Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

Efésios 4.25-5.2 - 11º Domingo após Pentecostes - 09.08.2015

Caderno de Cultos 2015

03/08/2015

09/08/2015- 11° Domingo após Pentecostes
Pregação: Efésios 4.25-5.2; Leituras: 1 Reis 19.4-8 e João 6.35,41-51
P. Valmiré Martin Littig – Chapadão do Sul - MS

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Um bom dia! Queremos saudá-los e saudá-las para este momento celebrativo do dia dos pais com dois pensamentos: Um pai, ainda que o mais pobre, tem sempre uma enorme riqueza para deixar ao filho: seu exemplo! (Coelho Neto)
Vede que grande amor nos tem concedido o Pai, a ponto de sermos chamados filhos e de fato somos filhos de Deus. (Hebreus 3.1a).
É com esses dois pensamentos que nós iniciamos a celebração de hoje. Sejam todos bem-vindos e bem-vindas! Que a graça e o amor do Bondoso Deus esteja conosco!


Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
N° 333 – HPD II – Canção da chegada

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Estamos reunidos nesse dia especial, dia dos Pais, na presença de Deus Pai criador dos céus e da terra, do seu filho Jesus Cristo, nosso irmão e salvador, e do Espírito Santo que nos congrega e nos impulsiona a vivermos em comunidade. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 321 – HPD II – Vento que anima

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Levando em conta que hoje é dia dos pais, apresentemo-nos diante de Deus com nossas falhas e incoerências, com nossas fraquezas e debilidades, mas com coração aberto para a ação transformadora de Deus. Em silêncio, cada um pode confessar a Deus os seus pecados. Os pais podem lembrar das vezes que falharam como pais na educação dos e os filhos podem lembrar as vezes que aborreceram seus pais desmerecendo-os em muitos momentos.
(após o silêncio)

Neste culto que celebramos o dia dos pais, nos coloquemos diante de Deus com nossas falhas, fraquezas e medo; mas com o coração aberto para a mudança que Deus quer fazer em nós mediante o seu perdão. Por isso clamamos:
Perdão, Senhor perdão. Perdão, Senhor perdão.
Como pais confessamos que muitas vezes não ouvimos nossos filhos, não os entendemos e não os aceitamos como eles são. Causamos dor, desentendimentos e mágoas. Estamos arrependidos, por isso te pedimos:
Perdão, Senhor perdão. Perdão, Senhor perdão.

Como filhos confessamos que exigimos demais de nossos pais e família. Somos insatisfeitos com tudo e todos. Estamos arrependidos. Precisamos da tua ajuda, por isso te pedimos:
Perdão, Senhor perdão. Perdão, Senhor perdão.


Senhor Deus confessamos nossa indiferença frente aos problemas familiares, problemas de relacionamento e convivência de nossos membros. Não nos colocamos à disposição, e quando o fazemos somos moralistas e falsos. Estamos arrependidos, por isso te pedimos:
Perdão, Senhor perdão. Perdão, Senhor perdão.


ANÚNCIO DO PERDÃO
O amor gracioso de nosso Deus, sempre acolhe a nossa confissão sincera e por sua graça e misericórdia podemos recomeçar nossa vida, perdoados e perdoadas, pois assim nos diz a sua palavra de Deus, em 1 João 1.9 - Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. Amparados nesta palavra podemos crer que nossos pecados foram perdoados em nome do Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

KYRIE
Ao falarmos de pai e mãe, filhos e filhas, famílias, não podemos desviar nosso olhar dos sofrimentos que existem no mundo em que vivemos. E esses sofrimentos provocam muita dor. Por isto clamemos a Deus
-Eterno Deus, clamamos pelas situações em que filhos, por um motivo ou outro, perdem os seus pais ficando órfãos. Oremos ao Senhor:
Kyrie eleison!

-clamamos, nosso Deus por todos os pais e mães que choram a perda de seus filhos, seja na violência, seja no mundo das drogas, seja por motivos de doenças ou acidentes. Oremos ao Senhor: Kyrie eleison!

- Clamamos nosso Deus, por este mundo corrompido e desviado de teu amor, que quebra a unidade das famílias. Oremos ao Senhor. Kyrie eleison!

GLÓRIA IN EXCELSIS
Deus é fiel. Ele nos enviou seu Filho, Jesus Cristo, para lavar nossos pecados. Enviou o Espírito Santo para nos consolar, animar e capacitar. Ele escuta o clamor do seu povo e vem através da Sua palavra e da Ceia. Por esta boa notícia nós o louvamos, cantando glória a Deus.

Nº 345 – HPD II – Glória

ORAÇÃO DO DIA
Deus, Todo Poderoso, Tu que enviaste teu filho, Jesus Cristo, e o Espírito Santo para transformar e encher de esperança este mundo, em todos os tempos e em todos os lugares, nós te pedimos: capacita-nos com este espírito para proclamarmos a reconciliação entre todas as pessoas, principalmente entre pais e filhos e ilumina nosso coração e nossa mente para reconhecermos tua palavra orientadora também aqui entre nós. Por teu filho, Jesus Cristo, que contigo e com o Espírito Santo vive e reina eternamente. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
A palavra de Deus é orientação no caminho da vida. Por isto a ouçamos com devoção.

1ª Leitura Bíblica: 1 Reis 19.4-8

2ª Leitura Bíblica: Efésios 4.25-5.2

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 451 – HPD II – Meu coração transborda


ACLAMAÇÃO DO EVANGELHO
Convido os que puderem, que se coloquem de pé, para aclamarmos o Evangelho do nosso Senhor Jesus Cristo cantando:
Canto: Aleluia

3ª Leitura Bíblica: João 6.35,41-51

PREGAÇÃO
Que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus, o Pai, e a comunhão do Santo Espírito sejam conosco. Amém.

Estimada comunidade, prezado amigo e prezada amiga no Senhor Jesus Cristo!

Dia dos pais! Uma data fixa em nosso calendário e que sempre comemoramos no segundo domingo do mês de agosto. Um dia muito especial, onde podemos falar de sentimentos de amor, companheirismo, amizade, dedicação, empenho, força e principalmente a responsabilidade de ser exemplo.
Falando mais especificamente desta data, ou seja, de nossos pais, lembramos de inúmeras situações, acontecimentos e exemplos que eles nos deixam e nos deixaram. Existem pais que amam seus filhos, que não medem esforços para educá-los, instruí-los e capacitá-los para vida no mundo, ou seja, aqueles que se doam para que os filhos possam crescer em sabedoria e amor.
Em contrapartida, existem pais irresponsáveis que não estão nem aí para seus filhos, que não refletem sobre a importância de ser exemplo amoroso, solidário e amigo, agindo e se deixando guiar por caminhos que não condizem à palavra e aos ensinamentos de Deus. Vamos ver alguns exemplos: pais que não levam seus filhos para igreja, deixando toda responsabilidade para mães, pais que não educam seus filhos, mais os agridem com palavras e agressões físicas, pais que vivem em portas de bares, gastando todo dinheiro, deixando faltar o básico para a família, resumindo, alguns pais que não sabem ser pais e sim destruidores de famílias.
Se um filho ou filha vive em um ambiente de brigas, intrigas, mentiras, bebedeiras, vícios, xingamentos, discórdia, traição e falsidade, é assim, infelizmente, que ela vai aprender a viver e, portanto, assim também acabará sendo as suas ações e sua própria conduta de vida. Se, contudo, um pai, junto à sua esposa, proporcionar aos seus filhos um ambiente de paz, diálogo, compromisso com a verdade, palavras educadas, união, sinceridade, bondade, amor, perdão e honestidade, é assim também que os vão aprender a viver e a se comportar.
Agora! Nesta data tão importante, não podemos simplesmente falar dos pais, mais sim meditarmos sobre que tipo de filhos somos nós. Somos aqueles que dão valor e contribuem para o bem estar da família, dando carinho, apoio e amor aos pais, ou somos aqueles que valorizamos os pais somente na distribuição dos bens materiais ou até mesmo dando valor depois que eles partiram. Poderíamos dizer e lembrar de muitas outras situações, mas fica em aberto para que cada um possa deixar que esta data perpasse o coração para refletirmos sobre os exemplos de nossos pais e sobre nosso comportamento também. Ser pai, sem dúvida nenhuma é dom de Deus. É amar os filhos incondicionalmente.
Gosto muito da passagem bíblica do evangelho de Lucas, “o filho pródigo” que nos mostra o exemplo de um pai compreensível, que diante da escolha errada de seu filho, que opta em se afastar da família e se perdendo no mundo, o acolhe de braços abertos, quando este retorna arrependido de sua escolha. Este pai estava de braços abertos para acolher novamente seu filho que estava perdido no mundo. E isso é um exemplo grande de amor, compreensão e compaixão. Esta atitude nos mostra que nós, como filhos e filhas, diante de nossas escolhas erradas temos sempre a oportunidade de viver a humildade de nos arrepender dos nossos erros e toda vez que tivermos esta nobre atitude o pai vai estar de braços abertos para nos acolher.
Na Carta do apóstolo Paulo aos efésios, Paulo, inspirado por Deus, nos dá ensinamentos valiosíssimos de como podemos viver em família, sociedade e na relação com os pais!

Estas exortações apontadas por Paulo, devem ser o fundamento de nossas relações: ter paciência, não tomar atitudes precipitadas. Mas, as exortações não querem limitar-se a um simples relembrar, mas insistir para que a nossa vida, seja vivida sob esse fundamento e tire as devidas conclusões, sobre como você, pai, trata seu filho! E como você, filho, respeita seu pai! Mostrando-as, praticando-as em palavras e atos ali onde nos relacionamos ...
Estes dias, um pai me contou que sua filha veio passar o natal com ele. Chegando na casa do pai, em dois dias brigaram, a filha pegou o ônibus e voltou para casa e o pai passou o natal sozinho. Me contou com lágrimas nos olhos essa história. Nesse relato não podemos saber quem estava com a razão. Importa saber quem estava disposto a perdoar, dar o primeiro passo! A relação de pais em filhos muitas vezes é conturbada, mas entendamos que o nosso pai e que seu filho é um presente de Deus. Um pai, ainda que o mais pobre, tem sempre uma enorme riqueza para deixar ao filho: seu exemplo! Cabe aqui ressaltar, o exemplo bom! Filho entenda o seu pai! Não desistam dessa relação divina.
O conselho de um pai vale mais do que muitas riquezas o respeito de um filho mostra seu carinho e amor!
Que o amor incondicional de Deus oriente pais e filhos a terem este mesmo sentimento uma para com o outro. Feliz dia dos pais.
CONFISSÃO DE FÉ
Coloquemo-nos de pé, e professemos a nossa fé no Deus triúno, com as palavras do Credo Apostólico; Creio em Deus Pai.....

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS-CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 456 – HPD II – Deus é meu amparo


ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________
Querido e amado Deus! Achegamo-nos a Ti com alegria e esperança, pois, Tu mesmo crias, sustentas e impulsionas a Igreja. Tu nos redimiste de nossos pecados através de Jesus Cristo e nos acolhe como Teus filhos e filhas, através do batismo. Suplicamos, nosso Deus, para que nunca nos esqueçamos de Tua misericórdia e bondade. Ouve nossa oração e atende a nossa súplica.
Canto: Ouve nossa oração e atende a nossa súplica....

Senhor, Te pedimos pela nossa Igreja, para que seus membros estejam sempre firmes na Tua fé. Que teus obreiros possam ensinar com clareza a Tua palavra e exercer tuas atividades de forma justa e honesta para com o Teu povo. Ouve nossa oração e atende a nossa súplica.
Canto: Ouve nossa oração e atende a nossa súplica....

Senhor, intercedemos pelo mundo e por suas autoridades. Esteja com elas nos momentos de dificuldades, angústias e temores. Coloca Tua mão protetora sobre cada uma, para que, quando tomarem suas decisões, não seja em beneficio próprio, mas, para o bem de todos. Pedimos pelo fim das guerras em todo mundo. Intercedemos para que seja feita a Tua vontade por primeiro, ó Senhor, e não a nossa. Ouve nossa oração e atende a nossa súplica.
Canto: Ouve nossa oração e atende a nossa súplica....

Pedimos-te por todos os pais. Ilumina-os e concede-lhes sabedoria para que possam educar os seus filhos de acordo com a sua santa vontade.
Senhor, Te pedimos pelas pessoas enfermas, com dificuldades e privações, para que, pela nossa presença diaconal, a Tua mão bondosa ampare cada uma e restaure suas forças e suas esperanças, dando ânimo para continuar a vida, mesmo diante das dificuldades e privações. Pedimos-te, também, pela diversidade e pelo multiculturalismo que se estende aos quatro cantos do mundo, para que possam se manter unidos, respeitando as particularidades de cada um. Tudo mais que está nossas mentes e corações que te entregar através da oração de Jesus Cristo nos ensinou a dizer. Pai nosso.......

PAI NOSSO

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta do último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Saiamos deste culto do dia dos pais, guardados, amparados, protegidos e cuidados pela Bênção de Deus: Que a bênção do Deus de Sara, Abraão e Agar, que a bênção do Filho nascido de Maria, que a bênção do Santo Espírito de amor, que cuida com carinho, qual mamãe cuida da gente, esteja sobre todos nós. Em nome do Deus que é Pai, Filho e Espírito Santo. Amém

ENVIO
Que o Espírito Santo vos acompanhe. Vão em paz e sirvam ao Senhor com alegria.

CANTO FINAL
Nº 411- HPD II – Jesus ao lado


 


Autor(a): Valmiré Martin Littig
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Tempo Comum
Área: Missão / Nível: Missão - Família
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 11º Domingo após Pentecostes
Testamento: Novo / Livro: Efésios / Capitulo: 4 / Versículo Inicial: 25 / Versículo Final: 32
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2015
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 33718

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

O Senhor é o Deus verdadeiro. Ele é o Deus vivo, o Rei eterno.
Jeremias 10.10
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Nenhum pecado merece maior castigo do que o que cometemos contra as crianças, quando não as educamos.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br