Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 3623-1152
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

Lc 11.1-12 - 10º Domingo Após Pentecostes - 28.07.2013

Caderno de Cultos 2013

28/07/2013

28/07/2013 – 10° DOMINGO APÓS PENTECOSTES
Gn 18.20-32; Cl 2.6-15 (16-19) Pregação: Lc 11.1-12
Claudinéia Doern Eichelt Quoos – Santarém - PA

LITURGIA DE ABERTURA

ACOLHIDA

Bom dia/ boa noite. Sejam todos/as bem vindos/as à casa de nosso Senhor Jesus Cristo nesta manhã/noite.
Convido a todos para darmos um abraço nos nossos irmãos/ãs ao lado para nos acolhermos como irmãos na fé e desejarmos um ótimo e agradável dia/noite no qual Deus nos presenteia.
Aos visitantes que todos sejam bem vindos/as e se sintam bem. Pois é o próprio Deus quem nos acolhe em seus braços.
CANTO DE ENTRADA

125 – HPD1 –– Santo, Santo, Santo!

Ou: Nº __________________________

SAUDAÇÃO

No Salmo 100.1-2 lemos: “Cantem ao Deus Eterno, todos os moradores da terra! Adorem o Eterno com alegria e venham cantando até a sua presença!”.
É desta maneira que queremos estar neste culto, com o coração e alma dedicados ao Senhor cheios de felicidades.

CANTOS DE INVOCAÇÃO

123 – HPD1 – O Nosso Encontro
Ou: Nº ___________________________

CONFISSÃO DE PECADOS

Não podemos ser negligentes com os nossos pecados, pois não podemos “tampar o sol com a peneira”. Sabemos que somos pecadores desde a hora que nascemos. Mas o Senhor que conhece todos e até os íntimos pecados quer nos ouvir e nos dar o perdão. (Pedir para que a comunidade se levante) Oremos:
“Senhor Deus, chegamos diante de ti como filhos/as, com humildade e coração arrependido, confessar nossos erros e nossas falhas para contigo e para com o nosso irmão/ã. Sabemos Senhor que apenas o seu amor não passa, mas todo o resto passa.
Perdão quando fomos indiferentes com nosso irmão/ã necessitado/a; perdão quando olhamos para o nosso próprio umbigo; Perdão quando deixamos de falar do seu amor.
Confessamos aqui, como comunidade, nossa culpa de nem sempre entendermos ao seu chamado e resistimos à obra do Espírito Santo em nós.
Suplicamos, tem Senhor piedade!

ANÚNCIO DO PERDÃO

O Senhor nos concede o perdão, assim como diz as Escrituras Sagradas; desde que se arrependam e mudem de vida, e se voltem para Deus. Isaias 44.22 diz: “Já perdoei as suas maldades e os seus pecados; eles desapareceram como desaparece a cerração! Volte para mim, pois eu sou o seu Salvador”.

KYRIE

Senhor oramos:
- Pelas dores deste mundo, tem piedade Senhor!;
- Pela justiça que muitas vezes é injusta, tem piedade Senhor!
- Pelos governantes que não olham para o povo, tem piedade Senhor!
Tem compaixão Senhor, Amém!

GLÓRIA IN EXCELSIS

176 – HPD1 – Deus Teu Amor

ORAÇÃO DO DIA

Senhor bondoso, abre nossas mentes e corações neste culto, para que em comunidade possamos ouvir, refletir e aprender com tua palavra. Que a tua palavra nos fortaleça para que sejamos benção na vida das pessoas na sociedade. Em nome de Jesus, Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS
1ª Leitura Bíblica: Gn 18.20-32;
2ª Leitura Bíblica: Cl 2.6-15;

CÂNTICO INTERMEDIÁRIO

181 – HPD1 – Viver Com Jesus é Cantar

PREGAÇÃO
Leitura Bíblica; Lc. 11.1-12
Quero começar perguntando:
- Quem tem o costume de orar?
- Que horas?
- Quantas vezes?

Chocante? Pois é, mas Jesus orava o tempo todo para todas as situações. Ex: Seu batismo (Lc 3.21); A escolha dos 12 discípulos (Lc 6.12); No Getsêmani (Lc 22.41). Mas também orava como prática regular (Mt 14.23; Mc 1.35). Como filhos/as de Deus temos o exemplo de Jesus Cristo que nos ensinou como orar. A oração modelo do Senhor foi oferecida aqui em resposta a um pedido de seu discípulo.
A oração é uma conversa com Deus. Certamente a oração é algo mais sério do que parece.
Nós cristão somos diferentes um dos outros, cada um tem um jeito de orar, um horário, uma emoção diferente. Às vezes oramos para agradecer, às vezes as dificuldades nos levam a oração. Deus ouve todas as orações e as atende como melhor convém para a salvação de seus filhos.
Jesus nos ensina a chegar diante de Deus dizendo “Pai Nosso”. Quando nos achegamos diante de nosso pai e nossa mãe terrenos, agimos com humildade. Do mesmo modo deve ser quando a comunidade unida ora “Pai Nosso”.
Jesus ensinou essa verdade em outras ocasiões (Mt 18.35; Mc 11.25). Essa oração é um modelo para os crentes que já receberam o perdão no dia-a-dia necessário para restaurar a comunhão rompida com Deus, pois “Perdoa-nos os nossos pecados”. Mas em Mateus 6.12, registra “dívidas”, mas o significado é igual a “pecados”.
Quem não está habituado com as orações espontâneas dos evangélicos fica maravilhado com o uso das palavras, a conjugação dos verbos, os adjetivos, enfim toda a falação com a qual nos dirigimos a Deus. De fato, há muita gente que ora bonito demais. Mas bonito mesmo é o que Deus faz sem ninguém ver diante daquele que é absolutamente sincero e verdadeiro quando está orando “sozinho com Deus”, seja no quarto ou em qualquer outro lugar.
É no segredo do coração que as maiores lutas e bênçãos acontecem. O coração humano é cheio de segredos. Mas quando estamos sós, podemos abrir a alma e deixar fluir o que somos e o que temos dentro de nós, seja bonito ou feio, diante de Deus. E o melhor de tudo é saber que ele não se assombra com nada, mas deseja que nosso coração seja transparente diante dele. Relacionar-se com Deus não depende de protocolos a serem seguidos. Diferente de quando nos aproximamos de alguém importante a quem queremos impressionar. Mas Jesus sim, nos surpreende sempre com sua graça, com seu amor sem fim, com seus ouvidos atentos, com seu perdão, com o esquecimento eterno diante dos pecados confessados. O convite de Jesus é o da intimidade com Deus, da amizade plena, da verdade absoluta.
Por isso busque um lugar quieto, e ali, seja no seu quarto, num templo, abra-se diante de Deus dizendo tudo que há em você, expondo suas dúvidas, medos e alegrias. Aliás, para orarmos não é preciso usar palavras, pois Deus nos entende plenamente e sabe exatamente do que precisamos em nosso dia-a-dia.
Amém!

HINO

197 – HPD1 – Buscai Primeiro

CONFISSÃO DE FÉ

Em resposta a palavra que acabamos de ouvir, junto como comunidade confessar a nossa fé com as palavras do Credo Apostólico.

Creio em Deus Pai...

CANTO PÓS-CONFISSÃO (proceder à motivação e o recolhimento das ofertas)

455 – HPD1 – Cada Dia o Dia Inteiro

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO

Senhor Deus, agradecemos por nos ter permitido estar aqui neste culto, e ouvir a tua palavra! Pedimos que com a tua misericordiosa graça possamos chegar como verdadeiros filhos e com humildade sempre em todos os momentos podemos orar. Pois, só tu Senhor podes nos ajudar.
Queremos também agradecer pelos aniversariantes, rogamos que derrames ricas bênçãos sobre eles. Queremos colocar diante de ti nossos pedidos de intercessão. Lembramos-nos dos enfermos, das pessoas que enfrentam crises familiares, pessoais, ou no trabalho, e as pessoas que sofrem com o luto. Ouve e responde a nossa oração de acordo com a tua soberania e vontade. Tudo o mais queremos em conjunto colocar perante ti, ó Senhor, na oração que tu mesmo nos ensinou dizendo:

- Pai Nosso...

LITURGIA DE DESPEDIDA

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Oferta último Culto: R$ _________ - destinada para ...
______________ _________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

BÊNÇÃO

Que o nosso Senhor te abençoe e te guarde; que o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti; Que o Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz.

ENVIO

Vão em paz e sirvam ao Senhor com alegria. Tenham todos/as (bom dia/tarde ou boa noite, conforme a ocasião); uma abençoada semana e até o nosso próximo encontro.

CANTO FINAL

HPD1 – 166 – Dá-nos Olhos Claros

 


Autor(a): Claudinéia Doern Eichelt Quoos
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Natureza do Domingo: Pentecostes
Perfil do Domingo: 10º Domingo após Pentecostes
Testamento: Novo / Livro: Lucas / Capitulo: 11 / Versículo Inicial: 1 / Versículo Final: 12
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2013
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 22743

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

A misericórdia de Deus é como o céu, que permanece sempre firme sobre nós. Sob este teto, estamos seguros, onde quer que nos encontremos.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Se reconhecemos as grandes e preciosas coisas que nos são dadas, logo se difunde, por meio do Espírito, em nossos corações, o amor, pelo qual agimos livres, alegres, onipotentes e vitoriosos sobre todas as tribulações, servos dos próximos e, assim mesmo, senhores de tudo.
Martim Lutero
© Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br