Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

Gálatas 1.11-24 - 3º Domingo após Pentecostes - 05.06.2016

Caderno de Cultos 2016

05/06/2016

05/06/2016- 3º Domingo após pentecostes
Pregação: Gl 1.11-24; Leituras: 1Rs 17.17-24; Lc 7.11-17
P. Ricardo Arndt – Porto dos Gaúchos - MT

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA

Bom dia, sejam todos (as) bem vindos (as) a este culto.
Somos acolhidos com as palavras de Filipenses 2.9-10: Deus deu a Jesus Cristo o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra.

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
HPD 2 – 333 – Estamos aqui Senhor

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO

Reunimo-nos aqui em nome do trino Deus, Pai, Filho e Espírito Santo, Amém!


CANTOS DE INVOCAÇÃO
HPD 2 - 332 - Deus está aqui

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
(Convide para que em silêncio cada pessoa chegue à presença de Deus colocando os seus erros e falhas, e logo após este período de oração individual, conclua a oração).

ANÚNCIO DO PERDÃO
Eu disse: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões; e tu perdoastes a iniquidade do meu pecado. Salmo 32.5b

KYRIE
Olhamos para o mundo que nos rodeia, e podemos observar catástrofes, desigualdade, injustiça, e como comunidade somos chamados a clamar a Deus pelo sofrimento de nossos irmãos e irmãs em Cristo. Queremos clamar a Deus cantando:
“Pelas dores deste mundo, ó Senhor…”

GLÓRIA IN EXCELSIS
Glorificamos a Deus com alegria cantando:
HPD 2 – 345 - Glória


ORAÇÃO DO DIA
Deus, nosso pai e salvador. Cremos que em todos os momentos tu estás ao nosso lado, nos acompanhando dia após dia, segundo após segundo. Ajuda-nos a ouvir e aceitar a tua palavra, para que a mesma possa ser conforto e ânimo aos que sofrem, reconciliação para os que se afastaram de ti, momento de reflexão á aqueles que ainda não te conhecem como Senhor e salvador e palavras de amor, estímulo, para aqueles que te buscam.
Vem ao nosso encontro, Amém!

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: 1Rs 17.17-24

2ª Leitura Bíblica: Lc 7.11-17


CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
HPD 2 - 380 - A tua palavra

PREGAÇÃO
Gálatas 1.11-24
A bíblia de estudo Almeida, traz como titulo do texto sugerido para meditação: O evangelho que Paulo recebeu e pregou. Já a Bíblia NVI, traz como título: Como Paulo se tornou apóstolo.
Indiferente dos títulos usados para descrever o assunto da perícope, nota-se que nos versículos 11 à 24, o apostolo Paulo afirma que o evangelho que ele anunciava não era de origem humana, porque não recebeu, nem aprendeu de homem, mas mediante revelação de Jesus Cristo.
Após afirmar o que ele está pregando/anunciando aos povos, Paulo faz uma autobiografia de sua história de vida, falando do antes, durante e depois de aceitar Jesus Cristo como Salvador.
Antes, durante e depois da conversão de Paulo quer ser a linha mestre de nossa meditação:

Antes da Conversão:
Nos versículos 13 e 14, o apóstolo Paulo fala de como era sua vida e como ele agia dentro do Judaísmo. Como judeu, Paulo perseguia a igreja, ou seja, caçava os cristãos. Também em Atos 8.3 encontramos relatos da crueldade que Saulo, (como era chamado antes da sua conversão) odiava, perseguia e maltratava os cristãos.
Em Atos 8.3 encontramos detalhes de como Saulo agia: assolava a igreja, entrando pelas casas e arrastando homens e mulheres, encerrava-os no cárcere. Também em Atos 26 especificamente nos versículos 9 -11 nota-se a atitude de Paulo para com os cristãos. Na verdade, a mim me parecia que muitas coisas devia eu praticar contra o nome de Jesus, o Nazareno; e assim procedi em Jerusalém. Havendo eu recebido autorização dos principais sacerdotes, encerrei muitos dos santos nas prisões; e contra estes dava o meu voto, quando os matavam. Muitas vezes, os castiguei por todas as sinagogas, obrigando-os a blasfemar, e demasiadamente enfurecido contra eles, mesmo por cidades estranhas os perseguia.
Talvez neste momento surge uma pergunta. Porque Paulo, ou Saulo como anteriormente era chamado agia com tanto ódio e violência? O próprio Paulo diz que ele era extremamente zeloso nas tradições do Judaísmo. Em Atos 26.5 Paulo afirma diante do rei Agripa que ele viveu fariseu conforme a seita mais severa da sua religião.

Conversão:
Por intervenção divina, Saulo compreende os ensinamentos de Jesus Cristo. No texto temos um contraste entre o que Saulo fazia dentro do Judaísmo e o que Deus é e fez por ele através do evangelho de Jesus Cristo. Ele muda o discurso de “eu” para “Deus”.
Deus o separou: Antes de ele nascer, ou seja, Deus o escolheu deste o ventre de sua mãe. Deus o chamou: Por meio da sua graça. Imerecida graça, Deus o alcançou, quando Paulo menos esperava. Paulo não estava preocupado com o amor de Cristo, tanto que não pede e nem busca o amor de Cristo. Mas Cristo em sua graça, misericórdia, amor, o encontra e o transforma.
Deus separou, Deus o chamou e para Paulo Deus se revelou por meio de Seu filho Jesus Cristo e por meio do chamado e revelação, Paulo passou a testemunhar e pregar para os gentios.

Após a Conversão:
Nos versículos seguintes (16- 24) Paulo demonstra sua vocação e deixa claro que a transformação de vida e a mensagem que proclama não foram intermediadas por homem algum. V.16b-17- Não procurou os apóstolos em Jerusalém. V.18-20 - Conheceu os apóstolos somente 3 anos depois em Jerusalém quando retorna a Arábia. V.21-22 - Passou um tempo na Síria e Cilícia antes de iniciar seu ministério público. V.23-24 - A igreja foi informada de sua conversão e glorificava a Deus por isso.
Este texto da autobiografia da vida de Paulo, antes, durante e depois da conversão, quer ser um bom convite para refletirmos como nós estamos e nos encontramos diante de Deus.
Como Paulo testemunhou, também eu e você somos convidados a testemunhar, o amor incondicional de Deus por meio de Jesus Cristo revelado e concedido a todo nós.
Quando questionado, Paulo não ficou quieto ou inventou desculpas e mentiras, mas afirma que Deus o separou e o chamou para seguir um caminho oposto do qual estava. De perseguidor, torna-se proclamador.
Talvez neste dia, por algum motivo também estamos andando nos caminhos opostos a vontade de Deus. A palavra quer ser um bom convite para compreendermos que sempre de novo Cristo quer transformar a nossa vida, assim como fez com Paulo. Deus separa, Deus o chama, e para nós Deus também quer se revelar por meio de Seu filho Jesus Cristo.
Amém.


HINO
HPD 2 - 410 - Meu bom pastor sabias que me perdi

CONFISSÃO DE FÉ
Motivação para Confissão de fé.

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº - HPD 2 – 460 – Conta as bênçãos


ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________


PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Bênção

ENVIO
Envio

CANTO FINAL
HPD 2 - 350 - Que a graça


 


Autor(a): Ricardo Arndt
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Tempo Comum
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 3º Domingo após Pentecostes
Testamento: Novo / Livro: Gálatas / Capitulo: 1 / Versículo Inicial: 11 / Versículo Final: 24
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2016
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 36453

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Eu recomendo que ninguém exponha os seus filhos a lugar algum no qual a Escritura Sagrada não reina.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Ajuda-nos, Senhor, nosso Deus, porque em ti confiamos.
2Crônicas 14.11
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br