Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil e Ecumene



ID: 2676

Ecumenismo como desafio constante!

29/05/2017

O Ecumenismo sempre foi e será um desafio aos cristãos. Para muitos é melhor que cada um viva no seu próprio “quadrado”, desmerecendo e entendendo o “outro” como adversário. Todavia, Jesus pregou que os cristãos sejam “um” (João 17.22) e reconhecidos pelo “amor” (João 13.35). O Ecumenismo sempre foi e será um desafio aos cristãos. Infelizmente, há muito discurso e pouca prática. Há quem defenda o Ecumenismo, respeitando o outro, o que já é um avanço. Mas, pouco se vê na prática: Sentar junto com aquele que pensa “diferente”, trocar ideias, planejar ações e celebrações... De “papo”, o mundo está cheio. Precisamos de mais ação. O Ecumenismo sempre foi e será um desafio aos cristãos. Dentro da Teologia, se diferencia o contato com cristãos e não cristãos. Vivemos, graças a Deus, num país de livre expressão. Precisamos respeitar aquele que se diz ateu, as religiões não cristãs, planejando ações que tragam qualidade de vida. A “dengue” não escolhe entre luterano e umbandista para atacar. Todos precisam se unir no combate. O Ecumenismo prevê celebração com os cristãos, destacando as semelhanças, respeitando as diferenças. Isso é um exercício árduo e constante. Somos uma igreja ligada ao CONIC (Conselho Nacional de Igrejas Cristãs). Somos uma nação predominantemente católica, o que significa um necessário e importante relacionamento com a ICAR (Igreja Católica Apostólica Romana). Mas, não para aí... O Ecumenismo na base precisar estender suas raízes às demais igrejas históricas não ligadas ao CONIC, aos movimentos pentecostais... Quem já experimentou sabe que é complicado, mas não impossível. Em todos os cantos, há resistência, há falhas, há “orgulhos”... O Ecumenismo na base precisar estender suas raízes aos demais movimentos dentro da própria IECLB. Infelizmente há muitas divisões no seio de nossa igreja, onde por vezes há concorrência e desrespeito, onde cada qual acha que tem receita melhor do que outro para desenvolver seu trabalho. É sábio sentar e conversar, ouvir e falar. Termino por aqui minhas palavras, mas não a minha reflexão. Vou morrer precisando crescer, conhecer mais, ser mais humilde... Que Deus me/nos ajude!


Autor(a): P. Euclécio Schieck
Âmbito: IECLB / Sinodo: Norte Catarinense / Paróquia: Garuva-SC (Martinho Lutero)
Área: Ecumene
Área: Confessionalidade / Nível: Confessionalidade - Prédicas e Meditações / Organismo: Semana de Oração pela Unidade Cristã - SOUC
Testamento: Novo / Livro: João / Capitulo: 17 / Versículo Inicial: 22
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Meditação
ID: 42433

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Assim como o Senhor perdoou vocês, perdoem uns aos outros.
Colossenses 3.13
REDE DE RECURSOS
+
Quem quiser ser importante, que sirva aos outros.
Mateus 20.26
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br