Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

Amós 6.1a, 4-7 - 19º Domingo após Pentecostes - 29.09.2013

Caderno de Cultos 2013

29/09/2013

29/09/2013 – 19° Domingo após Pentecostes
Lc 16.19-31; 1 Tm 6.6-19 Pregação: Am 6.1a,4-7
Pa. Daiane Mariléia Baade – Gaúcha do Norte

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Bom dia (ou boa noite) a todos!
Com alegria e gratidão em nossos corações nos reunimos em culto. Alguns talvez com o coração aflito, com preocupações, com sofrimentos, mas certos de que aqui encontramos a paz que tanto ansiamos. A paz que Cristo nos deixou e que acalma nosso espírito. Que esta Paz seja conosco neste culto. Sintam-se todos acolhidos por esta Paz.
Saúdo a todos com as palavras do Salmo 119.105: “A tua palavra é lâmpada para guiar os meus passos, é luz que ilumina o meu caminho”. Que assim possamos receber a Palavra de Deus destinada a nós no dia de hoje, certos de que ela nos guia e ilumina nossos passos.

Bem-vindos e bem-vindas!

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
123 – HPD 1 – O nosso encontro

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Que a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus o Pai e a comunhão do Espírito Santo seja conosco hoje e sempre. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
85 – HPD 1 – Vem, Espírito divino

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Neste momento faremos a nossa confissão de pecados. Mas hoje ela será feita de uma forma diferente, colocando-nos de pé cantemos o hino 150 - HPD 1 – “se sofrimento te causei Senhor”, e enquanto cantamos somos convidados a refletir sobre os pecados que cometemos diante de nosso próximo e de Deus.

(canta-se o hino)

ANÚNCIO DO PERDÃO
“Buscar-me-eis e me achareis quando me buscares de todo o coração”( Jr 29.13) Com essa palavra de Jeremias percebemos que Deus ouve-nos e nos quer junto dele. E na palavra de Jesus dita ao paralítico em Mt 9.2 encontramos o consolo para nossos pecados, pois ela nos diz: “Tem bom ânimo, os teus pecados estão perdoados.” Amém.

KYRIE
Clamemos ao nosso Deus pelas dores do mundo sobre as quais não temos controle: violência, guerras, a natureza que geme com frio e calor, as injustiças sociais, a falta da dignidade humana que se percebe na miséria, na pobreza... Que Deus tenha piedade de todos os gemidos e clamores do mundo. Cantemos

Tem, Senhor piedade...

GLÓRIA IN EXCELSIS
Deus ouve nossos clamores e nos dá muitos mais motivos para sorrir e ter o coração em gratidão do que podemos contabilizar, por essa paz

253 – HPD 1 – Glorificado seja teu nome

ORAÇÃO DO DIA
Senhor nosso Deus, dá que neste culto possamos juntos ouvir tua palavra com sabedoria e discernimento, que elas nos toquem a ponto de sairmos daqui e fazermos a diferença onde nossos pés nos levarem. Que sejamos sempre fiéis a ti, buscando tua orientação em todos os momentos de nossa vida. Guarda-nos hoje, como guardaste teu povo amado e assim colocamo-nos sob tuas mãos. Por Cristo. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: 1 Tm 6.6-19

2ª Leitura Bíblica: Lc 16.19-31

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
197 – HPD 1 – Buscai primeiro

PREGAÇÃO
Leitura do texto de Amós 6.1a, 4-7

“Que a graça de nosso senhor Jesus Cristo, o amor de Deus o pai, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos. Amém.”
Estimados irmãos e irmãs na fé em Cristo!
O texto de hoje nos remete a relembrarmos quando éramos crianças: quantas vezes o pai ou a mãe disseram “aiaiai”? Esses “ais” que ouvimos no texto de Amós tem o mesmo sentido desses “ais” de criança, algo errado aconteceu ou está para acontecer e os “ais” servem de alerta para isso. Deus está chamando a atenção de seu povo, inclusive a nossa hoje, para mostrar ou dizer que algo está errado na forma de vida cristã.
Vamos por partes...
A grande maioria das pessoas supõe que zelo e fervor nas atividades da igreja garantem sua aceitação por Deus. Que isso basta para “comprar” a salvação oferecida por Deus a nós em Cristo. Porém, ouçam as palavras de Jesus: Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.” (Mt 7.21).
Amós profetizou durante uma era de paz e prosperidade em Israel. O povo se sentia seguro, pois mantinha uma vida espiritualmente ativa e oferecia sacrifícios constantemente. Mesmo assim, Amós repreendia o povo tentando fazer com que eles mudassem de atitude. Cerca de quarenta anos depois de Amós ter falado, a nação de Israel foi derrotada e exilada, justamente como ele havia previsto. O que aconteceu?
Precisamos analisar os fatores que levaram à rejeição da adoração do povo na época de Amós.
Interesseira - Hoje em dia, muitos buscam adorar a Deus do modo que lhes convêm. Eles até admitem que procuram uma igreja onde possam sentir-se confortáveis, uma na qual sintam que se ajustam perfeitamente. Eles buscam formas de adoração que pareçam estimulantes e que lhes deem satisfação. As igrejas se acomodam buscando satisfazer os desejos dos adoradores. Mas onde está o Senhor em tudo isto? Por definição, a meta da adoração é agradá-lo. Faz pouca diferença quão satisfeitos possamos estar.
Injusta - Praticava-se injustiça entre o povo, muitos eram escravizados – assim como eles mesmo foram escravizados quando estavam no Egito antes de Moisés libertá-los –. Havia uma diferença de classes dominantes e dominadores muito clara. O poder, a riqueza estava tomando conta da vida do povo de Deus. Não era essa a vontade de Deus e por isso ele chama a atenção com os “ais”.
O povo de Israel não ouviu as profecias e pregações de Amós e por isso tiveram a sua consequência, e nós hoje? Nós ouvimos a verdade sobre o que Deus quer de nós?
O texto pode ser aplicado ao povo na época de Amós, contudo hoje em dia nós não agimos muito diferente disso. Também buscamos muitas vezes manipular Deus conforme os nossos desejos e planos, tentando transformá-lo em marionete em nossas mãos. Somos tão interesseiros quanto o povo de Israel. Além disso, também a diferença das classes sociais não nos afeta hoje. Cada um está preocupado com seu umbigo e o outro que se vire para conseguir seu ganha pão. Somos tão egoístas quanto eles foram, buscando satisfazer somente nossas vontades.
A parábola do rico e de Lázaro e as próprias palavras ditas por Paulo a Timóteo são também indicativos de que o poder, a riqueza, a luxúria são coisas que levam a desgraça. De nada nos basta ter tudo, ir aos cultos e ofertar conforme a igreja prega se de coração estamos endurecidos e acreditando que isso irá aquietar Deus. Deus se alegra e se enobrece muito mais com um coração sincero e que busca a Ele em primeiro lugar. Que os ricos saibam que de nada adianta acumularem bens aqui na terra se para onde eles vão não faram uso disso.
Porque nós somos tão sedentos por dinheiro, por poder, tão gananciosos? De nada isso nos adiantará.
Por graça divina Deus chama a atenção antes de tomar qualquer decisão. Como um pai primeiro dá o aviso “aiaiai” antes do castigo propriamente dito, assim Deus avisou seu povo através de Amós. Esse povo não ouviu as profecias de Amós e sofreu as consequências de seus atos. Nós hoje estamos sendo alertados também. Se nossa busca maior é por adquirir bens aqui na terra, sem olhar nosso próximo que sofre, nós também sofremos as consequências de nossos atos.
Deus nos quer vivendo bem sim. Que aprendamos a cuidar uns dos outros, que aprendamos a compartilhar o que temos, que aprendamos a ser servidores e não que sejamos sempre servidos. Tudo isso ele nos ensinou através de sua encarnação em Cristo. Não há exemplo maior de humildade e amor incondicional do que este. Que isso nos sirva de exemplo no nosso dia-a-dia. Que a cada momento possamos nos perguntar: “o que Jesus faria nesse caso?” e assim seguir nosso caminho nos passos de Cristo, certos de que Deus tem preparado para nós algo grandioso, assim como Cristo foi glorificado, nós também o seremos se cumprirmos os mandamentos de nosso Deus. Essa é nossa esperança. Amém.
HINO
195 – HPD 1 – Meu irmão tu precisas falar com Jesus

CONFISSÃO DE FÉ
Após ouvir a pregação, confessemos nossa fé em Deus através das palavras do Credo Apostólico.

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
237 – HPD  – Graças dou

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
BÊNÇÃO
Benção Irlandesa
Deus te dê para cada tempestade um arco-íris;
Para cada lágrima um sorriso;
Para cada inquietação uma esperança;
Em cada dificuldade uma ajuda;
Em cada problema na vida um amigo para compartilha-lo;
Para cada gemido uma cantiga;
E para cada oração uma resposta. Deus te abençoe hoje e sempre. (+) Amém.

ENVIO
Vão na paz de Cristo, sejam testemunhas de seu amor. Anunciem a todos que Jesus está entre nós. Bom domingo e abençoada semana a todos.
CANTO FINAL
264 – HPD 1 – Nome sobre todo nome
 


Autor(a): Daiane Mariléia Baade
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Testamento: Antigo / Livro: Amós / Capitulo: 6 / Versículo Inicial: 4 / Versículo Final: 7
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2013
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 23162

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Consulta, primeiro, a palavra do Senhor.
2Crônicas 18.4
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Ninguém pode louvar a Deus a não ser que o ame.
Martim Lutero
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br