IECLB e Igreja Evangélica Luterana em Moçambique - IELM


ID: 2716

IECLB marca presença entre parceiros africanos

02/04/2009

1 | 1
Ampliar

As localidades de Beira, Chimoio e Gorongoza, em Moçambique, e Lubango e Shangalala, em Angola, foram os pontos de parada do pastor 1o vice-presidente e coordenador de Missão Global da IECLB, Homero Severo Pinto, em viagem de trabalho realizada no final de fevereiro e início de março (24 de fevereiro a 8 de março). A pauta da viagem incluiu a reunião anual do Joint Mission Board, em Moçambique, um encontro sobre a Igreja Evangélica Luterana em Angola (IELA), além de visitas a projetos.

“A manutenção de tais contatos e a presença da IECLB nesses espaços é fundamental para a visibilidade do nosso trabalho e para o seguimento do apoio que nossa igreja tem prestado aos parceiros em países africanos”, avaliou pastor Homero.

Pela parceria com a Igreja Evangélica Luterana de Moçambique (IELM), a IECLB foi convidada a participar da reunião do Conselho da Igreja, realizada no templo da comunidade de Beira. “Ali, retornou um assunto que estamos discutindo já algum tempo, que é a solicitação do envio de uma pessoa da IECLB a Moçambique para ajudar na administração e assessorar as lideranças das comunidades”, contou o coordenador da Missão Global.

Em Angola, realizou-se uma reunião de Mesa Redonda promovida pela IELA, que não aconteceu em 2008 por razões de não concessão de visto de entrada. No encontro, estiveram representados as seguintes Igrejas e organismos: Evangelical Lutheran Church in America (ELCA), Igreja da Baviera, IECLB, IELM, Missão Evangélica Luterana da Finlândia, Igreja do Zimbabwe, Federação Luterana Mundial e União das Igrejas Luteranas no Sul da África

“O programa elaborado pela IELA foi intenso, dinâmico e rico em experiências. Constituiu-se de uma bela acolhida aos visitantes já no aeroporto em Lubango, seguido de atividade organizada pela comunidade local, que incluiu saudações, hinos de louvor, orações e apresentações de diversos grupos.”

No dia 2 de março, o grupo foi para a comunidade de periferia Capela da Mitcha, onde visitou a Delegação Provincial de Educação de Huila. À tarde, foi apresentado um histórico sobre a IELA, seguido da palestra - A IELA e a sua missão integral em Angola hoje. O grupo também ouviu do pastor presidente da IELA, Tomás Ndawanapo, sobre a estratégia da IELA e os planos para o futuro. “Também visitamos as dependências do Instituto Teológico Ecumênico, a Casa de Retiros e o Hospital mantidos pelas igrejas cristãs em Lubango.”

No dia 4 de março, o grupo foi de Lubango para Cunene, distante cerca de 300 quilômetros, para visitar as demais instalações da IELA em Shangalala, como o templo, escolas, posto de saúde, horta comunitária, e duas comunidades – Canconda e de Ochitenga. (Susanne Buchweitz)

Veja, imagens da viagem do Pastor 1º Vice-Presidente da IECLB a Angola e Moçambique.

Fotos: Arquivo IECLB

Mesmo que não sejamos cristãos tão bons como deveríamos ser, e somos ignorantes e fracos tanto na vida como na fé, Deus ainda assim quer defender a sua Palavra, pela simples razão de ser a sua Palavra.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br