Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

1 Tessalonicenses 2.1-8 - 20º Domingo após Pentecostes - 26.10.2014

Caderno de Cultos 2014

26/10/2014

26/10/2014 - 20º Domingo após Pentecostes
Pregação: 1 Ts 2.1-8; Leituras: Lv 19.1-2,15-18; Mt 22.34-46
Grupo de Líderes de Culto – Canarana/MT

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Bem-vindas todas as pessoas que estão aqui para esta celebração!
Venham todas as que têm sede, venham até a Água Viva.
Venham todas as que têm sede de justiça.
Venham todas as que estão cansadas.
Venham todas as que desejam o perdão.
Bebamos da água viva da presença de Deus e do Espírito Santo.
Deus solidário na nossa caminhada:
Senhor, dá-nos dessa água e não mais teremos sede.
Tu és a fonte da vida: refresca-nos.
Tu és a nascente limpa: cura-nos.
Tu és o poço do qual bebemos para não mais sermos sedentos: sacia-nos.
Dá-nos dessa água e não mais teremos sede.

É nesta certeza que chegamos à casa de Deus: revigorar nossas forças para mais uma semana de vida que Deus nos concede. Deus é amor, e é disso que seremos lembrados ao longo deste culto.
Saudamos carinhosamente todas as pessoas que nos visitam, com os votos de que sintam muito bem acolhidos e irmanados em nossa comunidade. E que todos e todas nós possamos nos sentir bem, e acolhidos por Deus em sua casa. Na presença de Deus e na companhia de irmãs e irmãos, sejam todos bem-vindos!

CANTO DE ENTRADA
Nº 336 - HPD 2 – Quando o povo se reúne

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Estamos reunidos em culto em nome de Deus Pai, o Criador, em nome do Filho, Jesus Cristo, o Redentor, e em nome do Espírito Santo, o Consolador. Amém.

CONFISSÃO DE PECADOS
Recordemos que nosso senhor Jesus se compadece de nossas fraquezas, pois ele próprio foi tentado em todas as coisas. Confessemos os nossos pecados a Deus e ao próximo. Oremos:
Pai de amor, viemos diante de Ti para confessar que não temos amado nossos irmãos individualmente e como comunidade cristã. Pai, temos falhado em ouvir a tua voz e seguir os exemplos de teu Filho Jesus Cristo e de teus seguidores, como o Apóstolo Paulo. Nós damos voz a nossos medos e desejos, e não observamos onde nossos ouvidos e mãos são necessários. Pedimos por teu amor e compaixão e em nome do nosso Senhor Jesus Cristo, perdão. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
Com as palavras de 2 Timóteo 4.18 recebamos o perdão de Deus: O Senhor me livrará de todo mal e me levará em segurança para o seu Reino Celestial. Amém.

ORAÇÃO DO DIA
Nos coloquemos diante de Deus em oração:
Graças te damos, Senhor, por que agora queres novamente falar a nós e encontrar-te conosco por meio de tua Palavra. Livra-nos de todos os pensamentos e inquietações que pretendem perturbar a pregação do teu Evangelho. Permite-nos que possamos entender a tua mensagem, e que ela se transforme em atitudes concretas em nosso dia a dia. Que todo o amor que Jesus Cristo demonstrou por cada um de nós nos sirva de exemplo para também amarmos o nosso próximo como a nós mesmos. É o que te pedimos por Jesus Cristo, que contigo e com o Espírito Santo vive e reina hoje e sempre. Amém.

HINO
Nº 170 - HPD 1 – Nem só palavra é o amor

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Levítico 19.1-2,15-18

Aclamação do Evangelho: O Senhor me livrará de todo mal e me levará em segurança para o seu reino celestial. A ele seja dada a glória para todo o sempre! Amém! (2 Tm 4.18)

2ª Leitura Bíblica: Mateus 22.34-38

3ª Leitura Bíblica: 1 Tessalonicenses 2.1-8

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 397 - HPD 2 – Meu mandamento é este

PREGAÇÃO

Estimada comunidade, irmãos e irmãs em Cristo!

Em uma época onde o amor parece algo tão distante na vida de algumas pessoas, quando somos bombardeados somente com notícias tristes e onde há evidente falta de amor, como é bom nos depararmos com esses três textos previstos para este domingo, onde o amor é o centro das nossas atenções. Estes textos bíblicos refletem como devemos agir no nosso dia a dia, amando a Deus e ao próximo.
De maneiras diferentes, cada texto apresenta o que Deus espera de nós como seus filhos e filhas, e ainda nos mostra o exemplo de amor de Jesus Cristo e do apóstolo Paulo.
No texto que serve de base para a nossa reflexão, de 1ª Tessalonicenses 2, Paulo relata de como ele e seus amigos foram maltratados em Filipos, antes de chegar em Tessalônica, mas que mesmo assim não abandonaram a sua missão. Essa missão vinha de Deus e não de forças humanas, e tinha a tarefa de anunciar a boa notícia do Evangelho. Além dos maus tratos, Paulo e seus amigos também foram insultados, por isso ele explica que em nenhum momento aconteceram tentativas de enganar ou bajular pessoas, pois acima de tudo estava a fidelidade a Deus. Quando Paulo e seus companheiros chegaram em Tessalônica, seguindo o que Deus havia pedido, eles não tinham o objetivo de agradar aquelas pessoas com palavras bonitas, ou serem falsos para arrecadar muito dinheiro, como o fazem os falsos profetas. Ao contrário, o amor e a confiança em Deus eram tão grandes que eles usavam também de palavras duras para ensinar o povo e dar seu testemunho de fidelidade a Deus.
O sentimento que o apóstolo Paulo e seus amigos tinham pelo povo é comparado ao amor que uma mãe tem pelo seu filho, capaz até de dar a sua própria vida para salvá-los. Sabemos que a maternidade e a paternidade são um momento crucial no amadurecimento da pessoa cristã, pois é a partir daí que a pessoa não vive mais apenas para si mesma, mas em amor e dedicação, é responsável pela vida de outra pessoa, passando a ser exemplo e modelo a ser seguido. Por isso, após fundar diversas comunidades, Paulo constantemente preocupava-se com elas, mandando cartas, visitando-as, pedindo notícias, para elogiar tudo o que havia de bom, mas também chamar a atenção dos membros quando estes não agiam conforme os preceitos cristãos, bem como um pai faz com seus filhos quando os ama e quer o seu bem.
Infelizmente, hoje em dia as pessoas estão cada vez mais cultivando o egoísmo e o individualismo. O capitalismo contribui para isso, e o amor a Deus e ao próximo cada vez mais fica esquecido. As pessoas agem somente por interesse, esperando algo em troca de suas 'boas ações'. O próximo só é amado e recebe atenção quando ele tem algo que eu preciso ou que me interessa. Porém, nunca devemos esquecer que Deus prova os nossos atos, mas também nosso coração, e somente quando agimos com compaixão pelo próximo, sem egoísmo, seremos considerados dignos diante da humanidade e de Deus. Pois quando Jesus foi indagado por um professor da lei qual era o mandamento mais importante, Jesus respondeu-lhe: o primeiro é ame ao Senhor seu Deus com todo o coração, com toda a alma e com toda a mente, e o segundo é ame aos outros como a si mesmo.
Viver o amor é adquirir sabedoria. Muitas vezes julgamos alguém por ter tido uma atitude incorreta. Também julgamos pela posição social, raça ou religião. Julgamos sem saber o motivo pelo qual essa pessoa fez algo de errado. Por isso devemos, em amor, buscar saber o que aconteceu, para poder aconselhar nosso irmão e irmã na fé. É essa sabedoria que revela através de nossas palavras e ações o amor de Deus. O Deus eterno dirige e abençoa a vida dos que semeiam o amor e tudo o que farão dará certo.
A diácona Ângela Lenke, no livro Proclamar Libertação 38 ressalta: Somos felizes na proporção em que amamos, com amor a Deus e ao próximo conseguimos servir segundo a vontade de Deus e sermos felizes na mesma proporção.
Que o amoroso Deus e Pai ilumine nossos corações, para que sempre possamos agir conforme a sua vontade, pois felizes são aqueles que não se deixam levar pelos conselhos dos maus, que não seguem o exemplo dos que não querem saber de Deus e que não se juntam com os que zombam de tudo o que é sagrado! Essas pessoas são como árvores que crescem na beira de um riacho; elas dão frutas no tempo certo, e suas folhas não murcham. Assim também tudo o que essas pessoas fazem dá certo (Salmo 1.1;3)
Que assim seja. Amém!

HINO
Nº 452 - HPD 2 – Senhor, eu quero amar-te

CONFISSÃO DE FÉ
Como resposta a Palavra de Deus lida e anunciada, confessemos a uma só voz a nossa fé, dizendo juntos:

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 414 - HPD 2 – Cantar do amor

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
Amado Deus, te agradecemos por este culto, por tua palavra pregada, e pelos irmãos e irmãs que aqui encontramos. Envia teu Espírito Santo sobre nós, toque o nosso coração para o amor ao nosso próximo, que possamos servi-lo em todas as necessidades e circunstâncias da vida. Molda-nos, querido Deus, conforme tua vontade, dá-nos coragem nas adversidades da vida, ajuda-nos a ser luz no mundo de trevas.
Pedimos-te, ó Deus, por todos que pregam o teu Evangelho, que sempre o possam fazer com amor e para a glória do teu santo nome.
Pedimos pelas autoridades de nosso município, estado e país. Dá que administrem com responsabilidade, pensando no bem estar da humanidade, e fazendo aquilo amado Deus, que condiz com a tua vontade.
Intercedemos pelas famílias, que te faças presente com a tua bênção e proteção, e que todos tenham verdadeiros lares, onde reina o amor, perdão, compreensão.
Pedimos-te por todos os teus filhos e filhas que se encontram doentes. Fortaleça-os física e espiritualmente, e que eles se entreguem completamente em tuas bondosas mãos, na certeza que farás o melhor por cada um.
Rogamos a tua presença nos lares enlutados, consola a todos, que cada um se sinta abraçado pelos teus longos braços a cada amanhecer, e encontrem forças e esperança quando a tristeza os abater.
Tudo mais que temos em nosso coração, queremos colocar na certeza que nos ouves, na oração que teu Filho Jesus nos ensinou a orar...

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Que Deus toque nossos olhos, para que possamos enxergar;
Toque nossos ouvidos, para que possamos ouvir;
Toque nossa boca, para que possamos levar adiante a sua mensagem;
Toque nossas mãos, para que possamos ofertar com disposição;
Toque nossa vida, para que o Espírito Santo possa nos envolver;
Toque nosso coração e nos permita sentir seu amor.
Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

ENVIO
Ide na paz do Senhor, que esta paz caminhe com vocês e faça resplandecer todo o amor de seus corações!

CANTO FINAL
Nº 166 - HPD 1 – Dá-nos olhos claros
 


Autor(a): Grupo de Líderes de Culto – Canarana/MT
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 20º Domingo após Pentecostes
Testamento: Novo / Livro: Tessalonicenses I / Capitulo: 2 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 8
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2014
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 29340

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Se a Palavra desaparecer, o mundo fica escuro. Aí ninguém mais sabe onde se abrigar.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
O amor ao próximo não olha para o que é próprio. Também não olha se a obra é grande ou pequena, mas considera apenas a sua utilidade e a necessidade para o próximo ou para a Comunidade.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br