Comunidade em Lajeado

Sínodo Vale do Taquari



Rua Alberto Torres , 297 - Centro
CEP 95900-000 - Lajeado /RS - Brasil
Telefone(s): (51) 3714-1825
secretaria@ieclblajeado.com.br
ID: 455

Diaconia

Diaconia - Lajeado-RS
Diaconia - Lajeado-RS
Diaconia - Lajeado-RS
1 | 1
Ampliar

Você já doou sangue quando alguém precisou; já cuidou de uma pessoa doente com dedicação; colocou “mãos à obra” no preparo de um evento da Comunidade; visitou uma pessoa enlutada; foi parceira/o de projetos que apoiavam pessoas em situações de sofrimento e fez isso sem interesse de promover-se pessoalmente ou de “tirar proveito” da situação? Então, você já praticou diaconia!!!

Diaconia - do grego, diakonein - significa SERVIÇO. No tempo de Jesus, toda ação que envolvia o preparo da terra, o plantio, a colheita, o preparo dos alimentos, o “servir” à mesa, o recolhimento e a limpeza dos utensílios utilizados durante a refeição era chamada de diaconia. Esse serviço era realizado, sobretudo, por pessoas que não eram valorizadas na escala social (escravos/as, mulheres e crianças). Jesus ressignificou e ampliou o conceito de “diaconia” quando disse: “Quem quiser ser importante, que SIRVA aos outros. Porque até o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida para salvar muita gente” (Marcos 10.43b,45). Isto significa que o discipulado cristão, o seguimento a Jesus Cristo, acontece através da ação diaconal, isto é, do serviço amoroso em resposta à Cristo que nos serviu primeiro. Como é bom quando, diante de situações específicas em nossa vida, experimentamos a diaconia da parte de alguém ou de um grupo e percebemos que é o próprio Deus quem está nos cuidando e amparando, através desta ação!

Em nossa Comunidade, uma ênfase no trabalho diaconal tem sido a VISITAÇÃO. Através dela, buscamos criar espaços de comunhão, de reconciliação, de consolo, de ânimo e de fortalecimento mútuo; tudo isso, a partir da proposta evangélica do próprio Jesus que diz “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância (João 10.10).

Conheça as muitas frentes da ação diaconal, em nossa Comunidade, através da visitação:

- O Grupo de Visitadoras/es Hospitalar realiza visitas semanais regulares às pessoas doentes internadas no Hospital Bruno Born, sempre nas segundas-feiras; conta com acompanhamento pastoral em seu trabalho.

- A equipe pastoral realiza visitas semanais regulares no Hospital, geralmente, às sextas-feiras.

- A OASE do Ponto de Pregação Gustavo Adolfo realiza visitas regulares na segunda quinta-feira de cada mês, com acompanhamento pastoral; prioriza visitas às pessoas idosas, enlutadas, deficientes ou doentes.

- O Coral da OASE Centro visita as senhoras, membros da OASE, que festejam 80 e 90 anos de idade; a OASE Centro visita pessoas em situações especiais ao longo do ano.

- Pessoas da Comunidade, atentas e sensíveis à realidade que envolve os membros, realizam visitas durante todo o ano, por iniciativa pessoal, respondendo a situações de sofrimento ou solidão de que tomam conhecimento.

- Os pastores e a pastora realizam visitas domiciliares a membros em geral e, em especial, a famílias de confirmandos/as, a pessoas doentes, pessoas que experimentam situações de conflito, pessoas enlutadas, afastadas da vida comunitária e idosas.

- Casais que participaram do Reencontro de Casais (Retiro) visitam-se levando consigo uma “Planta da Amizade” que fica sob os cuidados do casal visitado até que esta seja levada, por este, ao próximo casal.

- Durante o tempo de Advento, mulheres dos dois grupos de OASE da Comunidade e outras pessoas dispostas a esse trabalho, juntamente com os pastores e a pastora, realizam o “Mutirão de Visitação”: visitam pessoas idosas e doentes celebrando com elas a Santa Ceia e animando-as através de uma meditação conjunta, oração e cantos.

- Em situações específicas, pessoas ligadas a grupos da Comunidade realizam visitas para convidar alguém para assumir funções específicas na Comunidade ou, simplesmente, participar de alguma atividade.


Ainda há muito por fazer e o envolvimento de mais pessoas nessa ação diaconal será, sempre, muito bem-vinda! Participe!


Texto: Pa. Scheila dos Santos Dreher
Fotos: Marlene Ahlert, Scheila dos Santos Dreher e Valdeci Foester.


 


AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

A fé é um contínuo e persistente olhar para Cristo.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
É isto que significa reconhecer Deus de forma apropriada: apreendê-lo não pelo seu poder ou por sua sabedoria, mas pela bondade e pelo amor. Então, a fé e a confiança podem subsistir e, então, a pessoa é verdadeiramente renascida em Deus.
Martim Lutero
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br