A Igreja em Tempos de Coronavírus



ID: 3207

14º Domingo após Pentecostes - Erval Seco/RS

Paróquia Martin Luther de Erval Seco

06/09/2020

Abertura Culto 06set20
Pa. Sonja H. Jauregui
Altar do templo em Erval Seco/RS
Altar
Altar com a pia batismal
Leitura do Evangelho - Sra Dulci Braum
1 | 1
Ampliar

CELEBRAÇÃO EM TEMPOS DE CORONAVÍRUS

 

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA E SAUDAÇÃO TRINITÁRIA

Saúdo a cada pessoa que nos acompanha neste momento com as palavras que são Lema para esta nova semana. Palavras da Carta de Paulo aos Filipenses, capítulo 4, versículo 4, que diz: “Alegrem-se sempre no Senhor; outra vez digo: alegrem-se”.

Que alegria receber estas palavras do Apóstolo Paulo quando começamos a realizar um retorno gradual dos Cultos presenciais. Que alegria podermos também ter acesso a esta maneira virtual de celebrar culto. É muito bom poder estar juntos novamente em nossa Igreja, e é bom poder fazer chegar à Palavra de Deus até as pessoas que ainda não podem estar conosco de forma presencial.

Como é bom poder estar na presença do nosso Deus. Nos encontrarmos com Deus é uma alegria, e muito mais do que isso, é um privilégio.
Sim é uma alegria estar na casa de Deus e, também é uma alegria permitir que Deus esteja conosco em nossas casas, no aconchego do lar. Assim, celebramos este culto em nome do Trino Deus: Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

HINO: Alegrai-vos sempre no Senhor

CONFISSÃO DE PECADOS

** Nos acheguemos a Deus, com o coração aberto, e confessemos os nossos pecados... Oremos:

Querido Deus, de amor e misericórdia! Com alegria aqui estamos na tua presença neste momento. Com gratidão nos apresentamos diante de ti. Trazemos conosco tudo o que temos feito e vivido nestes últimos dias, também aquilo que entristece o teu coração.

Tu nos conheces a fundo, sabes das nossas fraquezas, dos nossos temores e dos nossos erros, apesar de querermos ocultá-los. Nós nos chegamos a ti na confiança de que tu nos entendes e nos aceitas apesar de tudo. Nós te pedimos, tem paciência nas nossas fraquezas e ajuda-nos a que também tenhamos paciência com as pessoas que estão ao nosso lado. Faze com que o teu perdão nos dê uma nova chance, que ele abra novas portas na nossa convivência e nos possibilite ir ao encontro das pessoas que necessitam conhecer o teu amor e o teu perdão.

Assim, Deus, recebe a nossa oração, perdoe-nos e fortaleça a nossa fé, por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.

ANÚNCIO DA GRAÇA

Com o coração mais leve por termos a oportunidade de orar e pedir pelo perdão de Deus, hoje recebemos o Anúncio da Graça de Deus através das palavras das Senhas Diárias deste domingo. Palavras do Apóstolo Paulo aos Tessalonicenses, capítulo 5, versículo 23: “Que Deus, que nos dá a paz, faça com que vocês sejam completamente dedicados a ele. E que ele conserve o espírito, a alma e o corpo de vocês livres de toda mancha, para o dia em que vier o nosso Senhor Jesus Cristo”. Que assim seja. Amém.

KYRIE

Queridas irmãs e queridos irmãos em Cristo, o mundo sente as dores provocadas pela Covid-19. O país, a cidade onde moramos, a Comunidade onde vivenciamos a nossa fé, a vida pessoal, as famílias são afetadas de alguma forma com a realidade da Pandemia. Um tempo sem muitos abraços, de ter que manter a distância, usar máscaras, não poder se encontrar em momentos de festa, lazer, passeios, encontros nos grupos da Comunidade, situações de violência que tem atingido de forma especial crianças, mulheres, pessoas idosas... Quanto medo, quanta insegurança... Por todo sofrimento gerado e intensificado pela Pandemia queremos clamar a Deus cantando, pelas dores deste mundo, ó Senhor, tem piedade...

HINO: Pelas dores deste mundo (LCI 56)

GLÓRIA IN EXCELSIS

Em gratidão pelo amor e pelo cuidado vivenciado de múltiplas formas nestes tempos sombrios, e pelo perdão que recebemos, demos glória a Deus, cantando:

HINO: Glória (LCI 70)

ORAÇÃO DO DIA

Deus da Paz e da justiça, aqui estamos celebrando Culto de forma nunca imaginada antes. Te agradecemos que a tua Palavra se faz presente em todas as situações e circunstâncias. Não importa a realidade que estejamos vivenciando, tu sempre tens uma Palavra para nos animar e nos ensinar. Aqui estamos com nossas fraquezas, nosso desânimo, nossas incertezas... A vida é muitas vezes muito complicada... Assim, pedimos que a tua Palavra nos fortaleça, nos dê coragem. Ilumina-nos para que possamos enxergar sempre o objetivo que nos é proposto por teu Filho Jesus, também neste tempo de Pandemia. Dá-nos sabedoria para que o entendimento da tua Palavra nos anime e fortaleça no dia-a-dia da vida. Por Jesus Cristo, amém.

HINO: Pela palavra de Deus (LCI 152)

LITURGIA DA PALAVRA

Leitura do Evangelho

Ouçamos o que está escrito no Evangelho de Mateus 18. 15 a 20

LEITURA

Bem aventuradas são todas as pessoas que ouvem a Palavra de Deus, a guardam em seu coração e a colocam em prática em seu dia-a-dia. Aleluia!

CANTO: Aleluia (LCI 188)

PREGAÇÃO

Lâmpada para os nossos pés é a tua Palavra, Senhor, e luz para os nossos caminhos. Amém.

Com certeza algumas pessoas que nos ouvem nessa manhã já me ouviram falar, que “Deus está presente onde estiverem pelo menos dois ou três reunidos”? Também já escutei muito essa frase dita, principalmente, quando está faltando gente para começar o culto. Será que esse não é um daqueles textos que interpretamos de maneira equivocada? Se lemos com atenção, com mais profundidade, o seu sentido muda completamente daquilo que estamos acostumados a entender. Será que o texto está falando da presença de Deus em meio à reunião da comunidade simplesmente, ou há algo a mais?

Lembro o versículo que diz que “Deus concederia tudo que fosse ligado por nós aqui na terra”? Será que isso significaria que podemos exercer nosso poder como filhos e filhas fazendo exigências junto a Deus? Certamente já ouvi muita coisa assim…

“Onde estiverem reunidos dois ou três em meu nome, ali estou no meio deles”. Todas as vezes que ouvirem essas palavras, vamos nos lembrar que elas não querem servir para justificar a realização de um culto com baixa participação na comunidade. Elas querem nos acompanhar aqui, nesta manhã de domingo, aí em suas casas, em qualquer lugar ou momento que vivermos. Sempre assegurando que podemos contar com a presença de Deus para, através do diálogo e entendimento, construirmos caminhos de paz e convivência fraterna.

Irmãs, irmãos: nós todos somos pecadores/pecadoras. E cometemos pecados contra pessoas e contra Deus. Mas Deus não quer que a gente condene e proíba antes de seguir estes passos que a sua Palavra nos coloca no texto bíblico.

Hoje, se alguém nos ofende ou faz algo em nosso prejuízo ou prejuízo de outra pessoa, a gente logo quer devolver a maldade. A gente até quer se cobrar mais forte. Bateu em mim eu devolvo, é o pensamento de muitas pessoas. O texto nos traz ideias e formas diferentes da gente reagir diante de um pecado feito contra nós. De uma maldade, de algo que “nos aprontaram” ...

Em outras palavras, neste domingo Deus nos desafia ao amor. Ou seja, Deus nos coloca como responsáveis pelo perdão, Deus nos coloca como responsáveis uns pelos outros. O convite e o desafio é o de cuidar. O próximo, a irmã e o irmão precisam ser amados e cuidados.

Deus nos chama ao amor, não ao julgamento, não ao olho por olho dente por dente. Somos responsáveis pelo cuidado e zelo da família cristã. Pecados e maldades sempre vão existir, mas nós somos chamados e chamadas, a perdoar e insistir, no diálogo, na reconciliação, no entendimento.

Eu quero contar uma história para vocês para exemplificar o cuidado que somos chamados e chamadas a ter uns com os outros.

Uma família resolveu passar uma semana na praia. Conseguiram ficar na casa de uma família amiga. O primeiro dia era realmente bonito. Havia muito sol. Quando a criançada chegou na areia, corriam uma atrás da outra, tentando molhar ou jogar areia uma na outra. De repente, os pais perceberam que em direção delas vinha uma senhora, com roupa esfarrapada e suja, que volta e meia se abaixava e colocava algo em sua bolsa preta. Essa senhora foi se aproximando das crianças. Os pais se assustaram:

- Crianças, venham para cá, chamou a mãe.

As crianças com suas brincadeiras nem escutaram a mãe. E aquela senhora cada vez mais perto das crianças. Volta e meia ela se abaixava com rapidez, ajuntava algo e colocava em sua bolsa. Os pais cada vez mais agitados.

- Crianças, venham para cá, gritou o pai. Outra vez não escutaram. Foi aí que a senhora já estava tão perto das crianças que os pais correram em direção a elas. Olharam para o rosto da senhora. Era todo enrugado. Tinha um olhar assustado. E foi aí que perceberam que quando ela se abaixava, recolhia pedaços de vidro do meio da areia e os metia em sua bolsa, para que as crianças não cortassem os pés...

Essa é a tarefa da Igreja. Ajudar para que as pessoas não se machuquem. Cuidar para que o caminho da comunidade e seus membros não tenham “cacos de vidro” que venham a ferir e a marcar a vida de alguém para sempre.

Muitas vezes não somos entendidos e mágoas, ressentimentos e ódio nos deixam cegos achando que todas as pessoas estão contra nós. As crianças da história nos ensinam a confiar e a ver a outra pessoa como um ser humano que está aí como parceiro de caminhada. Tem suas fragilidades e imperfeições, mas tem um coração voltado para o cuidado. Que sejamos como a senhora de nossa história, amorosos e cuidadosos com a vida das pessoas que estão ao nosso redor. Todos e todas nós somos pecadores e carecemos do amor e do perdão de Deus. Amém.

CONFISSÃO DE FÉ

Pela Palavra anunciada, professemos nossa fé com as palavras do Credo Apostólico.

Creio em Deus Pai, ...

HINO: Senhor, oramos agora (LCI 209)

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO

Deus de amor e misericórdia, ao encerrar este momento de Culto queremos te agradecer pela comunhão, mesmo na distância, que podemos vivenciar em torno de tua Palavra. Tu sempre de novo nos chamas de volta para junto de ti, porque tu nos queres como filhos e filhas. Que a nossa vontade seja sempre dirigida pela tua. Quando a fraqueza se instalar, sê tu a nossa força. Quando o desânimo, a desesperança se fizer presente, cuida de nós e nos ajude a ouvir o teu chamado, que convoca para o serviço amoroso e o testemunho de tua presença. Ampara também as pessoas que estão doentes e enfrentam tratamento médico longo e sofrido. Reanima e fortalece as pessoas que se encontram entristecidas e as que vivem angustiadas. Olha com carinho as pessoas e famílias enlutadas de nossa paróquia, mas também às que choram a perda de um ente querido por causa da Covid 19. Que acima das lágrimas, da tristeza, do luto possam sentir que estão sendo carregadas por ti, o sentimento de perda seja preenchido pela esperança na ressurreição e, sobretudo, apesar da dor da ausência possam experimentar o consolo e a esperança que vem de ti, sinais do teu Reino entre nós. Abraça e acompanha as pessoas que acompanham a celebração deste Culto ou mesmo tantas outras celebrações realizadas por Paróquias da IECLB nos 4 cantos do nosso país. Fortalece as nossas Comunidades em seu testemunho diário e nos acompanhe pela estrada da vida quando nos depararmos com a realidade de cada dia. Tudo isso nós te pedimos e intercedemos em nome de teu Filho Jesus Cristo, e em nome dele colocamos sob os teus cuidados a oração que carregamos em nosso coração quando agora pronunciamos as palavras que Jesus que nos ensinou a viver e a dizer: Pai Nosso...

PAI NOSSO

LITURGIA DE DESPEDIDA

BÊNÇÃO

Que o Deus Criador te acompanhe ali onde estiveres.
Que ele vá adiante de ti para iluminar teu caminho.
Que ele caminhe a teu lado para que sintas que tens um amigo.
Que o Deus da Vida esteja atrás de ti para te proteger de qualquer perigo.
Que seus braços carinhosos te envolvam e te sustentem quando o caminho for difícil e quando te sentires bastante cansado.
Que o Deus da Paz e da Justiça esteja sobre ti para cuidar de ti e de todas as pessoas que tu amas.
E, sobretudo, que ele toque teu coração para te dar a alegria e a paz. (+) Amém.

ENVIO

Que o Espírito Santo de Deus nos ilumine para que possamos ser impulsionados e impulsionadas a viver e testemunhar o perdão e a reconciliação que vem de Deus. Abençoado domingo. Abençoada semana a todos e todas nós. 

HINO: Cuida bem (LCI 287)
 

MÍDIATECA

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Que todo o meu ser louve o Senhor e que eu não esqueça nenhuma de suas bênçãos!
Salmo 103.2
REDE DE RECURSOS
+
O Senhor é cheio de bondade e de misericórdia.
Tiago 5.11b
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br