajudar Jesus, ou pelo menos tem essa intenção e ele crê que está ajudando a Jesus. Mas, na verdade, não quer deixar que se realize aquilo que Deus quer para Jesus. O próprio Jesus fala a Pedro no versículo 23, onde lemos: “... Saia da minha frente, Satanás! Você é como uma pedra no meu caminho para fazer com que eu tropece, pois está pensando como um ser humano pensa e não como Deus pensa.”

Não ser uma pedra de tropeço para Jesus, esta é nossa tarefa. Sobre isso devemos refletir como cristão, como cristã. Cada vez que nos deparamos com este texto deveríamos deixar-nos interpelar pelas perguntas: Estamos aceitando e seguindo a Jesus? Estamos levando nossa cruz ou somos pedra de tropeço para Ele e seu Reino? Quantas vezes deixamos que nossos desejos e projetos pessoais nos afastem do que a Palavra de Deus quer nos orientar?
Olhemos para nossa Comunidade, o lugar onde professamos a nossa fé, as pessoas encontram em nossa Comunidade um lugar onde procuramos viver o Evangelho? São nossas comunidades lugares onde se pode encontrar o Deus Vivo? Deixamos transparecer, ali onde estamos, o amor de Deus com nossos gestos e ações? Ou somos um grupo de pessoas que pensa somente em questões humanas, que mais parecem o Pedro do texto de hoje, sendo pedra de tropeço ao invés de pedras vivas que ajudam a construir um mundo mais justo e humano?

Cada pessoa que nos ouve... vocês, eu; temos oportunidades de acrescentar mais experiências e mais fatos à nossa história. Em determinadas situações ajudamos e em outras, talvez, falamos demais ou tomamos decisões que não cabiam no momento. E se fizermos uma retrospectiva vamos nos dar conta de que a vida passa tão rápido, de que as experiências que adquirimos são fruto do contato com pessoas e que o nosso crescimento não é somente no tamanho do nosso corpo, mas no tamanho de nossa humanidade, de nosso coração. Por isso a pergunta feita antes. Tomemos um tempo para pensar se somos pedra de tropeço ou tijolo (pedras vivas) para a construção...

É preciso melhorar o amanhã de todas as pessoas, cuidando do hoje. Deixemos de sofrer pelo que está errado; encontremos a alegria e a paz fazendo algo para consertar o erro. Lembremo-nos que o caminho da felicidade não começa nas outras pessoas para chegar até nós; na verdade começa em nós para ir até as outras pessoas. Construamos uma vida que esteja nos caminhos traçados por Deus, para assim termos a vida verdadeira da qual Jesus fala em nosso texto. Sejamos pessoas que buscam uma vida boa para todas as pessoas. Que possamos encontrar a alegria que brota da solidariedade e da vida com paz e justiça. Amém.

Hino: Nossa alegria (OPC 81)

Oferta:

Lembramos que as ofertas deste culto são destinadas para trabalho de inclusão e acessibilidade/Pessoas com Deficiência conforme o Plano de Coletas da IECLB. Sejam as ofertas sinais da nossa resposta ao constante amor de Deus por nós.

Oração Geral da Igreja:

** Gente querida: Sabemos, sentimos e confiamos que o amor de Deus nos guia e a sua verdade sempre nos orienta. E é nesta certeza que trazemos os motivos de nossa oração ao nosso criador. Oremos:

Oh Deus que és amoroso para conosco. Graças te damos pelo teu auxílio diário, pois sem ti não somos nada. Assim como somos nos achegamos a ti para compartilhar o que está em nosso coração e em nossas vidas.

Caminha conosco, Deus, orienta-nos, fortalece-nos para viver na esperança e no cuidado. Que tenhamos corações e ouvidos atentos às pessoas que estão sozinhas, angustiadas, talvez até estressadas com este tempo de afastamento social. Anima-nos a sermos criativos no encontros com as outras pessoas, telefonando, escrevendo e enviando uma mensagem de amor e esperança, orando, vivendo o teu amor em palavras e gestos de cuidado.
Dá-nos força, sabedoria para suportar este tempo tão difícil e diferente. Perdoa quando falhamos no cuidado conosco mesmos e com a pessoa próxima. Ajude-nos, Deus, em nosso cansaço, e dá-nos discernimento em tantas informações que nos vem e que as vezes nos confundem. Fortalece-nos quando nos sentimos desanimados, assustados com o tempo presente.

Querido Deus, agradecemos pela vida. Pelo aniversário de 99 anos do Senhor Evaldo Elsenbach. A família agradece pelos anos vividos com saúde e pelo amor dado e recebido. Continua a cuidar e proteger e abençoar a todas as pessoas que aniversariam neste mês de agosto.

Bondoso Deus, colocamos sob teus cuidados as crianças que foram apresentadas em Culto neste mês. Abençoa a Emanuelly Sprandel, Lavínia Luíza Maurer, Mariana Bublitz Fiorentin e Larissa Guariniri. Que elas possam crescer num mundo justo e cheio de amor.

Deus de Amor, colocamos sob os teus cuidados a recuperação da Senhora Anita Fritsch. Continue, oh Deus a cuidar da Anita, proporcionando saúde e bênção a ela e a sua família.

Agradecemos, Deus, pelos teus cuidados junto a Senhora Nelsita Michels e na continuidade do seu tratamento. Esteja com ela e com sua família. Igualmente pedimos pelo cuidado que vem de ti pelo Senhor Adelmo Haabeck. Se tu, oh Deus, com o Adelmo e família e derrama ricas bênçãos de saúde e amor.

Amado Deus, estende a tua mão de cura às pessoas que sofrem e estão em tratamento médico; pessoas próximas, da família e tantas outras que não conhecemos.

Intercedemos pela Senhora Palmyra Breunig que sofreu uma queda. Querido Deus, intercedemos pela Palmyra em sua recuperação e esteja com os familiares em cuidado, confiança e fé. Também colocamos sob a tua bênção o amigo e compadre Vitor Dockhorn. Que ele e sua família encontrem forças para lutar e sejam perseverantes durante seu tratamento. Intercedemos, Deus, pelos e pelas profissionais da saúde em seu servir e cuidar da vida. Ampara, fortaleça e proteja a todas as pessoas que trabalham nos serviços essenciais.

Lembramos, Deus, os familiares enlutados deste mês de agosto: família de Assela Leoninda Schultz da Arco Íris, Erminda Hammer de Rondonópolis e sepultada na Arco Íris, Alzeria Lutz de Erval Seco, Lucia Mazzonetto Manfio, mãe da presidente da Paróquia Martin Luther de Erval Seco. Abençoa cada familiar. Dá o teu consolo nestes momentos de luto.

Assim queremos neste momento, voltarmos a ti, Deus, compartilhando contigo o que está em nosso coração, o que nos aflige, o que nos incomoda. Recebe Deus no silêncio das palavras aquilo que carregamos no coração. (Silêncio)

Deus de Amor e Misericórdia, recebe o nosso clamor e a nossa gratidão. Abraça-nos com carinho, carrega-nos no colo. Ouve Deus a nossa súplica quando oramos assim como teu Filho Jesus Cristo nos ensinou:

Pai Nosso...

LITURGIA DE DESPEDIDA

Avisos:

Hino: Solidariedade (OPC 108)

Bênção:

Que o Deus Eterno os abençoe e os guarde;
Que o Deus Eterno os trate com bondade e misericórdia;
Que o Deus Eterno olhe para vocês com amor e lhes dê a paz.

Envio:

Estejam em paz e, orientados pelo Espírito Santo, sirvam ao Senhor.

MÍDIATECA

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Que o Senhor, nosso Deus, esteja conosco. Que Ele nunca nos deixe nem nos abandone!
1Reis 8.57
REDE DE RECURSOS
+
Portanto, já que vocês aceitaram Cristo Jesus como Senhor, vivam unidos com ele. Estejam enraizados nele, construam a sua vida sobre ele e se tornem mais fortes na fé.
Colossenses 2.6-7
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br