IECLB e Dia Mundial de Oração - DMO



ID: 2706

Liturgia para celebração do Dia Mundial de Oração - 2013

01/03/2013

 

DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO 2013 - FRANÇA
“ERA FORASTEIRO E ME HOSPEDASTES”
SEXTA-FEIRA, 1º. DE MARÇO

PREPARAÇÃO

Enfeitem o altar com um buquê de flores diversas. Coloquem a bíblia aberta na página do Evangelho de Mateus, capítulo 25, e uma vela acesa para simbolizar a luz de Cristo e a sua acolhida.

Música de fundo1. Seis mulheres vestidas em cores quentes2, escolhidas da pintura do cartaz DMO 2013, vêm para frente separadamente e saúdam os membros da comunidade reunida. Estas mulheres representam simbolicamente a diversidade de experiências daquelas que tomaram parte na preparação dessa celebração.


Boas vindas

Dirigente:
Bonjour, bonjour, bonjour. Nós estamos felizes em dar as boas-vindas a vocês em nome de nossas irmãs da França que prepararam esta celebração. Nós gostaríamos de falar-lhes sobre elas e sobre o lugar de onde elas vêm.

Mulher 1— usando um xale vermelho escuro:
Eu vou lhes falar sobre Odile — ela é a atual presidente do Comitê Francês do Dia Mundial de Oração e reside em Paris.

Mulher 2— usando um xale vermelho claro:
Eu vou lhes falar de Jeanne, uma mulher de Camarões, que se tornou francesa quando se casou. Ela mora em Lion, onde trabalha como médica de clínica-geral.

Mulher 3— usando um xale alaranjado escuro:
Deixe-me falar-lhes de Greta. Ela é alemã, solteira, e é professora no sul da França.

Mulher 4— usando um xale alaranjado claro:
Aqui está também Marguerite, nascida na parte leste da França. Ela agora vive em Brest, do outro lado da França na Bretanha, e é dona de casa e mãe de quatro filhos.

Mulher 5— usando um xale amarelo escuro:
E tem também Cécile, que trabalha com seu marido na fazenda deles no centro da França.

Mulher 6— usando um xale amarelo claro:
Algumas palavras sobre Geneviève. Ela é casada com um inglês e acaba de se aposentar de seu trabalho em uma loja.

Mulher usando um xale cinzento3:
Deus nos chama. Deus nos chama de suas filhas. E nós sabemos que somos meramente estrangeiras e forasteiras na terra.

Dirigente: Deus nos chama. Ouçamos sua voz. Vamos estar atentas à palavra de Jesus Cristo: Era estrangeira e me hospedastes. Unamos as nossas orações às orações de todo o mundo!

♫ HINO: Ouvrons la Porte (Abramos a Porta) “Abre o coração e deixa Cristo entrar”

LOUVOR

Mulher 1— usando um xale vermelho escuro:
Louvor a Ti, ó Senhor. Tu nos criaste à tua imagem e nós somos todas diferentes. Obrigado por essa diversidade; por todas as línguas e dialetos. Obrigado pelas culturas e tradições que emergiram de nossos lugares de origem.

TODAS: Louvamos-te, ó Deus!

Mulher 2—usando um xale vermelho claro:
Louvor a Ti, ó Senhor. Cada uma de nós é única diante de teus olhos. Nós celebramos essas diferenças e nos alegramos por sermos chamadas a ser irmãs e irmãos. Tu nos guias no caminho da solidariedade, sem acepção de origem, idioma, aparência e personalidade. Obrigado por tua graça que nos acolhe a todas como tuas filhas.

TODAS: Louvamos-te, ó Deus!

Mulher 3—usando um xale alaranjado escuro:
Toda honra e toda glória sejam dadas a Ti Senhor, pela Tua generosidade. Amém.

TODAS: Louvamos-te, ó Deus!

LEITURA BÍBLICA E A BUSCA DE PERDÃO

Mulher 4 — usando um xale alaranjado claro:
Nós nos voltamos para o Livro de Levítico e ouvimos as instruções de Deus que ordena, que nós não devemos explorar os estrangeiros. Nós ouviremos algumas mulheres que nos pedem para ver o que acontece quando nós não somos fiéis ao chamado de Deus para a santidade.

Leitura bíblica — Levítico, capítulo 19, versos 1, 2 e 33: Disse o SENHOR a Moisés: Fala a toda a congregação dos filhos de Israel e dize-lhes: Santos sereis, porque eu, o SENHOR, vosso Deus, sou santo. Se o estrangeiro peregrinar na vossa terra, não o oprimireis.

Mulher imigrante 1:
Meu nome é lrena e eu sou da Ucrânia. Eu aceitei uma oferta de emprego na França com o engodo de uma vida melhor. A realidade foi completamente diferente assim que eu cheguei aqui: meus documentos de identidade foram tirados de mim. Eu entendi que meus próprios compatriotas me enganaram e eu me encontrei totalmente dependente de uma rede de prostituição.

♫ HINO: (sugestão) “Não feche a tua porta ao estrangeiro” ou “À porta clamo, ó alma triste” – estrofe 1

Leitura bíblica — Levítico, capítulo 19, versos 34 a 36: O estrangeiro entre vocês será tratado como se fosse israelita; amem os estrangeiros, pois vocês foram estrangeiros no Egito e devem amá-los como vocês amam a vocês mesmos. Não cometam injustiça no juízo, nem nos pesos, nem na medida. Balanças justas, pesos justos, efa justo e justo him tereis”.

Mulher imigrante 2:
Meu nome é Joyce e sou francesa. Eu nasci na França e aí cresci. Meus pais fugiram do Congo. Atualmente eu estou procurando um trabalho, e apesar dos meus diplomas franceses, eu não consigo encontrar um emprego. Meu nome e minha fotografia mostram minha origem estrangeira.

♫ HINO: (sugestão) “Não feche a tua porta ao estrangeiro” ou “À porta clamo, ó alma triste” – estrofe 1

Leitura bíblica – Levítico, capítulo 19, verso 37: “Guardarei todos os meus estatutos e todos os meus juízos e os cumprireis. Eu sou o SENHOR”.

TODAS: Tem piedade de nós, Senhor!

Mulher 5 — usando um xale amarelo escuro:
Perdoa-nos, Senhor, por todas as vezes que nós nos esquecemos dos teus mandamentos. Perdoa-nos por todas as vezes que nós não acolhemos corretamente quem nos procurou por refúgio. Perdoa-nos por nossas palavras que magoaram outras e por nossas atitudes que as humilharam. Perdoa-nos pela nossa covardia e pela nossa indiferença.

TODAS: Tem piedade de nós, Senhor!

Mulher 6 — usando um xale amarelo claro:
Nós encontramos garantia do perdão de Deus nestas palavras do Livro de Apocalipse 21: 3b-4:
Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles. Eles serão povos de Deus, e Deus mesmo estará com eles. E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram”.

Dirigente: Antes de ler o Evangelho, vamos orar: - Hoje nós temos tudo para aprender de tua Palavra. Liberta-nos de todas as explicações prontas que nos impedem de ouvir o teu chamado. Assegura-nos receber tua palavra como se nós a estivéssemos descobrindo pela primeira vez. Através de teu Espírito, possa a tua Palavra tornar-se Boa Nova em nossas vidas. Amém.

Evangelho conforme Mateus, capítulo 25, vv. 31 - 404:

Dirigente: Quando vier o Filho do Homem na sua majestade e todos os anjos com ele, então, se assentará no trono da sua glória; e todas as nações serão reunidas em sua presença, e ele separará uns dos outros, como o pastor separa dos cabritos as ovelhas; e porá as ovelhas à sua direita, mas os cabritos, à esquerda; então, dirá o Rei aos que estiverem à sua direita:

Rei: Vinde, benditos de meu Pai! Entrai na posse do reino que vos está preparado desde a fundação do mundo. Porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me hospedastes; estava nu, e me vestistes; enfermo, e me visitastes; preso, e fostes ver-me.

Dirigente: Então, perguntarão as justas:

Grupo 1: Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Ou com sede e te demos de beber?

Grupo 2: E quando te vimos forasteiro e te hospedamos? Ou nu e te vestimos?

Grupo 3: E quando te vimos enfermo ou preso e te fomos visitar?

Dirigente: O Rei, respondendo, lhes dirá:

Rei: Em verdade vos afirmo que, sempre que o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.

♫ HINO: (sugestão) “Quero abrir-te minha porta” – estrofe 1

Mulher Imigrante 3:
Meu nome é Vera e eu sou brasileira. Eu estou na França há cinco anos. Minha vida é muito cansativa porque eu trabalho para várias famílias, mas eu consigo ganhar a vida. Eu amo a França e me sinto completamente integrada. Tenho muitos amigos franceses que prontamente me ajudam com meus papéis de trabalho e outras formalidades. Nós temos muitas vantagens morando aqui: cobertura médica, a possibilidade de ter aulas em francês como língua estrangeira, acesso à biblioteca... meu filho de 20 anos deixou o Brasil no ano passado para morar comigo na França e ele encontrou um trabalho na construção. Ele é corajoso e se sente bem aqui.

♫ HINO: (sugestão) “Quero abrir-te minha porta” – estribilho

Mulher francesa 4:
Meu nome é Françoise. Como enfermeira hospitalar, acompanho a maneira como crianças estrangeiras são acolhidas quando elas vêm para a França para importantes cirurgias, como por exemplo, devido à má formação do coração, ou doenças tropicais que não são facilmente tratadas nos seus próprios países. Elas recebem cobertura total e são hospedadas em famílias que cuidam delas enquanto elas se recuperam antes de voltar para seus países.

♫ HINO: (sugestão) “Quero abrir-te minha porta” – estrofe 2

Mulher Imigrante 5:
Meu nome é Marie-Léone. Eu vivi em Ruanda até o genocídio entre duas tribos. Meu pai, meu irmão, meu tio e minha tia foram mortos e alguns deles não foram nem mesmo enterrados. Fugindo dos horrores da guerra em meu país, eu fui bem recebida na França. Sufocada por tanto sofrimento e horror, eu encontrei irmãs em Cristo que me consolaram, ajudaram e guiaram. Foi me concedido asilo político e eu pude estudar. Eu agora tenho um emprego e eu sou a esposa feliz de um francês honesto e bondoso. Eu louvo o Senhor porque ele me guiou para irmãs e irmãos cristãos que, em seu Nome, abriram os seus lares e os seus corações para mim. Obrigada e glória seja a Deus.

♫ HINO: (sugestão) “Quero abrir-te minha porta” – estribilho

MEDITAÇÃO/ATIVIDADE

Opção 1: Enquanto estiverem olhando o cartaz, meditem em silêncio. Onde está você nesta pintura? Você está na luz ou na sombra? Como você se sente por estar onde você está? Se você tiver vontade, vire-se para a pessoa próxima a você e compartilhe a sua resposta.

Opção 2: Cada pessoa recebe um pedaço de fita ou pano de cerca de 50 centímetros de comprimento (algumas são em cores quentes como aquelas da pintura e algumas cinzentas). Vire-se para a pessoa sentada ao seu lado, e descreva um tempo quando você era um estranho e se sentiu acolhido. Depois dessa troca amarre suas fitas juntas. Agora você se vira para a pessoa do outro lado e repete o processo. Quando todos terminaram vocês levantarão o longo cordão de fitas que agora está ligando todas as pessoas.

Opção 3: Mensagem

Mulher usando xale cinzento: 
Nossas experiências de ser uma estrangeira e então ser acolhida nos capacitam a fazer conexões e criar uma comunidade onde todas são bem-vindas.

Canção composta para este culto

Hino escrito sobre o tema: (sugestão) ( Comme un grain semé) “Como uma semente que foi semeada”

OFERTAS – (Conforme costume local) (ler entidades contempladas)

Oração de agradecimento pelas ofertas

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Dirigente: Vamos orar. Ó Senhor, nosso Deus, abre nossos corações e guia nossa oração com a luz de teu Espírito. Em comunhão com todas as Igrejas Cristãs, ajuda-nos a orar pelo acolhimento que nós devemos oferecer ao nosso próximo. Vamos dizer com todo o nosso coração e toda a nossa mente.

TODAS – 0 Senhor é a minha luz.

Mulher 1— usando um xale vermelho-escuro:
Nós oramos pelas nossas jovens que, através de seu envolvimento cultural e de intercâmbio, constroem pontes entre diferentes nações. Nós oramos para que nós sejamos comunidades que apoiam e incentivam a juventude a desenvolver todo o seu potencial.

TODAS – 0 Senhor é a minha luz.

Mulher 2— usando um xale vermelho claro:
Nós oramos por nossas famílias multiculturais que trazem riqueza para nossos relacionamentos por causa de sua diversidade e de seu espírito de abertura e descoberta. Nós oramos pelas famílias onde um ou ambos os pais são de origem estrangeira e que reconhecem sua diferença e criam uma vida compartilhada. Nós oramos com elas na medida em que elas integram os seus valores culturais e religiosos.

TODAS – 0 Senhor é a minha luz.

Mulher 3— usando um xale alaranjado escuro:
Nós oramos pelas mulheres jovens que ousam atravessar fronteiras para estudar e trabalhar, impulsionadas pela promessa de um emprego e uma vida melhor. Nós confiamos a ti, em gratidão, aquelas que foram bem sucedidas. Nós oramos, com urgência e preocupação, por aquelas que foram pegas na perigosa armadilha do tráfico humano. Ó Senhor, nosso Deus, ajuda-nos a alcançá-las para que elas possam ficar livres e viver com dignidade.

TODAS – 0 Senhor é a minha luz.

Mulher 4 — usando um xale alaranjado claro:
Nós oramos, pedindo coragem para entender e enfrentar as razões pelas quais as pessoas são expulsas de seus lares: guerra, desastres naturais, o dano causado pela mudança climática, uma economia falida. Nós oramos para que tenhamos seriedade em identificar as causas e tenhamos firmeza na busca de soluções. Nós oramos para que sejamos responsáveis e generosos em cuidar uns dos outros.

Dirigente: Ó Senhor, nosso Deus, nosso refúgio e fortaleza, concede-nos o que nós te pedimos confiantes em Ti. Vamos nos levantar e dar as mãos. Vamos orar assim como Jesus nos ensinou: PAI NOSSO...

ENVIO E BÊNÇÃO

Mulher - usando um xale cinzento:
Irmãs e irmãos, Eu era estrangeira e me hospedastes. Possa a maneira como nós olhamos um ao outro ser de ajuda para viver. Possa o nosso sorriso trazer calor. Possam as nossas palavras ajudar a sustentar a vida. Possa a nossa presença tornar-se um apoio. Possa Deus, o nosso Pai/nossa Mãe, assegurar força ao nosso testemunho. Possa Jesus Cristo dirigir nossas ações. Jesus nos diz: “Eu afirmo que, quando vocês fizeram isso ao mais humilde dos meus irmãos, de fato foi a mim que o fizeram”.

TODAS: Possa a benção do Deus três vezes santo estar conosco a fim de que a sua paz possa reinar em um mundo de solidariedade crescente. Esta é a promessa do mundo que há de vir. Amém.

♫ Poslúdio – saída

Notas:

1. Debussy, Ravel ou Fauré, ou outro compositor francês apropriado que ofereça uma atmosfera reflexiva.

2. Vermelho escuro, rubro-escarlate (tons de vermelho: mais escuros e claros), alaranjado, amarelo-alaranjado (tons de alaranjado mais escuros e claros), castanho-amarelo e limão-amarelo (tons de amarelo: mais escuros e claros)

3. Enquanto elas estão falando, uma mulher vestida de preto e usando um xale cinzento (para simbolizar que ela é anônima, facilmente ignorada, quase invisível) anda silenciosamente, com hesitação, do fundo da igreja e se aproxima das mulheres que estão falando. Ela fica à distância... observando, com certo medo, indecisa. Depois que as 6 mulheres falaram, todas elas se voltam para a mulher de xale cinzento, aproximam-se dela, cumprimentam-na (usar o gesto de boas-vindas que é usado em seu país), e formam um semicírculo com a mulher de xale cinzento no meio.

4. A leitura pode ser feita por 3 vozes: o Narrador, o Rei, e aqueles à direita. As partes do narrador e do Rei são lidas por líderes e a congregação (dividida em 3 partes) lê as 3 perguntas que são feitas pelos justos.
 

Sejam bons administradores dos diferentes dons que receberam de Deus. Que cada um use o seu próprio dom para o bem dos outros!
1Pedro 4.10
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br