Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

Romanos 3.19-28 - Dia da Reforma - 31.10.2015

Caderno de Cultos 2015

16/06/2015

31/10/2015 – Dia da Reforma
Pregação: Rm 3.19-28; Leituras: Jr 31.31-34; Jo 8.31-36
Miss. Dulcenelda Schneider– Matupá - MT

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Damos as boas vindas a todos que estão aqui reunidos para celebrar este culto. Hoje lembramos o Dia da Reforma, dia em que Martim Lutero pregou as 95 teses na porta da igreja de Wittenberg na Alemanha, o que marcou o início do Protestantismo no mundo. A fé de um homem marcou a história da igreja cristã. A sua fé estava baseada no Deus que quer sempre se comunicar com seu o seu povo. Foi lendo as Escrituras Sagradas, Romanos 1.17 “O justo viverá por fé” que Lutero foi impactado pelo Evangelho.
Que este mesmo Evangelho possa impactar nossas vidas no dia de hoje.

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
337 – HPD II– Reunidos aqui

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Estamos reunidos em nome de Deus Pai, Filho e Espirito Santo. Amem.
O nosso auxílio está no Senhor que fez o céu, a terra e tudo o que neles há.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
332 – HPD II – Deus está aqui

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Senhor nosso Deus, reconhecemos que Tu és um Deus Santo e Justo, que não te agradas quando em nosso viver diário nos comportamos de maneira indigna, contrariando a sua Boa e Santa e Agradável vontade. Senhor, quantas vezes, seja consciente ou mesmo sem perceber, fazemos aquilo que reprovas. Não demonstramos o nosso amor a ti e muito menos ao nosso próximo. Reconhecemos nossa culpa imploramos teu perdão. Fazemos isso na certeza de que Tu és um Deus rico em graça e misericórdia. Tu nos amas e estás pronto a perdoar os que em arrependimento confessam os seus pecados. Nessa certeza é que te pedimos. Perdoa-nos Senhor.

ANÚNCIO DO PERDÃO
Em 1 João 1.9 lemos: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda a injustiça”. Que os nossos corações encontrem descanso e paz nessa promessa.

KYRIE
Queremos clamar pelas dores do nosso mundo cantando:
Pelas dores deste mundo .... (Rodolfo Gaede)

GLÓRIA IN EXCELSIS
Cantemos ao nosso Deus glorificando o seu santo nome, porque Ele nos ouve e nos move a sermos diferentes nesse mundo.
Glória, glória, glória a Deus nas alturas. Glória, glória, paz entre nós, paz entre nós.

ORAÇÃO DO DIA
Neste dia Senhor, mais uma vez estamos aqui reunidos, como Igreja para buscar e ouvir tua voz, queremos te agradecer pela maneira amorosa e protetora com que tens cuidado do teu povo. Independente das circunstâncias, tu és a rocha firme onde podemos firmar nossos pés vacilantes e por vezes cansados. Agradecemos-te por este dia e por este culto. Que tu estejas nos abençoando e fortalecendo nossa fé por meio da tua palavra. Que sejamos animados e capacitados por teu Santo Espírito, a fim de que estejamos animados a darmos testemunho do teu amor a toda pessoa que encontrarmos. Nossa vida e tudo o que temos e somos dedicamos a ti Senhor neste momento. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Jeremias 31.31-34

2ª Leitura Bíblica: João 8.31-36

3ª Leitura Bíblica: Romanos 3.19-28

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
176 HPD I – Deus teu amor é qual paisagem bela

PREGAÇÃO
Podemos dividir a prédica em três partes, naturalmente interligadas:
Meditemos sobre estas três partes.
1. A realidade do homem pecador, confrontado com as exigências do juízo da lei.
Qual é nossa verdadeira situação perante Deus? Já enfrentamos esta pergunta em toda a sua seriedade? Adão onde estás? Velho truque do homem de esconder-se de Deus, de usar máscaras e fantasias que escondem sua verdadeira face. O povo diz (e nós, no íntimo, concordamos) que há pessoas ruins e há pessoas boas - há os que prestam e há os que não prestam. Nós todos, por nossa educação e pelo ambiente em que vivemos, estamos inclinados a pensar como fariseus: Quem cumpre as leis, quem vive dentro das conveniências humanas - ele é um homem direito, justo - ele é assim como Deus o quer. De vez em quando acontece uma coisa que perturba este farisaísmo natural (comerciantes honestos se envolvem em fraude gigantesca; um pai de família exemplar é desmascarado como frequentador de casas noturnas; políticos descobre-se que são desonestos estão desviando dinheiro dos cofres públicos.... é claro - mas isto deverão ser exceções. Os outros, os que apontam o dedo, os que vêm com a vassoura - eles terão a barra limpa...).
O apóstolo Paulo, neste particular, afirma uma coisa chocante: Diz que todos os homens são condenados - por não terem cumprido a vontade de Deus. Diz que as diferenças que nós fazemos não resolvem nosso problema perante Deus. Tira a máscara honrada e piedosa de todos - inclusive a própria. Sim - Deus precisa desmascarar o homem para poder falar com ele. Deus não diz: Esforça-te um pouco mais; dá um jeito neste defeito ou naquele vício! Deus não é como um curandeiro que trata um caso de câncer com aspirina ou melhoral. Quando ouvimos a palavra de Deus, a seriedade de seu juízo, a santidade de sua vontade - e quando olhamos para dentro de nós mesmos, então notamos que chegamos ao fim da picada. Notamos que bem no íntimo somos errados, inimigos de Deus - que não somos honestos nem para com Deus nem para conosco mesmos.
Quando o homem descobre a verdade sobre si mesmo, ele pode ser levado ao desespero. Ele se vê afundando no banhado. Talvez tente erguer-se nos próprios cabelos - por obras próprias mas verá que não dá. O balanço geral que a morte um dia apresentará referente a nossa vida o revelará: Por nós mesmos somos homens falidos.
2. A realidade de Cristo e de sua obra redentora - e a fé que o aceita - sem olhar para as obras. Mas agora. Mas agora foi revelada a justiça de Deus. É como se nascesse o sol, após longa noite escura. A justiça de Deus foi revelada. Ela sempre existiu, mas o homem não tinha parte nela. O homem procurou cobrir-se com os farrapos de sua própria justiça. Agora acontece o milagre que Deus não guarda sua justiça para si. Ele a passa adiante, oferece-a de graça, aos pequenos e grandes pecadores. E não é só por palavras e ofertas que o faz. Ele revela sua justiça em carne e sangue - em Jesus Cristo, seu amado Filho. O que Deus faz para salvar o homem perdido e falido é tão simples, tão claro que depois de o aceitarmos não podemos mais entender como antes tínhamos tentado ser nossos próprios salvadores. Deus diz: Eu vejo que tu não podes. De teu lado não podes ter comunhão comigo, porque tu não és santo, e eu sou. Mas eu posso o que tu não podes. E eu não quero guardar minha justiça para mim; eu te amo, eu te aceito, assim como és. Eu me aproximo de ti; em Jesus eu entro na fila dos pecadores, torno-me teu irmão que sofre por ti, que dá a vida por ti na cruz. Eu só quero a tua fé. Só quero que aceites o que fiz por ti. Entrega-te sem reserva e deixa o resto por minha conta. Eu paguei a conta que tu devias. Não fiquei mais pobre por isso. Fiquei mais rico, porque agora eu tenho a ti. Pela fé em Cristo tu passaste a ser meu filho. Como filho tens parte na herança. Deixa os teus trapos, os teus trocadinhos, deixa o orgulho tolo de tuas obras de auto projeção. Toma o vestido branco de minha justiça - toma conta da herança, da graça - sem condições: crê, recebe, vai andando pelo caminho de liberdade que eu abro em tua frente...

3. A nova vida do crente justificado, que dá a honra a Deus.
Talvez dirás: Mas se eu soltar tudo o que fiz, se soltar minhas obras, meu status, meu nome - o que ainda sobrará? Ainda serei eu mesmo? O homem não precisa realizar-se, fazer a sua vida, projetar-se para fora, ser honrado pelos seus semelhantes? Se eu abandonar tudo isso, não passarei a ser um zero? Eu não preciso jactar-me, orgulhar-me do que sou e do que fiz, apontando para o saldo de minha luta? Não há tanta gente que não é nada, porque não crê em si mesmo, porque não tem nada a apresentar de seu...?
Deus diz: Não temas. Eu não quero que tu sejas um zero. Quero que tenhas a honra de um filho amado meu. Quero que participes de minha glória. Crê - aceita a salvação - segue a Jesus - e encontrarás a ti mesmo. Não olharás mais para o saldo de tuas boas obras, identificando-te com o que fizeste, mas olharás para a minha face, e assim encontrarás a tua própria face, vendo a vida e o mundo com outros olhos. E como se tivessem tirado de teus ombros um peso insuportável. Agora podes andar de leve, livre da tarefa torturante de teres de fabricar tua própria justiça. Podes andar alegre, respirar em liberdade. Poderás agir como Deus: identificando-te com homens falhos e pecadores, amando-os, anunciando-lhes a justiça que vem da fé. Poderás viver a minha justiça - já no teu dia a dia, hoje. E deverás vive-la por toda a eternidade, como membro de meu povo bem-aventurado.
Que Deus nos abençoe. Amém
(Prédica do pastor Lindolfo Weingärtner)
HINO
174 – HPD I – Por tua mão me guia

CONFISSÃO DE FÉ
Como resposta a Palavra de Deus, queremos confessar a nossa fé, com as palavras do Credo Apostólico,

Creio em Deus Pai, ...
CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
286 – HPD I – Obrigado Pai Celeste


ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

Senhor nosso Deus, obrigado porque vieste até nós por meio do teu Filho Jesus Cristo, nos revelaste a tua vontade e a tua presença. Obrigado porque vieste nos chamar para junto de ti e não nos deixastes sozinhos, antes, usaste da tua misericórdia para conosco e nos ofereceste a oportunidade de receber a benção eterna de Deus. Queremos neste momento interceder pelas...... que carecem da tua presença e do teu amor. Olha pelo nosso país e pelas nossas cidades, ajuda-nos na tarefa de anunciar a tua salvação por meio de nossas mãos, seja na oração, como no testemunho concreto de nossa fé em Jesus Cristo, para que as pessoas ao nosso redor encontrem o caminho de volta junto a ti. Tudo o mais queremos colocar diante de ti e orar a oração que o teu Filho Jesus Cristo nos ensinou .....

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Que o Senhor te abençoe e te guarde, que o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti; que o Senhor levante o seu rosto sobre ti, e te dê a paz. Amém

ENVIO
Vão na paz de Cristo, sirvam a Ele com amor, fidelidade e alegria. Amém

CANTO FINAL
184 – HPD I – Vamos nós trabalhar
 


Autor(a): Dulcenelda Schneider
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Dia da Reforma
Natureza do Domingo: Dia da Reforma

Testamento: Novo / Livro: Romanos / Capitulo: 3 / Versículo Inicial: 19 / Versículo Final: 28
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2015
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 33725

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Procuremos sempre as coisas que trazem a paz e que nos ajudam a fortalecer uns aos outros na fé.
Romanos 14.19
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Deus diz: Não fiquem com medo, pois estou com vocês. Eu lhes dou forças e os ajudo.
Isaias 41.10
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br