Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

Jeremias 23.23-29 - 13º Domingo Após Pentecostes - 18.08.2013

Caderno de Cultos 2013

18/08/2013

18/08/2013 – 13º Domingo após Pentecostes
Lc 12.49-56; Hb 11.29-12.2; Pregação: Jr 23.23-29
P. André Martin Radinz – Querência

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA
Bom dia/Boa noite! A palavra de Deus nos trás orientação e nos chama ao compromisso de anunciá-la. Deus ao longo da história chamou inúmeras pessoas e as capacitou para isso. Sua ação ainda continua nos dias de hoje, pelo nosso batismo fazemos parte do Sacerdócio Real. Por isso, amados e amadas o texto de Atos 4.20 reforça esse compromisso: “Pois não podemos deixar de  falar daquilo que temos visto e ouvido”. Que possamos, orientados e guiados por Deus desempenhar nossa função.

Acolher os/as visitantes

CANTO DE ENTRADA
323 – HPD II – O Profeta

Ou: Nº ____________________________________________________

SAUDAÇÃO
Celebramos este culto em nome e na presença do trino Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém! O nosso auxilio está em o nome do Senhor, que fez o céu e a terra.
O trino Deus nos dê a graça de celebrar este culto com corações e lábios puros, por amor do seu santo nome. Amém!

CANTOS DE INVOCAÇÃO
85 – HPD I – Vem, Espírito divino

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS
Deus vem a nós por meio do Espírito Santo, Deus por intermédio de Jesus nos da a oportunidade de nos reconciliarmos com Ele. Uma forma de o fazermos é reconhecer que somos pecadores e carecemos do perdão e da misericórdia de Deus. Convido a neste momento, de forma individual, em silêncio ou voz baixa abrirmos nossos corações a Deus; confessar nossos pecados e falhas, na certeza de que se a nossa confissão for sincera Deus perdoará todas as nossas falhas. Confessemos nossos pecados a Deus. (SILÊNCIO)
Amado Deus, tu és Deus fiel. Perdoa-nos, Senhor, todos os nossos pecados. Clamamos a tua misericórdia cantando:
/: Perdão, Senhor, perdão:/ (2X)

ANÚNCIO DO PERDÃO
Deus perdoa todos os pecados confessados verdadeiramente. Diz o salmista: “O Senhor cura os que têm o coração partido e trata dos seus ferimentos” (Sl 147.3) Vão nesta certeza, pois todos os seus pecados estão perdoados. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

GLÓRIA IN EXCELSIS
Nosso Deus vem a nós. Ele por amor a seus filhos/as nos da à oportunidade de reconciliação. Deus nos propõe a vida e a felicidade. Ele é a nossa vida. Por este motivo, somos chamados a glorificarmos o nosso Senhor. O fazemos cantando o hino 253 - HPD I – Glorificado seja o teu nome

ORAÇÃO DO DIA
Todo Poderoso Deus e Pai, Pedimos-te como comunidade, como Igreja reunida em Teu Santo Nome, que possamos humildemente meditar na tua Santa palavra. Deus de misericórdia, que tua mensagem transforme nossas mentes e corações e que a partir da tua graça, possamos assim como os profetas e profetizas também anunciar em palavras e ações o teu reino de paz, justiça e amor. Por Jesus Cristo, Teu Filho, que contigo e com o Espírito Santo, um só verdadeiro Deus, que vive e reina eternamente é que pedimos. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Hebreus 11.29-12.2

2ª Leitura Bíblica: Lucas 12.49-56
Convido a todos que puderem a se colocar de pé em respeito ao evangelho de Jesus Cristo, o nosso Senhor. Aclamemos o santo evangelho cantando: Aleluia!

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
379 – HPD II – Pronto Senhor

PREGAÇÃO
Jr 23.23-29
Que a graça do nosso Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus o Pai e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vocês. Amém!
Estimada comunidade, irmão e irmãs em Cristo!
O texto bíblico de Jeremias nos convida a olharmos e avaliarmos nossa vida espiritual e comunitária, especialmente se em nossa comunidade exercemos papel de liderança. Também nos chama a olharmos com atenção para as mensagens anunciadas em nome de Deus. Serão elas verdadeiras, ou somente aquilo que queremos ouvir?
Jeremias foi um profeta que viveu por volta do ano 650 a. C., nas vizinhanças de Jerusalém. Ele pertencia a uma família de sacerdotes, ou seja, pessoas ligadas ao Templo, à religião. Em outras palavras, poderíamos dizer que Jeremias era um filho de Pastor. Sua experiência religiosa começa ainda na sua juventude, pois Deus o chama para ser profeta, e ele recebe uma tarefa muito especial. Jeremias é chamado a anunciar a destruição de Jerusalém, pois o povo havia se afastado de Deus, teimosamente tentavam trilhar um caminho próprio, caminho este que somente os levava para a destruição.
O profeta Jeremias, viveu em um período trágico onde se consumou a ruína do reino de Judá e quando Jerusalém é invadida pelos babilônicos. Jeremias mesmo vendo nos exilados a esperança de futuro, não abandona o grupo de Judeus que ficou na Palestina. Com esse grupo, fogem para o Egito e provavelmente lá ele morreu.
Conhecemos um pouco do drama e da situação em que se encontrava o profeta Jeremias. Feito isso, convido a ouvirmos as palavras bíblicas de Jeremias 23.23-29.
Leitura do texto.
Querida comunidade! Em nosso texto bíblico o profeta Jeremias critica e acusa os outros profetas. Por que e o que o levaram a isso? Se voltarmos um pouco e olharmos a partir do versículo 9, veremos que profetas e sacerdotes de Samaria e Jerusalém viviam uma vida que não condizia com os valores e bons costumes de filhos e filhas de Deus: adultério, falso testemunho, prática do mal. A estes, Jeremias da o titulo de FALSOS PROFETAS.
Como agiam esses falsos profetas, o que eles faziam que provocassem a ira de Deus? Eles baseavam-se em sonhos e visões “cheios de mentira” (v.32) e pretendiam garantir a política do reino de Judá numa época em que tudo apontava para a invasão babilônica, como de fato aconteceu. Anunciavam “paz”, mas todas as perspectivas apontavam para a guerra e a destruição. O profeta Jeremias, faz uma pesada critica contras as pessoas que adotavam o título de profeta.  O título de “pastor” ou de “profeta” não é garantia de que a pessoa que o utiliza seja verdadeiramente pastor ou profeta. Para esta função é preciso algo mais, é preciso um chamado, o mesmo que é feito a Jeremias: “eu o escolhi e separei para que fosse um profeta para as nações.” (1.5b), e este chamado também é feito a outros profetas. Deus chama, capacita e orienta, fez isso com Jeremias, mas com os FALSOS acontecia o chamado apenas por parte dos reis, ou seja, eles se encarregavam de trazer noticias boas e agradáveis, que iam de encontro às necessidades do povo. Jeremias ousou remar contra a corrente, discernindo as possibilidades históricas que eram as mais terríveis e por isso pagou o preço de ser perseguido e preso.
E hoje? Temos a coragem de agir como o profeta Jeremias, ou assim como os falsos profetas, também preferimos nos acomodar e acabamos anunciando apenas palavras que vão de encontro ao desejo humano? Concluo esta mensagem com as palavras do Pastor Joel Renato Schacht. “Em tempos de tamanha confusão religiosa e crescente proselitismo, bem como o surgimento de filosofias ou crenças que procuram apresentar uma mensagem que diga o que as pessoas querem ouvir e não o que o Deus Eterno proclama, é necessário apontar para a clareza e inconfundível verdade da minha palavra, Palavra do SENHOR. Os sonhadores se multiplicam e o juízo do Senhor castigará todos estes. Os sonhos dos falsos profetas devem ser claramente diferenciados da Palavra de Deus tal como a palha e do trigo. Aqui a palavra do Deus Eterno - minha palavra - é comparada com fogo e martelo. Esta palavra não pode ser confundida com sonhos ou mensagens falsas. O poder e a força da palavra do Deus Eterno estão expressos em inúmeros outros textos: 1 Co 1.18-24; 1 Co 2.4; Rm 1.16; A verdadeira palavra profética arde, queima no coração do homem e não pode ficar retida (Jr 5.14; Jr 20.9; SI 39.3). Como fogo ilumina, queima, aquece e purifica. Ao comunicá-la, o verdadeiro profeta é como fogo encerrado dentro de si. Como martelo quebra, julga e demonstra sua força e poder. A Palavra do Deus Eterno é como fogo - purifica, queima, arde; é como martelo - quebra, julga poderosa; é como trigo - produz fruto, não é passageira (palha); não se confunde com sonhos e visões do seu coração (profetas falsos).”
Não nos deixemos moldar pelo mundo, mas que possamos orientados por Deus anunciar suas maravilhas e também seu juízo. Que o trino Deus nos fortaleça e nos conduza pelos caminhos da justiça, do amor e da verdade. Amém!

HINO
166 – HPD I – Dá-nos olhos claros

CONFISSÃO DE FÉ
Em resposta à palavra lida e pregada, confessemos a nossa fé com as palavras do Credo Apostólico.

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO (proceder motivação e o recolhimento das ofertas)
221 – HPD I – Senhor, porque me guarda a tua mão


ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração:
1. Aniversariantes
2._______________________________________________________
3._______________________________________________________
4._______________________________________________________
5._______________________________________________________
6._______________________________________________________
Querido Deus e Pai, gratos somos nós por tua bondade e pela misericórdia que tu tens por cada um de nós. Muitos são os momentos em que nos afastamos dos teus caminhos. Teimosamente procuramos somente palavras que soem bem aos nossos ouvidos, dessa forma buscamos somente palavras de graça e deixamos de lado as palavras de juízo. Pedimos-te amado Deus, que tu não desistas de nós, pois somente em ti encontramos conforto e auxílio no nosso caminhar. Um sinal claro e luzente do teu amor por nós é: (mencionar agradecimentos). Também como teus filhos/as, tu nos permite chegarmos a ti com nossas suplicas e interseções. Por isso, ouve nossos pedidos (mencionar pedidos). Querido Deus, tudo aquilo que fica em nossos corações e mentes, incluímos na oração que teu filhos nos ensinou dizendo:  
PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO
O Senhor vos abençoe e vos guarde;
O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre vós, e se compadeça de vós;
O Senhor levante o seu rosto sobre vós, e vos dê a paz! Amém.

ENVIO
Vão em paz e sirvam ao Senhor com alegria. Que possamos testemunhar o verdadeiro ensinamento de nosso Senhor Jesus Cristo, em palavras e ações. Bom dia/Boa noite. Amém!

CANTO FINAL
452 – HPD II – Senhor, eu quero amar-te


Autor(a): P. André Martin Radinz
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Testamento: Antigo / Livro: Jeremias / Capitulo: 23 / Versículo Inicial: 23 / Versículo Final: 29
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2013
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 22747

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

O Deus da paz opere em vós o que é agradável diante dele, por Jesus Cristo, a quem seja a glória para todo o sempre.
Hebreus 13.20-21
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Deixem que o espírito de Deus dirija a vida de vocês.
Gálatas 5.16
© Copyright 2020 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br