Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592 | (65) 9840-66020 | (65) 9846-83271
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

Hebreus 1.1-4(5-12) - 1º Domingo após Natal - 29.12.2013

Caderno de Cultos 2013

29/12/2013

29/12/2013 – 1º Domingo após Natal 
Is 52.7-10; Lc 2 (1-7) 8-20; Pregação: Hb 1.1-4 (5-12)
Missª Tatiane F. Ertmann Stele – Cachoeira da Serra - PA

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Bom dia (ou boa noite) a todos. Sejam todos bem vindos a este culto. Quero saudar a comunidade com as palavras de Apocalipse 4.8: “Santo, santo, santo é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, que era, que é e que há de vir”. Neste tempo de Natal, queiramos reafirmar a nossa fé neste Deus presente, que existe desde sempre e vive de eternidade a eternidade. Ao Deus Santo e Poderoso queremos dedicar as nossas vidas, e honrá-lo e agradecer-lhe pelo dom da vida eterna que somente Ele é capaz de nos conceder. Que Deus nos abençoe nesse culto. Amém!

Agradecemos a todos e a todas que nos visitam. Sejam bem-vindos/as. É uma alegria tê-los/as conosco. O nosso desejo é que vocês sintam, por meio da nossa comunidade, o amor do próprio Deus. E que desejem estar conosco muitas outras vezes.

CANTO DE ENTRADA
14 – HPD I – Cantai Cristãos

Ou: Nº ____________________________________________________
SAUDAÇÃO
Celebramos este culto em nome do Deus Triuno, que é Pai, Criador de tudo o que há que é Filho, Jesus, o Salvador que vem a nós, que é Espírito Santo, nosso Ensinador e Inspirador.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
124 – HPD I – Deus está presente

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
No Salmo 97.9-10 lemos: “Ó Senhor, Deus Altíssimo, tu governas o mundo inteiro, tu estás acima de todos os deuses. Vocês, que amam a Deus, o Senhor, odeiem o mal; ele protege a vida dos que lhes são fiéis e os livra do poder dos maus” (NTLH). Inspirados por estas palavras do salmista, convido a todos a ficarmos um tempo em silêncio e expressar diante de Deus o peso da culpa que carregamos por causa dos nossos pecados. Este tempo é a oportunidade que temos de dizer a Deus o quanto o amamos e o quanto sentimos quando falhamos em pensamentos, palavras e ações que O desagradam. É oportunidade de nos lançar aos pés de Jesus e implorar seu perdão.

ANÚNCIO DO PERDÃO
Jesus Cristo veio à nós, para nos acolher nos seus braços de amor. Por causa da sua vinda, nós temos o privilégio de receber perdão, salvação e vida eterna. Desta forma, podemos ter a certeza, aqueles que com o coração sincero pediram perdão, da parte de Deus o recebem.

KYRIE
Como filhos e filhas de Deus não queremos ser indiferentes aos sofrimentos deste mundo, por isso queremos clamar a Deus por piedade, cantando: Pelas dores deste mundo.


GLÓRIA IN EXCELSIS
Neste tempo de Natal muitas vezes falamos em paz. Nós cristãos temos o dever de promover a paz. A paz que Jesus nos traz. A paz que os pastores sentiram quando ouviram o anjo anunciar: “Eis que vos trago boa nova de grande alegria, que o será para todo o povo, é que hoje vos nasceu, o Salvador, que é Cristo o Senhor.” Com esta alegria e paz, cantamos:

20 – HPD I – Surgem anjos proclamando...

ORAÇÃO DO DIA
Bondoso e amado Deus, nós te agradecemos pela oportunidade que tu nos dás de sermos teus filhos e filhas, agradecemos pelo teu cuidado, pelo teu perdão. Pelas vezes que mesmo não percebendo, tu estás conosco e nos guarda dos perigos. Agradecemos que neste dia, pudemos abrir os nossos olhos, e recebemos de ti, mais um dia de vida. Obrigado Senhor pelas tuas bênçãos infinitas. Agradecemos Senhor, que também no sofrimento, tu estás conosco, nos consola e fortalece. Pedimos que tu abençoes também este momento de receber a Tua Palavra. Que sendo lançada, ela caia em nossos corações e encontre terra fértil, ou seja, que encontre corações receptivos ao teu amor. Em nome de Jesus. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Isaías 52.7-10

2ª Leitura Bíblica: Evangelho de Lucas 2.(1-7) 8-20

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
379 - HPD II – Estou pronto Senhor

PREGAÇÃO

Leitura: Hebreus 1.1-4(5-12)
Queridos irmãos e queridas irmãs na fé!
O autor de Hebreus neste texto começa falando de que os profetas, ou seja, os mensageiros de Deus foram instrumentos usados por Deus para revelar a Sua vontade aos seus antepassados, ou seja, às pessoas que viveram nos tempos do Antigo Testamento. E continua dizendo que nos últimos tempos, porém Deus enviou alguém soberano aos mensageiros do Antigo Testamento.
Quem é este alguém? O Filho de Deus – Jesus. E para provar que Jesus é realmente o Salvador tão esperado, e não mais um profeta que anunciou e desejou a vinda do Salvador, o autor de Hebreus apresenta várias características do Filho, para provar sua superioridade. Ele é o Herdeiro, acima de servos (profetas, anjos, etc.) (cf. Hb1. 2; cf. Hb 1.7). A superioridade de Jesus se torna bem mais evidente pelo fato de ele ser o Criador do universo (cf. Hb 1.2). Ele é também a perfeita imagem do Pai (cf. Hb1.3).
Mas a grandeza e superioridade de Jesus, que aponta ser Ele o Salvador prometido e enviado por Deus é demonstrada não somente em quem Ele é, mas em onde Ele está. Depois de terminar sua missão terrestre de purificar os pecados dos homens, ele tomou seu lugar à destra do Pai (cf. Hb 1.3). Quando ele voltou para o céu, assumiu seu lugar acima dos anjos, tendo cumprido o propósito de sua vinda ao mundo e, assim, herdando por mérito próprio seu nome superior (cf. Hb 1.4).
Portanto meus irmãos e irmãs na fé: hoje é tempo em que nos fala o Filho. O inimaginável, que ultrapassa todas as possibilidades e as limitações do nosso pensamento, veio a ser realidade. Aquilo que os anjos anunciaram aos pastores do campo em Belém: “hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador” (Lc 2.11), aquilo que o apóstolo João testemunha: “A Palavra tornou-se carne” (Jo 1.14), isso nos é dito em resumo na frase: Deus falou pelo Filho. Em Jesus Cristo a revelação de Deus tornou-se perfeita. Nele Deus vem pessoalmente a nós. Em Cristo reside a plenitude de Deus. “Deus estava em Cristo” (2Co 5.19). Não é possível que Deus chegue mais perto de nós seres humanos do que chegou na pessoa de Jesus. “Essa é a forma mais sublime e perfeita de como Deus pode falar conosco”. A vinda do Filho de Deus ao nosso mundo, sua vida, seu falar e agir, seu sofrimento e morte constituem o presente incomparável de Deus à humanidade pecadora, que vive na rebelião contra Deus. Jesus Cristo é o “dom inefável” (2Co 9.15). Ele, porém, não é apenas a revelação perfeita, mas ao mesmo tempo a última revelação de Deus. Além do envio de seu Filho, Deus não faz mais nada pela salvação das pessoas – não precisa fazer mais nada. A vinda de Jesus é a revelação decisiva de Deus. Através de Jesus Cristo, de uma vez para sempre todos os seres humanos podem ser salvos e reconciliados com Deus. Jesus é o centro da história universal e salvadora de Deus. Com a sua vinda começou a virada das eras. O “tempo final” teve início. Deus falou a nós pelo Filho nestes últimos dias (“no fim desses dias”). Os homens de Deus da antiga aliança ansiaram pela vinda do tempo final, quando falavam do “fim dos dias”. Essa época profetizada no AT é o tempo do Messias e, ao mesmo tempo, a época em que vivem os destinatários de Hebreus. Por isso o autor de Hebreus diz: “nestes últimos dias, nos falou”. No mesmo sentido também o apóstolo João escreve: “Filhinhos, já é a última hora” (1Jo 2.18). Num determinado sentido, o agir salutar de Deus chegou a um encerramento: o acesso ao coração de Deus está aberto para todos; o caminho para a salvação eterna está claramente testemunhado para todas as pessoas na palavra de Deus e não há mais necessidade de outra revelação de Deus. Agora é o tempo da salvação!
Que nós não percamos a oportunidade de nos achegar a Deus. Jesus nós dá essa possibilidade. Ele é o próprio Deus encarnado, que se faz gente, gente como a gente. Se achega a nós.  Aquele que está acima de todo e qualquer nome vem ao encontro do mais simples e humilde Homem, a fim de livrá-lo da imundícia do pecado. Ele, Jesus Cristo, o Filho de Deus, o Criador do mundo, o Redentor do mundo e o Consumador do mundo, olhou para nós, humildes pecadores. Ele, por meio de cuja palavra onipotente o mundo passou a existir, esteve deitado no presépio como pequena criança, morreu em nosso favor na cruz e retornará com glória, a fim de consumar o plano de salvação de Deus. Que Deus magnífico e extraordinário nós temos! Que neste tempo de Natal possamos refletir a graça e amor deste Deus grandioso e que nos acheguemos diante dele sem demora. Amém.

HINO
18 - HPD I – Louvado sejas ó Jesus

CONFISSÃO DE FÉ
Em resposta à Palavra, confessemos a nossa fé com as palavras do Credo Apostólico:

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
29 - HPD I – Jubiloso, venturoso...

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________


Senhor Deus, nós te agradecemos por este culto e pela Palavra revelada a nós. Somos gratos porque tu nos guias para os teus braços de amor. Que nossa vida inteira possamos dedicá-la a ti. Obrigada que em Jesus podemos encontrar a verdadeira alegria de viver. Que Cristo seja sempre o Senhor das nossas vidas e que nunca esqueçamos que Ele abdicou da sua glória para vir ao mundo e nos salvar. Agradecemos ainda pelos aniversariantes, pela tua bondade na vida de cada um deles e pedimos que os guarde em teu amor. Intercedemos pelos doentes, os que vivem angustiados, preocupados, em situações difíceis. Tu és o Senhor de cada um/a deles/as! Tu podes curar, consolar, fortalecer e animar a cada um e a cada uma. Os colocamos nas tuas mãos Senhor bondoso, tem misericórdia! E que eles/as não esqueçam do teu poder. E que acima de tudo, eles não percam a esperança em Ti. Intercedemos ainda pelas autoridades do nosso país, estado e cidade. Que eles governem para o bem do teu povo. Cuida e orienta também a nossa IECLB em todo o âmbito nacional, também os trabalhos em nossa paróquia/comunidades. Que todos trabalhem para honra e glória do teu nome. Assim Deus Salvador, entregamos tudo nas tuas mãos, na certeza que tu ouves a nossa oração, e que irá respondê-la conforme a tua santa vontade. Assim oramos em nome de Jesus que nos ensinou a dizer:

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
BÊNÇÃO
Que o Senhor te abençoe e te guarde, que o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti, que o Senhor levante o seu rosto sobre ti e te dê e acompanhe com a sua paz. Amém

ENVIO
Vamos todos na paz do nosso bondoso Deus, servindo-o de todo o nosso coração.
Um abençoado tempo de Natal, um bom domingo e abençoada semana.

CANTO FINAL
13 - HPD I – Noite feliz


Autor(a): Tatiane F. Ertmann Stele
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2013
Natureza do Texto: Liturgia
Perfil do Texto: Celebração
ID: 23177

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Façam todo o possível para juntar a bondade à fé que vocês têm. À bondade, juntem o conhecimento e, ao conhecimento, o domínio próprio. Ao domínio próprio, juntem a perseverança e, à perseverança, a devoção a Deus. A essa devoção, juntem a amizade cristã e, à amizade cristã, juntem o amor.
2Pedro 1.5-7
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Jesus Cristo diz: Eu sou a luz do mundo; quem me segue nunca andará na escuridão, mas terá a luz da vida.
João 8.12
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br