Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

Deuteronômio 18.15-20 - 4º Domingo após Epifania - 01.02.2015

Caderno de Cultos 2015

01/02/2015

01/02/2015 – 4° DOMINGO APÓS EPIFANIA
1Coríntios 8.1-13; Marcos 1.21-28; Pregação: Deuteronômio 18.15-20
Fabiani Appelt – Água Boa - MT

     LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
“Faze-me ouvir, pela manhã, da tua graça, pois em ti confio; mostra-me o caminho por onde devo andar, porque a ti elevo a minha alma” Sl 143.8 Com estas palavras do salmista acolho a todos e desejo um bom dia (boa noite) e que o bondoso Deus nos presenteie com o que precisamos neste momento e na sua casa viemos buscar.

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
323 – HPD 2 – O Profeta

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Reunimo-nos aqui em nome e na presença do Trino Deus, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém

CANTOS DE INVOCAÇÃO
318 – HPD 2 – Vem, Espírito de Deus

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Cantar ou recitar junto com a comunidade o hino 147 do HPD 1

ANÚNCIO DO PERDÃO
Palavras de Timóteo nos dizem: “O Senhor me livrará de todo o mal e me levará em segurança para o seu Reino celestial. A Ele seja dada a glória para todo o sempre! Amém!” 2Tm4.18 Somos perdoados por graça e misericórdia de Deus, assim sendo recebam o perdão em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo (+). Amém.

KYRIE
Junto com todas as pessoas que sofrem clamemos a Deus por piedade cantando: Pelas dores deste mundo, ó Senhor...

GLÓRIA IN EXCELSIS
Louvemos a Deus que nos ouve e vem para estar conosco cantando, Glorificado... hino 253

ORAÇÃO DO DIA
Misericordioso e benigno Deus, nosso Pai por Jesus Cristo. Agradecemos-te, de coração, por poder estar aqui juntos para adorar e ouvir. Agradecemos-te por pertencer ao povo de Jesus. Não vivemos só de pão. Precisamos de tua palavra para viver. Dá-nos, Senhor, o que precisamos para viver. Conforta e fortalece-nos no caminho da fé e da obediência. Por Jesus Cristo nosso Senhor. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Deuteronômio 18.15-20

2ª Leitura Bíblica: 1 Coríntios 8.1-13

Aclamação do Evangelho: Aleluia

3ª Leitura Bíblica: Marcos 1.21-28

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
379 – HPD 2 – Estou pronto Senhor

PREGAÇÃO
Estamos no 4° domingo após Epifania. Nele celebramos a manifestação de que Jesus é o Messias enviado por Deus para salvar o mundo. A criança nascida em Belém era bem mais do que uma simples criança. Nela se cumpria à promessa do envio de um profeta semelhante a Moisés, feita anos antes. Que profetas era esse?
1 – Um profeta revelador: Nos tempos do Antigo Testamento, as pessoas tinham um profundo interesse por revelações a respeito do futuro. Por isso tinham enorme sucesso as pessoas que eram consideradas possuidoras de poderes espetaculares para fazer “presságios, oráculos, adivinhações e magias ou que praticavam encantamentos, que interrogavam espíritos ou adivinhos, ou ainda que invocavam os mortos” (Dt18.10,11). Tudo isso era muito comum, tanto entre os egípcios como entre os cananeus e mesopotâmios.
Contra toda essa prática religiosa colocou-se a vontade de Deus. No meio de Israel, todas essas práticas religiosas ligadas às revelações sobre o futuro foram interditadas. No lugar delas foi colocada a revelação de Deus e de sua vontade para o seu povo. Deus revelou-se como libertador e estabeleceu suas leis para o seu povo.
Foi nessa linha que atuou Jesus. Como profeta prometido, ele nos revelou quem é Deus e o que Deus quer de nós. No entanto, ironicamente, nos dias de hoje, em muitas igrejas, profetas e profetisas apresentam-se em nome de Deus com presságios, oráculos e adivinhações. Em tal situação, temos de resgatar a face reveladora de Deus e de sua vontade no semblante de Jesus de Nazaré, o profeta semelhante a Moisés. Como fazê-lo em nosso dia a dia?
2 – Um profeta intercessor: Nos tempos do Antigo Testamento, também era relativamente comum à prática de sacrifícios humanos. Eles eram realizados como forma extremada de pressionar os deuses, a fim de que atendessem aos pedidos dos seus fiéis. No lugar da realização de sacrifícios humanos, o povo de Israel contou com Moisés, que muitas vezes intercedeu em seu favor. Moisés chegou ao ponto de pedir que Deus riscasse seu próprio nome do “livro que escreveste” se não perdoasse o seu povo (Ex 32.32). No mesmo sentido atuou Jesus. Ele intercedeu por seus seguidores (Jo 17). Não somente orou em seu favor, mas entregou sua própria vida por nós. E, ressuscitado e elevado à presença de Deus, Jesus continua a interceder por nós (Rm 7.34).
Infelizmente, ao longo da história, a igreja tem inventado outros intercessores junto a Deus. Mesmo em nossos dias, líderes religiosos apresentam-se como intercessores os quais Deus atende e conquistam muitos adeptos. Diante disso, temos de resgatar a face intercessora de Jesus de Nazaré, o profeta semelhante a Moisés. Como fazê-lo em nosso dia a dia?
3 – Um profeta libertador: Foi essa a grande missão desenvolvida por Moisés. Coube a ele enfrentar os poderes dos opressores que mantinham o povo de Israel no cativeiro. Coube também a ele conduzir o povo da terra da opressão para a terra libertação. Também foi essa a missão desenvolvida por Jesus de Nazaré. E uma demonstração de sua atuação como profeta libertador foi dada exatamente no inicio do seu ministério em Cafarnaum, quando libertou um homem que vivia sob a opressão de um espírito impuro.
Não foi, porém, só nesse momento que Jesus atuou como libertador. Durante todo o seu ministério, ele enfrentou os poderes opressores do seu tempo. Não foi por acaso que se uniram contra ele as forças políticas e religiosas de seu tempo. Assim como Moisés enfrentou toda a oposição do faraó, também Jesus sofreu o combate sem tréguas dos escribas, fariseus e sacerdotes, que o entregaram, finalmente, nas mãos dos romanos.
Ao longo do tempo, porém, a atuação de Jesus como profeta libertador foi sendo obscurecida pelos poderes deste mundo. Poderes políticos, econômicos e ideológicos formaram um grande conluio para deformar sua apresentação. E, infelizmente, até mesmo a igreja, muitas vezes, tem tomado parte nessa conspiração. Precisamos resgatar a face libertadora do Jesus de Nazaré, o profeta semelhante a Moisés, suscitado por Deus do meio do seu povo. Como fazê-lo em nosso dia a dia? (Texto de Gerson Correia de Lacerda)
Que Deus nos ilumine em nossa tarefa de resgatar a sua face reveladora e ver a sua vontade na face de Jesus. Dê-nos confiança para resgatar a face intercessora e nos dê sabedoria para resgatar a face libertadora de Jesus. E nos dê animo e coragem para viver isso em nosso dia a dia. Amém.
HINO
413 – HPD 2 – Senhor, se tu me chamas

CONFISSÃO DE FÉ
Unidos confessemos a nossa fé com as palavras do Credo Apostólico.

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
166 – HPD 1 – Dá-nos olhos claros

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
O oficiante dá os motivos e a comunidade ora em silencio:
Exemplos:
Agradecer pela vida, pela família, pela palavra de Deus lida e refletida.
Agradecer pelo pão de cada dia.
Agradecer e pedir pelos aniversariantes.
Pedir pela Igreja suas lideranças e seus ministros.
Pedir pelas autoridades do país e do mundo.
Pedir pelas pessoas doentes e enlutadas.
Incluir também os pedidos e agradecimentos levantados pela comunidade.
E terminar orando o PAI NOSSO...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
BÊNÇÃO
Bênção Cantada:
Daqueles que estão a minha frente, cuida bem Senhor.
Daqueles que me seguem no caminho, cuida bem Senhor.
Daqueles que se encontram ao meu lado, cuida bem Senhor.
E caso for também do teu agrado, cuida bem de mim Senhor.
Daquelas que estão a minha frente, cuida bem Senhor.
Daquelas que me seguem no caminho, cuida bem Senhor.
Daquelas que se encontram ao meu lado, cuida bem Senhor.
E caso for também do teu agrado, cuida bem de mim Senhor.

ENVIO
Ide em paz e servi ao Senhor com alegria. Desejo a todos, uma semana abençoada.

CANTO FINAL
368 – HPD 2 – Paz, paz de Cristo


Autor(a): Fabiani Appelt
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Natal
Natureza do Domingo: Epifania
Perfil do Domingo: 4º Domingo após Epifania
Testamento: Antigo / Livro: Deuteronômio / Capitulo: 18 / Versículo Inicial: 15 / Versículo Final: 20
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2015
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 31261

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Cada qual deve se tornar para o outro como que um Cristo, para que sejamos Cristos um para o outro e o próprio Cristo esteja em todos, isto é, para que sejamos verdadeiros cristãos.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Tu és o meu Senhor. Outro bem não possuo, senão a ti somente.
Salmo 16.2
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br