Sínodo Mato Grosso



Rua Alberto Velho Moreira , 48 - Bandeirantes
CEP 78010-180 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 9846-83271 | (65) 9840-66020 | (65) 9846-83271
sinodomt@outlook.com
ID: 10

1 Coríntios 7.29-31 - 3º Domingo Após Epifania - 24/01/2021

Caderno de Cultos 2021 - Sínodo Mato Grosso

24/01/2021

24/01/2021 - 3º Domingo Após Epifania

Pregação: 1 Coríntios 7.29-31; Leituras: Jn 3.1-5,10; Sl 62.5-12; Mc 1.14-20.

Estagiário João Henrique Souza – Nova Mutum – MT


LITURGIA DE ABERTURA


ACOLHIDA

Bom dia/Boa tarde/Boa noite! Sejam muito bem vindos e muito bem vindas! Quero saudar a comunidade presente com o lema desta semana, presente no evangelho segundo Mateus, cap. 4, v. 23, onde diz: “Percorria Jesus toda a Galileia, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando toda sorte de doenças e enfermidades entre o povo.”. Segundo o calendário litúrgico, o culto de hoje é o terceiro após a Epifania. Epifania esta que, como o lema desta semana bem aponta, diz respeito à manifestação da presença e do poder de Deus em Jesus Cristo. Jesus ainda age e manifesta a sua presença em nosso meio por meio da sua Palavra, e é em nome dele que nos reunimos aqui em nossa comunidade de fé, e é também neste momento que a sua presença se manifesta em nosso meio. Aleluia!

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
Nº4 - LCI – Onde reina amor
Ou: Nº14 – Deus está presente

SAUDAÇÃO

É esse amor vindo de Deus, por ser sua essência, é a mais concreta forma em que Deus se manifestou em Jesus Cristo e ainda se manifesta até os nossos dias, por meio do seu Espírito. E diante disso é que nos reunimos aqui em comunidade de fé, na presença e em nome do nosso Trino Deus, que é Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº3 - LCI – Deus Trino
Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS

Senhor Deus, queremos colocar nossas vidas em tuas mãos neste momento. Confessamos primeiramente o quão miseráveis somos por conta da natureza corrupta que possuímos por conta do pecado em nosso ser. Também confessamos diante de ti as diversas vezes em que pecamos contra ti, seja por meio de palavras proferidas, atitudes que fizeram mal ao nosso próximo ou até a nós próprios, pensamentos que não vão ao encontro da tua vontade para conosco e omissões daquilo que deveríamos fazer como cristãos, te entristecendo profundamente. Clamamos a ti para que o Senhor, pelo teu amor e tua misericórdia infinitos, nos perdoe, para que possamos ter paz contigo. Em nome do Teu Filho é que nós clamamos. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO

A Palavra do Senhor no livro de Provérbios nos diz: “Quem esconde os seus pecados não prospera, mas quem os confessa e os abandona encontra misericórdia.” (Pv 28.13). Quando nos arrependemos dos pecados que sempre cometemos perante nosso Pai e confessamos sinceramente, certamente Ele nos perdoará por seu infinito amor por nós. E em concordância com esta Palavra, declaro à comunidade que, se confessaram os seus pecados com sinceridade de coração, os mesmos já estão perdoados. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

KYRIE

Não precisamos olhar para muito longe para nos depararmos com a enorme injustiça presente em nossos dias neste mundo. Tudo isso acontece pela falta de temor que a maioria da humanidade tem para com o Seu Criador. E como consequência essa falta de temor faz com que o mal impere através da desigualdade social, fome, miséria, criminalidade e tantos outros difíceis de dimensionar. Jesus Cristo se fez homem para nos dar esperança em meio à lamúria em nosso mundo mau. Diante disso, clamemos ao Senhor em favor de nosso mundo, para que ele possa ter a chance de ser transformado pela fé em Cristo Jesus. Hino nº 56 – LCI – Pelas dores deste mundo

GLÓRIA IN EXCELSIS

“Rendei graças ao Senhor, porque ele é bom, e a sua misericórdia dura para sempre” (Sl 107.1). Deus nos perdoa porque ele nos ama incondicionalmente. Como Deus é bom para conosco! Por isso, rendamos glória ao nosso Deus cantando:

Hino nº140 – LCI – Gloria Patri

ORAÇÃO DO DIA

Pai amado! Somos gratos a ti por estarmos hoje reunidos e reunidas como Igreja. Agradecemos a ti Senhor porque tu sempre te voltas para conosco pelo teu amor infinito por cada um de nós e por meio da tua Palavra o Senhor opera em nosso ser a fé que nos conduz à salvação e a vida eterna que tu nos possibilitaste a viver em Jesus Cristo. Que teu Espírito Santo aja em nossos corações para que a tua Palavra frutifique em nós. Oramos e te agradecemos em nome do Teu Filho. Amém!


LITURGIA DA PALAVRA


LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Jn 3.1-5,10;
2ª Leitura Bíblica: Sl 62.5-12;
3ª Leitura Bíblica: Mc 1.14-20.

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº165 - LCI – Estou pronto Senhor

PREGAÇÃO

Amados irmãos e amadas irmãs! Durante toda a nossa jornada de vida vivenciamos muitas coisas, desde a nossa infância até os últimos dias de nossas vidas. Temos muitas coisas e pessoas que acabam tomando certa importância em nossa vida como os tempos de lazer, de descanso, nossa família, nossos amigos, nosso trabalho em muitas vezes toma muito o nosso tempo; em muitas

realidades o dinheiro acaba se tornando a nossa busca prioritária; muitos de nós dedicamos muito tempo para cuidar de nossa saúde física, de nossa saúde emocional, também de nossa saúde espiritual – caso este que nós como cristãos também priorizamos. Nenhuma dessas coisas deixa de ser importante em algum momento ou em toda a nossa vida. Diante desta perspectiva, deixo uma pergunta para que a comunidade possa refletir: “Qual é a coisa mais importante em nossa vida aqui na terra?” (Breve Pausa). O texto previsto para esta noite remete a este tema, e indica para nós qual deve ser o maior alvo em nossas vidas. Convido a comunidade para acompanhar a leitura do texto que se encontra na primeira carta de Paulo aos Coríntios, cap. 7, vs. 29-31.

(Leitura do texto – 1 Co 7.29-31)

Como bem sabemos, mas nunca é demais relembrarmos, o tempo passa. E como passa muito rápido! Parece que foi ontem que perguntei a mim mesmo o que eu seria quando me tornasse adulto. Parece que foi ontem que vivíamos um dos tempos de maior adversidade em muito tempo em nosso país. Parece que foi ontem que mais um ano se inicia. E com certeza em algum momento diremos a nós mesmos que pareceu ontem que ainda éramos jovens e podíamos aproveitar tanto a nossa vida, mas esse tempo já passou. É para essa realidade que Paulo aponta no início do texto que acabamos de acompanhar: “o tempo se abrevia”. O tempo passará rápido para todos nós. Nossa vida é passageira. A grande questão que fica é: Se nossa vida é passageira, o que, ou quem, tem sido o nosso motorista?

No caso do texto que lemos, Paulo está advertindo aos irmãos da comunidade de Corinto sobre o casamento. Aqui, Paulo não discursa contra ou a favor do casamento. Apenas alerta que apesar de ser algo bom, pode trazer preocupações e exigirá dedicação dos que optarem por tal decisão.

Quem é solteiro pode se dedicar mais a Deus do que o casado, que precisa – e deve – dedicar-se a cuidar de sua família em simultaneidade com o cuidado com sua fé em Cristo Jesus. Basicamente

é nesse contexto que Paulo está trazendo a palavra aos Coríntios. Mas o mais importante está nas palavras deste versículo. O nosso tempo é curto. Devemos refletir no que é mais importante. Como Paulo aponta nos versículos seguintes: “o que resta é que não só os casados sejam como se o não fossem; mas também os que choram, como não se chorassem; e os que se alegram, como se não se alegrassem; e os que compram, como se nada possuíssem; e os que se utilizam do mundo, como se dele não usassem; porque a aparência deste mundo passa.” (v. 29b-31). Em suma, o que Paulo aponta aqui é a transitoriedade das coisas deste mundo. A aparência deste mundo passa! Como em todo o seu discurso, Paulo sempre remete suas palavras às que Cristo deixou em seu ministério. E neste caso específico, podemos fazer ligação direta com um discurso de Cristo presente no capítulo 6 do evangelho segundo Mateus, onde Cristo afirma o seguinte: “Por isso, vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes? Observai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros; contudo, vosso Pai celeste as sustenta. Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves?”. (Mt 6.25-26) Obviamente a situação que Jesus aponta é mais vital do que a de Paulo, mas isso não significa que o discurso não seja aplicável aqui. E justamente na frase final deste trecho que podemos enxergar o elo entre os dois discursos: “Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves?”. Nós, seres humanos, fomos cridos à imagem e semelhança de Deus. Esse é o motivo pelo qual podemos compreender que nós temos grande valor para o Deus que nos criou e nos ama. Se ele cuida de sua criação, a qual considerou boa, quanto mais de nós, humanidade criada por Ele, a qual ele considerou MUITO BOA! Pelo amor infinito que Ele tem por nós ele cuidará de nós e com certeza cuidará daquilo que consideramos importante e que está conforme a sua vontade. Mas o discurso de Jesus Cristo não acabou aqui, ele se segue, quando ele afirma: “Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que comeremos? Que beberemos? Ou: Com que nos vestiremos? Porque os gentios é que procuram todas estas coisas; pois vosso Pai celeste sabe que necessitais de todas elas; buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus

cuidados; basta ao dia o seu próprio mal.” (Mt 6.31-34). Neste seguimento do discurso de Jesus é que encontramos sua mais forte ligação com o trecho de Paulo que vimos hoje. Não precisamos nos desesperar ou ficar obsessivos quanto às coisas deste mundo “pois vosso Pai celeste sabe que necessitais de todas elas.”. Os gentios, os que não creem em Cristo como seu Senhor e Salvador é que ocupam suas vidas inteiras com as coisas terrenas, colocando-as como maior prioridade. Nós que cremos em Jesus Cristo, devemos agir como Cristo agiu, seguindo seu exemplo buscando em primeiro lugar o reino de Deus, como ele fez, pois agindo assim ele nos acrescentará o que precisamos. Não somente o que necessitamos, mas muito mais. Como o próprio apóstolo Paulo declara: “àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós a ele seja a glória, na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém!” (Ef 3.20-21) Deus nos ama tanto que nos concede ricas bênçãos, que não se limitam apenas a coisas materiais, mas também muitas outras, muito mais do que podemos imaginar!

Para concluir, trago novamente à tona a maior lição que podemos retirar deste texto que vimos hoje, que é este: nossa vida e tudo que ela nos proporciona passará, acabará. Nossa família, nossos amigos, nossos entes queridos, nosso trabalho, nossa saúde, tudo isso não deixa de ser importante. Mas o mais importante é buscar o reino de Deus e alimentarmo-nos da Palavra de Deus que nos proporciona a fé que nos conduz a este reino, reino este que constitui a salvação e a vida eterna que nos foi possibilitada no sacrifício vicário de Cristo no Calvário. Esse reino de Deus, sustentado pela sua Palavra, permanecerá para sempre. Para encerrar esta reflexão trago uma citação presente no livro de Eclesiastes, cap. 12, v. 13, trecho este que eu considero um dos mais importantes de toda a Bíblia e um versículo que podemos tomar como lema de nossa vida de fé. O versículo diz: “De tudo o que se tem ouvido, a suma é: Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo homem.” (Ec 12.13). Amém!

HINO
Nº150 - LCI – Buscai primeiro

CONFISSÃO DE FÉ

Em resposta à Palavra proclamada, nos levantemos e confessemos a nossa fé através do Credo Apostólico:

Creio em Deus Pai...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas) Nº582 - LCI – Há sinais de paz e de graça

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________

4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

Pai querido, Pai amado!

Muito obrigado por mais um dia de vida que o Senhor nos concedeu. Muito obrigado por este momento de culto que pudemos oferecer diante de ti. Que o Senhor seja glorificado! Senhor Deus, nós te agradecemos pelos céus e terra, por todos os seres vivos que neles vivem e por todo o restante da tua criação a qual fazemos parte e temos a oportunidade de desfrutar.

Intercedemos neste momento pelos pedidos que foram feitos nesta hora...

Também intercedemos por nossa Igreja, por teus ministros e ministras e por tuas lideranças. Que o Senhor nos dê ouvidos abertos para receber a tua Palavra para que ela seja sempre proclamada onde quer que estejamos, realizando assim a tua vontade, que é que nenhum se perca, mas que todos possam ouvir a tua Palavra e serem salvos através dela.

Intercedemos pelas autoridades de nosso país. Que o Senhor aja na vida deles para que possam governar e legislar com justiça e ética, visando o bem comum e não apenas o seu próprio bem. Intercedemos por todas as pessoas que sofrem por doença e pelas famílias enlutadas. Que a tua presença se manifeste em cada vida e traga força e ânimo para suportar as tristezas, as perdas e as angústias que cada um está passando.

Tudo isso e tudo quanto há em nosso ser e nem sempre conseguimos expressar em palavras, entregamos a ti juntamente com nossas vidas, através da oração que o teu Filho Jesus Cristo nos ensinou, dizendo:

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA


AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________

________________________________________________________

________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO

Que o Senhor te abençoe e te guarde. Que ele faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti. Que o Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz. Assim te abençoe o Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém!

ENVIO

Vão com a companhia da paz de Cristo, sirvam ao Senhor com alegria e tenham uma abençoada semana.

CANTO FINAL
Nº289 - LCI – Bênção da Irlanda
 


Autor(a): Estagiário João Henrique Souza
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Natal
Natureza do Domingo: Epifania
Perfil do Domingo: 3º Domingo após Epifania
Testamento: Novo / Livro: Coríntios I / Capitulo: 7 / Versículo Inicial: 29 / Versículo Final: 31
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2021
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 60377

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Um pregador deve estar ciente que Deus fala pela sua boca. Caso contrário, é melhor silenciar. 
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Cristãos autênticos são os que trazem a vida e o nome de Cristo para dentro da sua vida, pois o sofrimento de Cristo não deve ser tratado com palavras e aparências, mas com a vida e com a verdade.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br