Sínodo Mato Grosso



Rua Alberto Velho Moreira , 48 - Bandeirantes
CEP 78010-180 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 9846-83271 | (65) 9840-66020 | (65) 9846-83271
sinodomt@outlook.com
ID: 10

João 6.1-21 - 9º Domingo Após Pentecostes - 25/07/2021

Caderno de Cultos 2021 - Sínodo Mato Grosso

25/07/2021

25/07/2021 - 9º Domingo Após Pentecostes
Prédica: João 6.1-21
Leituras bíblicas: *2 Reis 4.42-44 *Salmo 145.10-19 * Efésios 3.14-21
Cor litúrgica: verde Cat. Traudi Kraemer

LITURGIA DE ABERTURA
ACOLHIDA:
“O Senhor está perto de todos os que o invocam, de todos os que o invocam com sinceridade. Ele realiza os desejos daqueles que o temem; ouve-os gritar por socorro e os salva.”
Nós nos reunimos em culto nesse 9º domingo após Pentecostes em nome de Deus Pai, Filho e Espírito Santo, compreendendo que o nosso socorro vem do Senhor, Que fez o céu e a terra. Amém!

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA: - Nº 08 - Livro de Cantos da IECLB - Estamos aqui Senhor

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Celebramos este culto em nome e na presença do Pai, Deus Criador; em nome do Filho, Jesus Cristo nosso Salvador, e em nome do Espírito Santo, o verdadeiro Consolador. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO: Nº 192- Livro de Cantos da IECLB - Creio Senhor que és Deus

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS: Confessemos nossos pecados cantando
CANTO: Nº 36 - Livro de Cantos da IECLB - Se sofrimento te causei Senhor

ANÚNCIO DO PERDÃO
O Senhor, nosso Deus, é bondoso e misericordioso e os aceitará se vocês voltarem para ele (2 Crônicas 30.9). Todo aquele que, de todo coração, se volta para o Senhor, Ele os recebe de braços abertos pelo Pai. Alicerçados nesta palavra, podemos ter a certeza que, sim, Ele nos concede o seu perdão.
KYRIE
O apóstolo Paulo escreve: Porque sabemos que toda a criação, a um só tempo, geme e suporta angústias até agora (Rm 8.22). Várias são as causas de todos os sofrimentos espalhados pelo mundo: Guerras, perseguições, indiferença. Entretanto, na raiz de tudo isto, está o desprezo ao Deus verdadeiro, revelado em Jesus Cristo. O afastamento de Deus, por causa do pecado, resulta em dores. Em oração, cantemos juntos: Pelas dores deste mundo…

GLÓRIA IN EXCELSIS
O amor e a misericórdia de Deus nos alcançam. Confiem, pois Ele sempre está perto dos que o buscam com sinceridade. A liberdade que encontramos em Cristo nos afasta do pecado e nos aponta o caminho da vida eterna, o caminho da redenção. Por isso, rendamos graças ao nosso Deus cantando Glória, glória, aleluia!

 

ORAÇÃO DO DIA
Deus. Obrigado pela oportunidade de vida neste dia, concedida a mim e à meus irmãos e irmãs. Reunidos e reunidas em teu nome reconhecemos nossa fraqueza e nossa falta de fé em muitos momentos da vida. As vezes não acreditamos em teu poder e nos desesperamos quando nos damos conta que em nós não há poder que possa nos salvar da morte. Por isso necessitamos de tua ajuda para que possamos crer. Humildes suplicamos tua presença no meio de nós a fim de que tu abras nosso coração e mente para que, assim, sejam preenchidos com a graça da fé. Esteja conosco e nos ajude a crer. Por Jesus Cristo. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: 2 Reis 4.42-44
2ª Leitura Bíblica: *Salmo 145.10-19
3ª Leitura Bíblica: * Efésios 3.14-21

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Aclamemos o Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo, cantando
Nº 609 - Livro de Cantos da IECLB - Palavra não foi feita

Leitura do Evangelho de João 6.1-21: Aleluia!

PREGAÇÃO
Que a paz e a graça em nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de deus, o Pai e a comunhão no Espírito Santo estejam com todos vocês. Amém!
Muito interessante o conteúdo dos textos bíblicos indicados para hoje. Em 2 Reis vemos que o empregado pergunta para o profeta Eliseu se o alimento que tinham daria para todos os cem homens. Eliseu responde que devem começar a distribuir e ainda complementa dizendo no verso 43: —Entregue a eles, e eles comerão, pois o Senhor Deus diz que eles vão comer e ainda vai sobrar. E todos comeram como o Senhor tinha dito, e ainda sobrou.
O salmista nos diz que: “O Senhor está perto de todos os que o invocam com sinceridade. Que Ele realiza os desejos daqueles que o temem; ouve seus por socorro e os salva”.
Na carta de Paulo aos Efésios 3.14-21: mesmo que, ainda que a situação seja adversa, no Pai encontramos forças para perseverar. Que na pessoa de Jesus Cristo vemos a revelação desse enorme amor de Deus para com cada um de nós.
E então chegamos no Evangelho lido hoje. Sabemos que Estava próxima a Páscoa. Aquela do êxodo do Egito, em que o povo liderado por Moisés atravessou o Mar Vermelho. Jesus atravessa o Mar da Galiléia. Uma grande multidão seguia a Moisés no êxodo. Uma grande multidão segue Jesus. Moisés subiu a Montanha. Jesus também sobe à montanha e o povo seguia a Jesus porque tinha visto as curas, os milagres que ele fazia para os doentes.
Vendo a multidão faminta, Jesus pergunta a Filipe: “Onde vamos comprar pão para esse povo comer?” Fez a pergunta para prová-lo, porque ele sabia o que fazer. Como sabia? É que, conforme a Escritura, Moisés pede e Deus providencia alimento para o povo faminto. Jesus, irá fazer a mesma coisa. Mas Filipe, em vez de olhar a situação à luz das Escrituras, olha a situação com os olhos do sistema e responde: “Duzentos denários não bastam!” Um denário era o salário mínimo de um dia. Filipe constata o problema e reconhece a sua total incapacidade para resolvê-lo. Faz o lamento, mas não apresenta solução.
André, em vez de lamentar-se, busca uma solução. Ele encontra um menino com cinco pães e dois peixes, disposto a partilhá-los. Cinco pães de cevada e dois peixes eram o sustento ou a ração dele. O menino entrega o seu sustento! André poderia ter dito: “Cinco pães e dois peixes, o que é isso para tanta gente? Não vai dar para nada! Vamos partilhá-los aqui entre nós com duas ou três pessoas!” Em vez disso, tem a coragem de entregar cinco pães e dois peixes para alimentar 5 mil pessoas (Jo 6,10). Andre percebe que neste gesto do menino está a solução. Por isso, levou-o até Jesus. Quem faz isso, ou é louco ou tem muita fé em Jesus e nas pessoas, acreditando que, por amor a Jesus, todos se disponham a partilhar como fez o menino!
Jesus pede para o povo se acomodar na grama. Em seguida, multiplica o sustento. O texto diz que: “Jesus tomou os pães e, depois de ter dado graças, distribuiu-os aos presentes, assim como os peixes, tanto quanto queriam!” Com esta frase, escrita no ano de 100 depois de Cristo, João evoca o gesto da Ceia, do jeito que era celebrada nas comunidades (1Cor 11,23-24). A Ceia Eucarística, quando celebrada como deve, levará as pessoas à partilha como levou o menino a entregar seu sustento para ser partilhado.
Jesus manda recolher a sobra do pão. Recolheram 12 cestos. O número 12 evoca a totalidade do povo com suas 12 tribos. João não informa se sobrou algo dos peixes. É que o interesse dele era evocar o pão como símbolo da Ceia Eucarística. João não descreve a Ceia Eucarística, mas descreve a multiplicação dos pães como símbolo do que deve acontecer nas comunidades e no mundo através da celebração da Ceia Eucarística.
O povo interpreta o gesto de Jesus dizendo: “Esse é verdadeiramente o profeta que devia vir ao mundo!” A intuição do povo é correta. Jesus de fato é o Messias, aquele que o povo estava esperando (Dt 18,15-19). Mas esta intuição tinha sido desviada pela ideologia da época que “queria um grande rei que fosse forte e dominador”. Por isso, vendo o sinal, o povo proclama Jesus como Messias e avança para fazê-lo rei! Eles estavam preocupados com a fome física, mas Jesus sabia que isso vinha da grande fome espiritual. Jesus ensina e prepara pessoas para ensinar sobre o amor, mas principalmente falar sobre esperança. Vejo aqui a esperança como o combustível para a fé. Percebendo o que eles queriam, Jesus se refugia sozinho na montanha. Não aceita esta maneira de ser messias e aguarda o momento oportuno para ajudar o povo a dar um passo.
O povo sofria, não tinha esperanças e estava se afastando novamente de Deus. Por isso queriam um rei guerreiro que os ajudasse em suas dificuldades primárias: Fome e saúde física. Jesus veio para trazer o alimento para o Espírito, a água que mataria a sede permanentemente.
Já considerou o papel de carregador de celular, por exemplo? A única maneira de garantir o funcionamento do dispositivo é que, depois de verificarmos que a bateria se esgota, colocamos para recarregar. Pelo seu Espírito Santo é que você e eu recebemos a força para avançar. É isso que Jesus quer ser para nós também através do Espírito Santo: aquele que nos recarrega quando tudo parece estar perdido. Creia nisso e que Deus te abençoe. Amém!


CONFISSÃO DE FÉ
Como resposta a pregação confessemos a nossa fé com as palavras do Credo Apostólico.
Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
CANTO: 425 - HPDII - Repartir, repartir, foi Jesus que ensinou

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
Bênção

ENVIO
Envio

CANTO FINAL
Nº -


Autor(a): Catequista Traudi Margarida Kraemer
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Área: Celebração / Nível: Celebração - Ano Eclesiástico / Subnível: Celebração - Ano Eclesiástico - Ciclo do Tempo Comum
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 9º Domingo após Pentecostes
Testamento: Novo / Livro: João / Capitulo: 6 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 21
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2021
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 63468

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

Fé significa confiar e construir sobre a misericórdia de Deus.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Não sei por quais caminhos Deus me conduz, mas conheço bem o meu guia.
Martim Lutero
© Copyright 2024 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br