A Igreja em Tempos de Coronavírus



ID: 3207

Quinta-feira Santa - Erval Seco/RS

Paróquia Martin Luther de Erval Seco

09/04/2020

Igreja na cidade de Eval Seco
Altar
Altar
Lava-pés
Altar
Altar
Altar
Altar
Altar
Altar
Santa Ceia
1 | 1
Ampliar

Sinos

Saudação: O Profeta Isaías, no capítulo 52, versículo 7 nos fala: Como são belos sobre os montes os pés do mensageiro que anuncia a paz, que traz a boa notícia, que anuncia a salvação. Hoje Quinta-feira Santa, dia em que lembramos um momento especial que Jesus tem, junto aos seus discípulos e discípulas, somos convidados e convidadas a um momento de celebração em nossas casas. Na presença do Deus Pai, Filho e Espírito Santo, nos unimos como irmãos e irmãs na fé.

Canto: Deus Trino – 3 LCI

Oremos:
Deus de Amor, tu que és fonte de todo amor que existe entre nós e que sempre caminhas junto conosco pelos caminhos da vida, vem e esteja conosco neste momento de celebração, fortalecendo os nossos pés para a caminhada da vida e em direção ao nosso próximo. Faze com que sempre estejamos prontos e prontas para amparar os nossos amigos e nossas amigas quando precisarem de apoio, de forma que saibamos antes servir do que ser servido. Envia o teu Santo Espírito, dando forças aos nossos pés, para que possam continuar firmes na caminhada neste mundo e em direção ao teu Reino. Por Jesus Cristo. Amém.

Reflexão:

 Por quais caminhos nossos pés já trilharam? Em que lugar eles estão agora?
 Como estão nossos pés? Cansados? Sobrecarregados? Aliviados? Doloridos?
 Por onde nós queremos que caminhem nossos pés a partir de hoje?

Ouçamos 2 textos bíblicos que podem nos ajudar nesta reflexão... Que possam ser luz em nosso caminhar...

Leitura dos textos bíblicos: João 13.1-10; Mateus 26.6-13

A partir dos textos bíblicos que ouvimos:

 O que nós podemos aprender com Jesus lavando os pés de seus discípulos?
 E nós? Estamos dispostos, dispostas a lavar os pés de outras pessoas?
 O que podemos aprender com o gesto de Maria quando ela abre o vidro e deixa o perfume se espalhar?
 O que significa o gesto de se abaixar diante da outra pessoa, lavar ou perfumar os seus pés?
 O que estas palavras bíblicas lidas a cada ano na semana santa nos querem ensinar para este tempo em que estamos vivenciando, de precisar ficar em casa como gesto de amor e cuidado?

Sabemos e ouvimos a cada ano que o gesto do lava pés mostra a humildade de Jesus. A pessoa se abaixando na frente da outra, pegando os pés muitas vezes sujos e calejados, mostra que ela está disposta a trabalhar em favor do próximo; servir as pessoas que necessitam de ajuda. O gesto de lavar os pés dos discípulos significa que Jesus os preparou para ir adiante e lavar outros pés. É, na verdade, um gesto que nos quer ensinar a reconhecer as nossas próprias sujeiras e assim nos preparar para entrar no serviço em favor do Reino de Deus.

Assim sendo... Precisamos nos perguntar: E nós, queremos, permitimos que nossos pés sejam lavados para trabalhar em favor do Reino de Deus? Nós nos colocamos a serviço para ir ao encontro das pessoas e lavar os seus pés sujos e cansados?

Quando Jesus chegou à casa de Maria, certamente havia caminhado muito e estava cansado, com os pés suados, sujos e doloridos. Maria, uma de suas grandes amigas, vem com um perfume refrescar e aliviar seus pés. Já pensaram como deve ter sido gostoso para Jesus ter sentido os pés refrescados pelo perfume? 

Ao abrir o vidro de perfume, o aroma se espalhou pela casa toda. O perfume foi sentido por todas as pessoas que ali estavam. Abrir o vidro significa compartilhar o que está dentro dele, deixar que outras pessoas também sintam o perfume agradável que ele contém. Significa que Maria compartilhou com todas as pessoas da casa o que tinha de mais precioso. 

E nós, deixamos as outras pessoas sentir o que temos de mais precioso em nós? Quantas vezes nos abrimos e nos colocamos à disposição da outra pessoa?

Estamos vivendo tempos difíceis. Complicado precisar parar o ritmo normal e tão conhecido de cada dia. Difícil ter que encarar as paredes da casa e as histórias – muitas vezes escondidas - que elas evocam. Difícil enfrentar este tempo que antes era corrido, mas conhecido, com o tempo que sempre sonhamos e agora não sabemos o que fazer com ele. O que dizer do dia-a-dia que é pra estar longe do social, mas que nos coloca cara a cara, olho no olho, sem máscaras com as pessoas com quem convivemos debaixo do mesmo teto. 

Os textos bíblicos nos desafiam a lavar os pés da outra pessoa que está triste, cansada, amedrontada, angustiada. A também permitir que os nossos pés cansados sejam lavados e cuidados. Nos desafiam a exalar o bom perfume do amor, do cuidado, do respeito, do valorizar as pessoas em seu jeito, na sua profissão, na idade que tem... a exalar o bom perfume de Cristo que em amor se doou incondicionalmente por toda humanidade.
Que este tempo que juntos precisamos viver e o percorrer com Jesus, nesta semana, os caminhos que passam pela cruz e nos levam ao túmulo vazio, nos ajudem a caminhar rumo a um ser humano melhor consigo, com a outra pessoa e com toda a Criação. Amém.

Canto: Lava pés – 422 LCI

Oração Final: 

Deus da Compaixão, graças te damos por este tempo de reflexão e oração. Em amor, como tu mesmo nos ensinaste, estamos em casa nos cuidando e desta forma cuidando do nosso próximo. É o nosso jeito, nestes tempos, de lavar os pés uns dos outros. É o jeito que temos de exalar o bom perfume de teu filho e nosso irmão e salvador. Escuta a voz do nosso coração. Há muito medo e incertezas dentro dele. Acolhe o nosso clamor e o nosso pedido de que a vida encontre seu curso mais leve, com paz e justiça. Ajuda-nos a aprender com a dor e o sofrimento. Lapida o nosso coração e ensina-nos a sermos pessoas mais amorosas, justas e solidárias. Não permita que saiamos deste tempo com o coração indiferente ou mais endurecido. Transforma-nos!!! Transforma a tua Igreja!!! Ouve, também, o que temos no mais profundo do nosso ser quando agora oramos como Jesus nos ensinou...

Pai Nosso

Canto: Transforma, Senhor – 562 LCI

Bênção

Que a terra vá fazendo caminho diante dos teus passos;
Que o vento sopre sempre nos teus ombros;
Que o sol aqueça teu rosto;
Que a chuva caia suavemente sobre teus campos.
E até que voltemos a nos encontrar, Deus te guarde na palma de sua mão.
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo (+). Amém.

Canto: Bênção Irlandesa – 299 LCI

MÍDIATECA

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

O que o Senhor planeja dura para sempre. As suas decisões permanecem eternamente.
Salmo 33.11
REDE DE RECURSOS
+
Nós não anunciamos a nós mesmos. Nós anunciamos Jesus Cristo como o Senhor.
2Coríntios 4.5
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br