Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

João 3.1-17 - 1º Domingo após Pentecostes (Trindade) - 31.05.2015

Caderno de Cultos 2015

31/05/2015

31/05/2015- 1º Domingo após Pentecostes (Trindade)
Pregação: Jo 3.1-17; Leituras: Is 6.1-8; Rm 8.12-17
P. Adriel Raach – Rurópolis - PA

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA

Saudamos a comunidade aqui presente, desejando que todos e todas se sintam bem em nosso meio.

Sejam todos bem-vindos para este culto, que é onde Deus se encontra conosco. Saúdo a cada um e a cada uma com as palavras bíblicas de Is 6.3, que dizem: “Os Serafins diziam uns para os outros: Santo, Santo, Santo é o Senhor Todo-Poderoso; a sua presença Gloriosa enche o mundo inteiro”.

Hoje lembramos o domingo da Santíssima Trindade. O nosso Deus se revela a nós desde o ato da Criação, e através dos profetas do Antigo Testamento como o Deus-Pai, Criador, mantenedor de tudo, o mesmo que se fez carne em Jesus Cristo, o Filho, que morreu por todos nós e ressuscitou para a vida eterna e, ao ascender aos céus, não nos deixou a sós, pois enviou-nos o Espírito Santo, vivificador, consolador. Assim é o nosso Deus. Nessas três pessoas Ele revela a sua unidade. Um único Deus, mas que se revela a nós em três Pessoas.

(...) Se há visitantes entre nós, podem se identificar? (...) Sejam bem-vindos, sejam bem-vindas! Desejamos que se sintam bem aqui conosco.

CANTO DE ENTRADA
Nº 123 – HPD 1 – O nosso encontro vai ser abençoado

Ou: Nº 332 – HPD 2 – Deus está aqui

SAUDAÇÃO
Nós nos reunimos aqui em nome do trino Deus que é Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 350 – HPD 2 – Que a graça do Senhor Jesus

Ou: Nº 321 – HPD 2 – Vento que anima

CONFISSÃO DE PECADOS
O nosso auxílio vem do Senhor que fez o céu e a terra ... A festa de comunhão quer nos lembrar que Deus quer estar conosco. Comunhão pede que sejamos sinceros, autênticos e que saibamos reconhecer nossos pecados. Por isto, quero convidá-los para confessarmos nossos pecados:
Oremos: Deus de bondade e misericordioso. Nós nos dirigimos a ti neste momento como pessoas pecadoras e pedimos que nos perdoe os nossos pecados. Somos egoístas e nos esquecemos de seguir o exemplo que teu Filho, Jesus, nos deixou. Ajuda-nos a renovar nossa vida a cada dia e seguir sempre no caminho certo, servindo ao nosso próximo, podendo também amar e perdoar-nos uns aos outros, assim como tu nos amas. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO
...“e o amor de Deus é isto: não fomos nós que amamos a Deus, mas foi ele que nos amou e mandou o seu Filho para que, por meio dele, os nossos pecados fossem perdoados” (1 Jo 3.10). Fundamentados nesse amor, podemos confiar no perdão de Deus, em nome do Pai do Filho e do Espírito Santo, Amém.

KYRIE
Por ainda haver tanta injustiça neste mundo, por ainda haver pessoas que se afastam da presença de Deus é que vemos tanta violência, guerras, discriminação, tanta pobreza e miséria. Jesus disse que veio ao mundo para que nós tenhamos vida, e a tenhamos em abundância. Por isso, queremos pedir a Deus tenha pressa em enviar o Reino que será justo a todos. Fazemos isso cantando:

“♫ Pelas dores deste mundo, ó Senhor, imploramos piedade.
A um só tempo geme a criação. Teus ouvidos se inclinam ao clamor,
desta gente oprimida. Apressa-te com tua salvação.
A tua paz, bendita e irmanada com a justiça.
Abrace o mundo inteiro, tem compaixão.
O teu poder sustente o testemunho do teu povo.
Teu reino venha a nós. Kyrie Eleison. ♫”

ORAÇÃO DO DIA
Oremos: Trino Deus, tu desejas que vivamos bem, e por isso deste o teu Filho em nosso favor. Neste encontro viemos a ti suplicando por ajuda para sermos corretos no pensar e agir. Pela tua palavra que se fez verbo e nos encheu da verdade, permita que permaneçamos firmes, escutando o que queres nos ensinar, pois sabemos que tu és um Deus de amor e paz e que desejas o melhor para todos nós. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Is 6.1-8

2ª Leitura Bíblica: Rm 8.12-17

Aclamação do Evangelho:
Convido à comunidade a se colocar de pé, em respeito à leitura do Evangelho.

3ª Leitura Bíblica: Jo 3.1-17

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 379 – HPD 2 – Estou pronto, Senhor

PREGAÇÃO

Oremos: Deus Pai, Deus Filho, Deus Espírito Santo. Pedimos-te, faça-te presente aqui neste momento em que queremos meditar sobre a tua Palavra. Amém.

Nós, certamente, já paramos para imaginar como deve ser o inferno, e como deve ser o céu.
A gente imagina o céu, um campo de flores, as pessoas vestidas de branco, felizes, ... ou imaginamos uma mesa enorme, num banquete, onde todos comem juntos.
E o inferno, imaginamos um lugar escuro, com fogo por toda parte, pessoas tristes, sofrendo, brigando, e etc...
Bom, permitam-me compartilhar com vocês uma história, contada entre os chineses ... uma história sobre o céu e o inferno, gostaria que todos ouvissem bem, esta história contada assim:
- Certa vez, uma pessoa faleceu e quando se encontrou com Deus, ela disse: “Ó Senhor, Todo-Poderoso. Antes de ler a sentença, permita-me poder ver o céu e o inferno”. O Senhor cheio de bondade e amor cedeu ao pedido. Um anjo de Deus levou a pessoa para ver. Primeiro foram ver o inferno. Era antes de meio dia. Pôde-se ver uma enorme panela cheia de arroz, com um bom cheiro.
- Então o anjo de Deus levou a pessoa para ver também o céu. Ainda era antes de meio dia. Pôde-se ver no céu outra enorme panela cheia de arroz, com um bom cheiro.
- Tanto no céu quanto no inferno a panela estava longe das pessoas e só se podia comer com uma enorme vara que ali existia (os chineses gostam muito de arroz e ainda comem com palitinhos, mas lá tinha uma enorme vara).
- Então a pessoa disse: “Na terra me falaram que o céu era muito diferente do inferno. Aqui, hoje, não vejo diferença entre o céu e o inferno. Onde está a diferença?”
- O anjo de Deus então levou a pessoa de volta para ver o inferno. As pessoas vieram para comer. No inferno eram magras e no céu eram bem alimentadas.
- “Eu não entendo” disse a pessoa, “porque há pessoas famintas e mal alimentadas no inferno e bem alimentadas no céu, se tanto no céu quanto no inferno há comida suficiente”.
- Então o anjo de Deus, levou a pessoa a um lugar bem alto onde podia ver tanto o céu quanto o inferno e as pessoas comendo. E então a pessoa viu e entendeu a diferença.
- Tanto no céu quanto no inferno a panela estava longe das pessoas e só se podia comer com uma enorme vara. No inferno as pessoas se empurravam para pegar a vara e cada uma lutava para trazer comida para si mesmo. Mas com isso a vara tremia e a comida caia antes de chegar à boca.
- No céu era diferente. As pessoas que tinham a vara levavam comida na boca das outras pessoas. Assim “umas alimentavam as outras”.
Cara comunidade! - Este céu e este inferno existem entre nós hoje. Olhando para o nosso modo de viver neste mundo, com o que vocês acham que mais se parece esse mundo? Com o céu, ou com o inferno?
No texto que ouvimos, Jesus diz que ninguém pode ver o Reino de Deus se não nascer de novo. Mas não significa voltar para a barriga da mãe e renascer literalmente... Jesus deixa claro ao fariseu Nicodemos: Ninguém pode entrar no Reino de Deus se não nascer da água e do Espírito.
Neste fim de semana nós lembramos do domingo da Trindade. O Deus de amor e da Paz se manifesta no Deus Triúno, ou seja, um só Deus, que se manifesta a nós de três maneiras: O Deus Pai, Criador e mantenedor de toda a ordem no mundo, o Deus Filho, Jesus Cristo, que se fez ser humano e habitou entre nós, nos deu o exemplo de como devemos viver para termos o céu aqui na terra, ao invés do inferno, e o Deus Espírito Santo, enviado a todos nós no dia do PENTECOSTES, lembrado no domingo passado.
Um Deus que se manifesta de tantas formas, que nos auxilia, nos exorta e está presente na nossa vida de tantas maneiras, só pede que façamos a nossa parte: “que nos deixemos batizar em nome dele, e confiemos que, através do batismo, renascemos no Espírito!”
Isso é algo difícil de entender... pela razão humana, fica difícil, até mesmo para o professor do povo de Israel de compreender. Então Jesus faz o questionamento:
- “Se vocês não creem quando falo das coisas deste mundo, como vão crer se eu falar das coisas do céu? Ninguém subiu ao céu, a não ser o Filho do Homem, que desceu do céu.”

E com isso, Jesus nos dá uma excelente dica de como devemos imaginar o céu... o céu é o lugar onde o exemplo de Jesus é seguido... Onde os gestos de Jesus são imitados. Sendo assim, nós já podemos experimentar sinais deste Reino de Deus, aqui entre nós.

- Deus, quando nos deu a vida, lá no início de tudo, em Gênesis, Ele soprou nas narinas de Adão, o fôlego da vida! O Espírito, o Anima(ânimo). Em seguida, aquilo que era pra ser apenas um boneco de barro, se transformou em um ser vivo, ser humano, à imagem e semelhança de Deus...

Fazer um exercício de respiração... (Inspirar fundo e expirar duas vezes. Em seguida, inspirar e segurar a respiração por alguns segundos. Por último, inspirar, prender a respiração e não dizer quando expirar... assim, cada qual irá expirar quando não suportar mais segurar).

A nossa vida, em comunidade, pode ser como aquele inferno da história onde cada um só pensa em si mesmo... mas também poderá morrer de fome, por não ser capaz de partilhar, ou pode morrer asfixiado em seu egoísmo, pois tenta prender o Espírito Santo dentro de si, não reparte através dos dons...
- Ou então, pode ser como a vida no céu, onde todos se preocupam uns com os outros e assim todos são satisfeitos em suas necessidades.
- A palavra de Deus nos chama para renascermos no Espírito, e se cremos que, em Cristo não vamos morrer, mas herdar a vida eterna, então, o Deus do amor e da paz estará presente na vida da comunidade.
- Vamos o exemplo de Jesus! Vamos exercitar a vida em comunhão uns com os outros, servindo uns aos outros, ajudando no que for necessário, e exercitando o perdão... pois, afinal, somos seres humanos, volte e meia, nos ofendemos, brigamos, assim também era lá no tempo de Jesus... mas, nós não somos como as pessoas que herdarão o inferno e irão viver na discórdia e no egoísmo. Somos o Povo de Deus, que vive perdoado pelo sangue de Jesus Cristo, e por isso, pode se perdoar e conceder o perdão.
Que o Trino Deus, Pai, Filho e Espírito Santo nos abençoe em nossa comunhão de irmãos e irmãs na fé! Amém.

HINO
Nº 88 – HPD 1 – Nós cremos todos num só Deus (Pode ser somente recitado)

CONFISSÃO DE FÉ
Movidos pelo amor de Deus por nós, e pela fé que Ele mesmo nos concede, confessemos juntos a nossa fé através das palavras do credo apostólico.

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
Nº 359 – HPD 1 – Te ofertamos nossos dons


ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

Senhor nosso Deus e Pai. Nós te rendemos graças pela nossa vida, por nos ter abençoado com a saúde, o vigor para o trabalho, com anos e anos de vida, com colheitas fartas, com ensinamentos e, somos imensamente gratos por teres se revelado a nós em Jesus Cristo, teu Filho amado, pelo qual enviaria o Espírito Santo ao mundo.
Faz-te presente entre nós comunidade, nas vidas de cada um e cada uma. Tantas são as pessoas que sofrem por doenças, depressão, solidão, negação do perdão. Nós intercedemos por todas elas, especialmente pelos nossos próximos mais próximos ...
Em especial, nós pedimos que olhes por todos os seus filhos e filhas, em tempos de violência, guerras e acidentes de trânsito. Nós pedimos que nos conceda a sua Paz. Neste país, em sua igreja, entre todos os irmãos e irmãs que creem em ti, como um único Deus, revelado em Jesus e no Espírito Santo.
Fica conosco, óh Deus! Guarda-nos em todos os momentos de nossa vida.
Por Cristo, nosso Senhor, que nos ensinou a orar....

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
O Senhor te abençoe e te guarde. O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti. O Senhor, sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz.
Assim, abençoe-te o Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

ENVIO
Vão em paz e Sirvam ao Senhor com alegria, podendo sempre dar graças a Deus!

CANTO FINAL
Nº 206 - HPD 1 – Quão bondoso amigo é Cristo


Autor(a): Adriel Raach
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Tempo Comum
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 1º Domingo após Pentecostes - Domingo da Trindade
Testamento: Novo / Livro: João / Capitulo: 3 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 17
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2015
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 32484

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

O Espírito Santo permanece com a santa congregação, ou cristandade, até o dia derradeiro. Por ela, nos busca e dela se serve para ensinar e pregar a Palavra, mediante a qual realiza e aumenta a santificação, para que, diariamente, cresça e se fortaleça na fé e em seus frutos, que ele produz.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Da fé, fluem o amor e a alegria no Senhor, e, do amor, um ânimo alegre, solícito, livre para servir espontaneamente ao próximo.
Martim Lutero
© Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br