Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

2 Coríntios 4.3-6 - Último domingo após Epifania - 15.02.2015

Caderno de Cultos 2015

12/02/2015

15/02/2015- Último Domingo Após Epifania
Pregação: 2 Coríntios 4.3-6; Leituras: Marcos 9.2-9; 2 Reis 2.1-12
P. Teobaldo Witter - Cuiabá, MT


LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA

Fala o todo poderoso, o Senhor Deus, e chama a terra desde o Levante até ao Poente. Deus resplandece, desde Sião, excelência de formosura. Vem nosso Deus e não guarda silêncio, perante ele arde uma luz devoradora.... Ele chama os céus lá em cima e a terra, para julgar e salvar seu povo. Congregai o seus santos, os que com Ele fizeram aliança... Os céus anunciam a sua Justiça, porque é o próprio Deus que julga. ( Salmo 50.1-6).

Com estas palavras bíblicas do convite de Deus, cumprimento cada pessoa aqui presente. Nossa alegria, hoje, é completa, porque a Palavra do Senhor nos convida para a comunhão. Hoje é o Último Domingo após Epifania. Epifania é época em que o calendário da Igreja nos ensina sobre uma parte muito importante da evangelização, pois, nos fala da luz que resplandece nas trevas. Jesus é nossa Luz. É o anúncio da boa notícia. Já no dia da Epifania, em 06 de janeiro, ouvimos o profeta Isaias testemunhar: “Que formosos são sobre os montes os pés do que anuncia boas novas, que faz ouvir a paz, que anuncia coisas boas, que faz ouvir a salvação, que diz: o teu Deus reina ( Isaias 52.7)
Além desta grande alegria do convite do Senhor, temos visitantes entre nós, sendo isso motivo de muita honra e felicidade para a igreja toda. A igreja está muito feliz com a presença de vocês, amigos e amigas, que nos visitam. Pedimos que as pessoas que nos visitam sejam apresentadas para a igreja: Mencionar o nome dos visitantes................

Cantar (ou ler), depois da apresentação dos visitantes:
Visitante seja bem-vindo/Sua presença é um prazer/ Te afirmamos com toda a certeza:/ Esta igreja a ama você.
Visitante seja bem-vindo/ Sua presença é um prazer/ Te afirmamos com toda a certeza:/ Jesus Cristo ama você.

Solicitamos que as pessoas próximas ao local onde se encontram os visitantes que os cumprimentem em nome da comunidade, enquanto as outras batem palmas de boas vindas.

CANTO DE ENTRADA

Nº 435- HPD 2 – Dizei aos cativos.....

SAUDAÇÃO

Neste momento e durante todo o culto estamos reunidos neste lugar em nome de Deus Criador e Libertador: Pai-Filho-Espírito Santo. Amém.
A seguir, veio uma nuvem que os envolveu. E dela uma voz dizia: Este é meu Filho amado: a ele ouvi (Marcos 9.7). Jesus, nosso bem e irmão, é o Filho amado do Pai do céu. Vem, Senhor, vem e fica conosco. Amém.

Oração junto às crianças próximas ao altar e seu envio para o culto infantil:

 


CANTOS DE INVOCAÇÃO


Nº 437 - HPD 2 – Quando o Espírito de Deus soprou


CONFISSÃO DE PECADOS

Vamos nos colocar diante da luz, diante de Deus. Quanto mais perto estivermos da luz, mais problemas nossos iremos identificar. Mas é somente esta luz que nos ilumina que tem o poder para nos livrar de nossos problemas. Por isso, nos aproximamos e confessemos os nosso pecados.

Convido para nos encontrarmos conosco, com as pessoas e com Deus, neste momento de confissão de pecados. Acheguemo-nos ao Senhor com nossos fardos, com o peso dos pecados em nosso coração e em nossa mente. Convidamos para o momento de confissão de nossos pecados a Deus, nosso libertador.
Jesus diz: Eu sou o bom pastor. Conheço as minhas ovelhas. E elas me conhecem a mim, assim como o Pai me conhece a mim, e eu conheço o meu Pai. E dou a minha vida pelas ovelhas (João 10.14-15). Vamos nos confessar diante de nosso pastor:
Senhor, confessamos que pecamos em pensamentos, em palavras e em atitudes. De alguns pecados nos lembramos e os confessamos a ti. Outros nem nos damos conta, nem notamos. Também estes nós colocamos em tuas mãos misericordiosas para que tu possas nos limpar, lavar e purificar de todos mal.
Senhor, chegamos diante de ti não para nos justificarmos através de desculpas, mas de mãos vazias, culpados, na confiança de tua promessa de fidelidade, de amor e de misericórdia. Senhor, tu nos encontraste em tuas andanças pelas ruas, praças, casas, estradas, cidades, campos, igrejas e corações. Acolhe-nos, cuida de nós e perdoa a nossa maldade, perdoa e renova nossa mente e nosso coração para o bem, quando agimos mal. Renova-nos através do teu Perdão. Amém.


ANÚNCIO DO PERDÃO

A vocês que confessaram os seus pecados, anuncio a graça de Deus. O Senhor os perdoa sempre que, arrependidos, confessarem os seus pecados. Ele é quem nos dá a paz. Assim sendo, anuncio o perdão aos penitentes, em nome de Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém. Vão em paz, porque como creem, assim será. Amém.


KYRIE

Muitas pessoas sofrem no mundo. Elas sofrem por causa de doenças, de injustiça, de rancores, de decepções, da falta de oportunidades para a vida digna, dos egoístas de quem quer tudo para si só e não quer partilhar. Diante dessa realidade, pedimos que o senhor sensibilize nossa mente. Alargue o horizonte de nosso coração. As pessoas precisam de Deus. Elas vivem atribuladas, confusas, angustiadas, machucadas, amarguradas. A igreja deve ouvir estes clamores e atendê-las em nome de Deus. Lembramos que Deus prometeu vida e salvação.
Queremos agora pedir pelas dores do mundo, cantando:

Nº 343-HPD 2: Tem piedade


GLÓRIA IN EXCELSIS

Depois do Kyrie, quando lamentamos as dores das pessoas e do mundo e oramos pela intervenção de Deus, agora queremos glorificar. Deus é amor e vida. Deus é bom. E a sua glória enche céu e terra. Cantemos glória a Deus, pois, ele governa com justiça e amor. Cantemos todos juntos, a uma só voz:
Glória, glória, glória a Deus nas alturas. Glória, glória, paz entre nós, paz entre nós. ( 2X)

ORAÇÃO DO DIA

Deus, tu que vives de eternidade a eternidade, agora queremos pedir atua ajuda misericordiosa. Queremos ouvir a palavra santa e maravilhosa de Deus. Por isso, pedimos: Fala, senhor, ao coração de cada de um de nós aqui presente. Tira de nós as trevas da cegueira que impedem que nós notemos a proximidade da Palavra. Enche-nos de luz, da luz expressa na tua palavra. Que tenhamos disposição para acolher a tua luz e praticá-la. Por Jesus Cristo, teu filho amado e nosso bem, que contigo e com o Espírito Santo governa de eternidade a eternidade. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS

Canto: “Felizes os que ouvem a palavra do Senhor. Felizes os que buscam a justiça e o amor” ( 2x)

Leitura de 2 Reis 2.1-12

Segundo Reis 2.1-12 relata a sucessão a profeta Elias e sua recolhida ao céu, por Deus, em um redemoinho. Eliseu, seu sucessor, não o abandonou. Foi junto com ele pelos lugares, aonde ainda deveria ir: Betel, Jericó e Jordão. Elias passou o seu manto para Eliseu e foi levando da presença dele. E Eliseu continuou a obra profética de Deus junto ao povo.

Por isso, cantemos: “Felizes os que ouvem a palavra do Senhor. Felizes os que buscam a justiça e o amor” ( 2x)

Agora vamos aclamar o Evangelho de Deus. Em pé, cantemos...

|:Como a chuva que lava / como o fogo que arrasa./ Tua Palavra é assim / não passa por mim/ sem deixar um sinal:|.

Leitura de Marcos 9.2-9

Pedro, Tiago e João são testemunhas da transfiguração de Jesus, no alto do monte. Estamos logo iniciando o tempo na Quaresma, quando Jesus é confrontado com todas as dores e maldades humanas. E é convocado para optar entre a cruz, para morrer no lugar dos sofredores, ou a glória triunfalista que produz vítimas. Agora, ainda, são dores. Mas a transfiguração, no monte, com presença de Moisés e Elias, é a antecipação da glória futura, do por vir, para dentro da realidade cruel a qual Jesus e o povo sofrem. Deus está presente. “Ele diz: este é meu Filho amado; a ele vocês devem ouvir.” Jesus tem luz própria. Ele é a Luz. Descendo do monte é que se gera a radical mudança histórica, universal, religiosa e social, onde temos chances de vivermos em comunhão com Deus e o seu povo. Descendo do monte, da zona de conforto que nos faz indiferentes às dores dos outros, podemos nos encontrar com Jesus que sofre as dores do mundo e as transforma em vida plena, a partir de sua cruz, que ele sofre em nosso lugar.

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO

Nº 380- HPD 2 – A tua Palavra...

PREGAÇÃO

Jesus diz: “Quem beber desta água tornará a ter sede; aquele, porém, que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna”, Jo 4.13-14.

Leitura de 2 Coríntios 4.3-6

Oremos: Senhor, tu que te revelaste de maneira muito bonita e gloriosa no alto do Monte Tabor, nós te pedimos: vem e revela a tua palavra para as nossas vidas. Ao contemplarmos a tua Palavra, sejamos fortalecidos e encorajados a testemunharmos e vivermos a fé em ti, em nossa realidade cotidiana. Que possamos viver as dificuldades, com a tua presença. Agora vem e fica conosco, neste culto. “Lâmpada para os meus pés, Senhor, é a tua Palavra, e luz para os meus caminhos (Salmo 119.105). Amém.

Amadas irmãs, amados irmãos, amada Igreja!
As pessoas gostam de espetáculos e shows. Eles emocionam e seduzem. Luzes, vozes, fumaça, cores e sons fazem o tom especial de um bom show. Programas infantis, tipo show da Xuxa, usaram destas estratégias para levar milhões de crianças na frente da televisão. São efeitos especiais para atrair gente.
Também igrejas, em meio as suas tentativas missionárias, aderem aos espetáculos. “Uma grande igreja do sudoeste dos Estados Unidos instalou um sistema de efeitos especiais que custou meio milhão de dólares, capaz de produzir fumaça, fogo, faíscas e luzes de laser no auditório da igreja. A igreja enviou alguns de seus membros para estudar, in loco, os efeitos especiais de Ballys Casino em Las Vegas. O pastor terminou um dos cultos, sendo levado ao “céu” por meio de usn fiso invisíveis que o tiraram da vista do auditório, enquanto o coral e a orquestra adicionavam um toque musical à fumaça, ao fogo e ao jogo de luzes. O show foi muito bonito, mas ninguém saiu de lá arrependido de seus pecados, nem com a vida transformada pelo poder de Deus!”( fonte: http://www.sitedopastor.com.br). Portanto, todo aquele show não ajudou para pregação da Palavra do Senhor e não serviu para ajudar as pessoas em sua fé e salvação.
A pregação está em crise. O trabalho das igrejas passa por diferentes movimentos. A credibilidade da Palavra é afetada. As pessoas querem espetáculos. As pessoas se emocionam com atos como o que aconteceu com Elias que foi levado ao céu, na presença de Eliseu, com carro de fogo, cavalos de fogo, sendo levado num redemoinho. Pedro, Tiago e João ficam estupefatos e não querem mais descer do monte, ao presenciarem a transfiguração de Jesus. Aqui é bom demais. Vamos construir 3 tendas, sendo um para Jesus, outro para Moisés e outro para Elias. Jesus não concorda. E solicita segredo sobre o acontecido no monte, até a ressurreição do Filho do Homem, por que Jesus está no caminho da cruz. A cruz, ainda, é a realidade na obra de Jesus.
Entre outros, o texto bíblico 2 coríntios 4.3-6 fala de três problemas básicos para a fé e vida:
1. O Evangelho ainda está encoberto para os incrédulos. O deus deste século os seduz, e eles não percebem a luz do Evangelho da glória Cristo que é a imagem de Deus. A sua mente precisa ser arejada, aberta, para que possam ser sensibilizados e receberem a iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Cristo. O deus deste século é a realidade de cada época que ensina que as pessoas precisam pensar somente em si mesmo, além do que convém (Rm 12.3), as faz indiferentes, recolhidos na sua zona de conforto e conformistas ( Rm 12.2). “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimentais qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”.

2. Parece ter problema de credibilidade dos que ensinam a Palavra. Tem gente que acha que os pregadores estão pregando a si mesmos, querem ser famosos e se engrandecer. Os pregadores precisam se explicar, porque não está aí, pregando por conta própria. Pelo contrário, foram enviados por Deus como servos da Palavra e servos do povo de Deus, por amor de Cristo. Eles não são mais deles mesmo, mas são partes da missão de Deus. A missão não é deles, mas é missão de Deus que, por amor, quer salvador o mundo das trevas em que se meteu e que continua encobrindo corações e cegando visões. Portando, podem ser libertados das trevas. Os pregadores foram enviados para ajudar nesta missão de Deus. Paulo escreve “Porque não pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus como Senhor e a nós mesmos como vossos servos, por amor de Jesus” (v. 5)

3. Qual é a missão? Os pregadores tem as credenciais de Deus para atuarem na sua obra de salvação.
O versículo 6 resume a missão, pois, Deus mesmo disse: Das trevas resplandecerá a luz, ele mesmo resplandeceu em nosso coração, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Cristo”. A ação de Deus não é exterior, apenas, mas, é a mudança empreendida no coração e na mente. É mudança de todo ser em que as trevas e a escuridão são atingida e mudadas pelo luz da glória de Deus, na contemplação de Cristo Jesus. Os pregadores de Jesus foram atingidos pela luz e, por isso, foram enviados por Deus com a missão de, em nome de Deus e para Deus, ensinar a Palavra e testemunhar vida e salvação.

O deus deste século oferece espetáculos para encobrir a mente e levar as pessoas a continuarem na incredulidade. As pessoas desejam espetáculos, mas elas precisam reconciliação e amor. Elas levam vida atribulada. Precisam consolo e cuidado. Elas precisam perdão. Precisam vida transformada pelo amor de Deus.

Deus, no cumprimento de sua promessa, enviou seu Filho, nosso Senhor Jesus Cristo. Ele, através de seu nascimento, sua vida, seu perdão, seu ensino na fé, na prática da justiça, do amor, sua morte e ressurreição nos dá vida plena agora e depois da morte, também. Crês nisto? Então és bem aventurado. Amém.


Nº 383-HPD 2: Salmo 19 – A lei do Senhor é perfeita

CONFISSÃO DE FÉ


Depois de ouvirmos a Palavra do Senhor, estamos motivados e compromissados para confessar bem alto a nossa fé em Deus. Confessemos, pois, em conjunto e junto com toda a cristandade na terra, a nossa fé com as palavras do Credo Apostólico.

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO
Informar para onde vão as ofertas do culto de hoje. Fazer a motivação e o recolhimento das ofertas durante o canto.


Nº 419- HPD 2 – Na mesa do Senhor (durante o hino, a comunidade traz as ofertas ao altar)


ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Recolher os motivos de oração que a igreja mencionou e os que os membros trouxeram para o culto:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

Oremos:

Deus, obrigado pelo encontro e convívio, aqui neste culto, onde tu nos serviste com tua Santa Palavra, neste culto do último domingo após Epifania. Fomos muito bem servidos por ti, em tuas obras de amor. Por isso, te rendemos graças pelo nascimento, vida, ensinamento, morte e ressurreição de teu filho amado, nosso Senhor Jesus Cristo. Obrigado pela Igreja que criaste e que possibilitou que tua Santa Palavra chegasse até nós. Pedimos pelos ministros de tua Igreja para que possam ter credibilidade na pregação de tua Palavra. Obrigado pelo perdão que nos deste, por tua promessa em atender nossas súplicas pelas dores do mundo, pela pregação. Obrigado que tu permites nosso louvor através dos hinos. Graças pelo dinheiro que temos e que nos dá condições para viver melhor e te ofertar para o trabalho da tua igreja, na sociedade. Senhor, o teu povo deseja interceder e pedimos que tu ouças e atendas as intercessões, se for de tua vontade e de nossa necessidade:
(Mencionar motivos de oração da comunidade)

Deus, Senhor do universo, do mundo e de nós mesmos. Tu ouviste as orações de tua igreja. Atende-nos, se assim for do teu agrado, no plano de salvação. Ajuda-nos a reconhecer a tua revelação em Jesus Cristo. Nos cremos, mas ajude-nos em nossa falta de fé. Transforma-nos, envia-nos, ajuda-nos a descer do monte da transfiguração e a ficar com os pés no chão. Cura-nos da cegueira do deus do presente século. Esteja conosco em nossas lidas diárias e nas lutas por transformação e por vida digna, na certeza da tua glória do presente e do futuro. Por Jesus Cristo, teu amado Filho, que nos ensinou a orar a oração Pai Nosso,


PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS

Próximo Culto: ___/___/______ às ___h___ min.
Oferta último culto foi de R$ _________ - destinada para ............................................
O último culto, que foi no dia___ /____ / contou com a presença de____ pessoas..,
________________________________________________________
________________________________________________________


BÊNÇÃO
Agradecemos ao Senhor, porque ele é bom e a sua misericórdia dura para sempre. Agradecer é servir sem esquecimento, sem murmuração e em amor. Neste sentido, vamos receber a bênção do altíssimo:

Que o senhor os abençoe e guarde. Que o Senhor os guarde dos caminhos do mal, das trevas e da morte. Que o Senhor os proteja de todos os danos e perigos, de confusões e da morte. Em nome de Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.


ENVIO
O povo de Israel caminhou pelo deserto, no caminho de Deus, e foi conduzido à terra prometida, em gratidão e louvor a Deus. E agradeceu pelo que Deus fez. E nós, em todo momento, recebemos de Deus a sua graça para a vida digna. Nesta graça, vivemos e caminhamos como o povo de Deus.
Enquanto caminhamos, vamos dizer ao mundo todo que o Senhor Deus é bom, amoroso, justo e, através do perdão, mediante arrependimento, faz acontecer vida e salvação para todos os que assim o necessitarem e desejarem. Vamos em paz, na graça de Deus. Amém.

CANTO FINAL
Nº 414- HPD 2 – Cantar do amor


Autor(a): Teobaldo Witter
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Natal
Natureza do Domingo: Epifania
Perfil do Domingo: Último Domingo após Epifania
Testamento: Novo / Livro: Coríntios II / Capitulo: 4 / Versículo Inicial: 3 / Versículo Final: 6
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2015
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 31262

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Não há pecado maior do que não crermos no perdão dos pecados. Este é o pecado contra o Espírito Santo.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Ó Senhor Deus, o teu amor chega até o céu e a tua fidelidade vai até as nuvens. A tua justiça é firme como as grandes montanhas e os teus julgamentos são profundos como o mar.
Salmo 36.5-6
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br