Sínodo Mato Grosso



Rua Aristides Félix de Andrade , 840 - Araés
CEP 78005-605 - Cuiabá /MT - Brasil
Telefone(s): (65) 2129-6592 | (65) 9840-66020 | (65) 9846-83271
sinodomt@luteranos.com.br
ID: 10

Lucas 17.5-10 - 20º Domingo após Pentecostes - 06.10.2013

Caderno de Cultos 2013

06/10/2013

06/10/2013 – 20º Domingo após Pentecostes
Hc 1.1-4; 2.1-4; Pregação: Lc 17.5-10
PPHMista Rodrigo Tesche – Campo Novo do Parecis – Paróquia do Parecis

ACOLHIDA
Acolho a todas e todos vocês com um bom dia (tarde/noite). As palavras para esse dia nos dizem: “Ó Senhor Nosso Deus, queremos este culto a ti render, pois honra e glória só a ti devemos tributar aqui.”Assim, queremos saudar e dar as boas vindas aos irmãos e irmãs na fé e aos visitantes que neste dia vem a casa de Deus para esta celebração de louvor e adoração.
Que vocês possam se sentir bem em nosso meio e que o Santo Espírito de Deus nos abençoe nesse momento. Amém.

CANTO DE ENTRADA
Nº 330 – HPD 2 – Aqui chegando Senhor
Ou: Nº ____________________________________________________

LITURGIA DE ABERTURA
SAUDAÇÃO

Nós nos reunimos em nome do nosso Triuno Deus que é Deus Criador de céu e terra e de todas as pessoas; em nome de Jesus Cristo, seu Filho, nosso Senhor e Salvador; e em nome do Espírito Santo, que nos anima e nos dá o sopro da vida. Amém.

CANTOS DE INVOCAÇÃO
Nº 321 – HPD 2 – Vento que anima e faz viver

Ou: Nº ____________________________________________________

CONFISSÃO DE PECADOS

Sabendo que Deus está conosco em todos os momentos de nossa vida, nós cremos também que Ele perdoa os nossos pecados quando os confessamos de coração e nos arrependemos. Por isso oremos:
Senhor Deus, nosso amado Pai Celestial. Chegamos neste momento perante ti, por meio de nossa oração, para dizer-te que muitas vezes em nossa vida agimos contra a tua vontade e cometemos muitas falhas. Como marido e mulher, muitas vezes não aceitamos a opinião um do outro e não nos respeitamos como deveríamos; muitas vezes não damos a educação necessária para os nossos filhos e nossas filhas; e tantas vezes não damos o amor merecido a nossa família. Como comunidade, muitas vezes não frequentamos os cultos e não participamos ativamente da vida comunitária. Tantas vezes nos desviamos de teus ensinamentos e desrespeitamos o nosso próximo em palavras e ações. Perdoa-nos quando não confiamos inteiramente em Ti. Senhor. Estamos arrependidos dos nossos erros e dos nossos pecados. Por isso, em nome do teu amado filho Jesus Cristo, pedimos o teu perdão. Amém.

ANÚNCIO DO PERDÃO

Em Isaías 43.25 está escrito: “Mas eu – eu mesmo – sou o seu Deus e por isso perdoo os seus pecados e me esqueço deles.” A partir destas palavras nós podemos ter a certeza de que Deus nos concede aquilo que nós de coração pedimos e que Ele também dá o perdão a todos aqueles que confessaram  sinceramente os seus pecados. Amém.

KYRIE

Cremos que Deus nos vê e também nos ouve. Neste momento de culto, onde nos reunimos aqui como irmãos e irmãs na fé, queremos trazer diante de Deus todas as nossas dores: aquilo que nos faz sofrer como indivíduos, como família, grupos e comunidade. Oremos:
Deus da compaixão, diante de ti trazem os sofrimentos causados pela indiferença, frieza, maldade e pela falta de amor, carinho, pela falta de compreensão e por vezes não termos fé suficiente em ti.
Deus Criador, diante de ti trazemos também as feridas provocadas por nós, seres humanos, em tua criação: destruição de matas, poluição de águas e o uso do veneno.
Lembramos também daquelas pessoas que sofrem com a perda de um ente querido: pessoas que estão passando pela dor do luto e pessoas que enfrentam doenças.
Pedimos que tu olhes para nós com piedade. Amém.

GLÓRIA IN EXCELSIS

Na certeza de que Deus está sempre perto de nós e de que ele ouve o nosso pedido de perdão e nos perdoa; na certeza de que Deus ouve também o nosso pedido de socorro e nos socorre, de que Ele vem ao nosso encontro, nos estende a mão, caminha conosco e nos anima com o poder do Espírito Santo, nós o glorificamos cantando: Glória, Glória, glória a Deus nas alturas. Glória, glória, paz entre nós, paz entre nós.


ORAÇÃO DO DIA

Amado Pai Celestial, tu que em Jesus Cristo nos fizeste ver que a nossa fé em Ti é a nossa maior dádiva e que nós não precisamos ter uma fé maior ou menor, nós chegamos neste momento perante ti, através da nossa oração, para te agradecer imensamente pela nossa vida, pela vida de nossos familiares e por todas as dádivas que recebemos diariamente de tuas mãos. Agradecemos-te Senhor por esta comunidade, e por teres acompanhado cada um de nós, na vinda à tua casa. Pedimos que tu estejas conosco neste culto, Senhor, nos iluminando com o teu Santo Espírito, para que possamos entender aquilo que queres nos transmitir com a tua palavra e que saibamos colocá-la em prática em nosso dia-a-dia. Em nome de Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador, nós oramos. Amém.

LITURGIA DA PALAVRA

LEITURAS BÍBLICAS

1ª Leitura Bíblica: Habacuque 1.1-4; 2.1-4

2ª Leitura Bíblica: Lucas 17. 5-10


CÂNTICO INTERMEDIÁRIO
Nº 383 – HPD 2 – A Lei do Senhor

PREGAÇÃO

Querida comunidade!
Nos chama a atenção no texto que ouvimos do Evangelho de Lucas, o pedido dos apóstolos para que Jesus aumente a sua fé. Se falarmos literalmente, isso seria “adicionar fé àquela que temos”. Os discípulos reconhecem, humildemente, que são fracos e pedem que seja adicionada fé em sua vida!
Para poder perdoar, os discípulos pedem mais fé, mas Jesus deixa transparecer que não precisam de mais fé – não precisam de uma fé grande - mas de uma fé genuína, verdadeira, sem falsidade ou máscaras. A fé verdadeira pode realizar aquilo que a experiência, a razão e a probabilidade negariam, se for exercida dentro da vontade de Deus. Fé como o grão de mostarda é fé verdadeira. É a fé que move montanhas, que faz a figueira brava se arrancar da terra e plantar-se no mar.
Muitos de nós certamente já passaram pela experiência de “fixar raízes” em algum lugar; outros, certamente, já passaram pela experiência de mudar de cidade, uma ou mais vezes. Martim Lutero costumava dizer: “Onde está o teu coração aí está o teu Deus”.
Querida comunidade, onde estão as nossas raízes? O texto do evangelho fala de arrancar uma planta com raízes e replantá-la em outro lugar. Provavelmente alguns dentre nós têm suas raízes em outra terra, e elas ali permanecerão para sempre. Mas com certeza, por onde quer que andarem, deixarão uma sementinha que se transformará em planta, com tempo suficiente para criar raízes. Em Gênesis 12, Deus ordena a Abraão que deixe a sua terra, onde ele tem suas raízes e parta para um lugar novo, totalmente desconhecido, indo somente com a sua fé em Deus.
E nós, querida comunidade, quanto a nossa fé, também não pedimos a Deus que ele a aumente? Quando estamos em alguma situação difícil, não é a Deus que recorremos e pedimos socorro? Porém, quando aquilo que pedimos não acontece, não é atendido, ou culpamos Deus, ou acreditamos que temos pouca fé! Até hoje, não existe em nossa sociedade algo que meça a fé das pessoas. Não existe alguém com mais fé ou com menos fé. O que existe, é a fé verdadeira, genuína, diz Jesus!
Seguindo com o texto, Jesus fala da fé com uma parábola sobre um escravo e seu senhor. A ênfase da história contada por Jesus está no viver com humildade, onde não se espera nada em troca. O escravo cumpre suas obrigações e não espera agradecimento; mesmo se esperasse, não receberia. Jesus mostra que após termos feito o nosso trabalho, não temos nada para nos vangloriar, pois, mesmo que façamos o melhor trabalho, não estaremos fazendo nada além de nossas obrigações.
O nosso trabalho, queridos irmãos e irmãs na fé, é de extrema importância em nossa vida. Através do trabalho garantimos o nosso sustento. Trabalhando podemos servir às pessoas de alguma maneira. O nosso trabalho não é mais importante do que Deus ou as pessoas que amamos; o trabalho, além do sustento, faz-nos sentir-nos úteis à sociedade e à família!. Também Martim Lutero nos fala a esse respeito quando diz que somos salvos somente pela Graça e somente pela Fé. Não precisamos das obras para a salvação, não é nosso trabalho que irá nos salvar, mas sim a fé em nosso Senhor Jesus Cristo, ainda que Jesus nos peça que tenhamos fé e, mesmo que nos pareça uma fé pequena, que cumpramos com o nosso dever de alimentar bem a nossa fé e que façamos tudo e mais um pouco para que nossa fé seja fortalecida. Não que fortalecemos nossa fé para nosso próprio favorecimento, mas para que possamos falar da boa nova da salvação adiante. Falando sobre Cristo e agindo conforme um cristão, nós veremos que Cristo é fiel em suas promessas e nos dá aquilo que necessitamos para viver. Nem mais, nem menos. Ele sabe do que precisamos. A nossa fé deve ser saudável, bem alimentada, se não, ficamos fragilizados e assim somos “derrubados” na primeira dificuldade, assim como aquela árvore que não cria raízes suficientes na terra em que ela é plantada.
Que o bondoso Deus nos ajude e nos dê força para superarmos os momentos em que temos dificuldade e achamos que a nossa fé é pequena e fraca. Jesus Cristo nos deixa claro que se a nossa fé for do tamanho de um grão de mostarda, mas for fé genuína, essa já é capaz de produzir grandes feitos.
E que a paz de Deus que excede todo o entendimento humano, guarde os nossos corações e mentes em Cristo Jesus. Amém.

HINO
Nº 385 – HPD 2 – A ti Senhor

CONFISSÃO DE FÉ

Sabendo que o nosso Deus é bom para todos e todas nós, que d’Ele provém a fé e que Jesus Cristo é nosso único Salvador, confessemos nossa fé em Deus com as palavras do Credo Apostólico:

Creio em Deus Pai, ...

CANTO PÓS CONFISSÃO
Nº 429 – HPD 2 – O Mutirão da Vida

AVISOS
Próximo Culto: ___/___/______ às ___:___ h.
Destino da oferta: _________________________________________
Oferta último Culto: R$________ destinada ____________________ ________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
_______________________________________________________

ANIVERSARIANTES
________________________________________________________
________________________________________________________

ORAÇÃO DE INTERCESSÃO
Motivos de Oração
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________
________________________________________________________

Deus nos conhece, conhece nossos pensamentos e sofrimentos; Ele ouve nossas súplicas, também aquelas que mantemos em silêncio. Por isso oramos:
Oramos por todas as nações do mundo. Por nossa Pátria e por todos os conflitos e guerras no mundo. Ensina-nos a vivermos em paz e harmonia para que experimentemos a solidariedade e o amor.
Oramos por todos os Teus filhos e filhas, que são tratados injustamente, vítimas de nossos sistemas social e econômico. Ensina-nos a termos compaixão, para que a nossa vida em sociedade seja produtora de frutos da justiça e igualdade.
Lembramos-nos da nossa Igreja no Brasil e no mundo. Que também através da Igreja Evangélica de Confissão Luterana o Evangelho seja levado sempre adiante, a todos os confins da terra, de modo a que todas as pessoas tenham a sua fé fortalecida diariamente e possam também vivenciá-la.
Que Tu, oh Deus, conforte e console as pessoas que estão em dificuldade, que sofrem por alguma doença ou pela dor do luto, permitindo-lhes, se possível, a superação de angústia e sofrimento. Caso a vida a vida não for mais possível, que o Senhor possa dar o descanso necessário para aqueles que tanto sofrem.
Ó Pai, nós te pedimos, abençoes a todos e todas que aqui nesta comunidade vivem e trabalham. Fortaleça a todos e todas nós para que a sua paz e a sua mensagem estejam sempre presentes em nossos corações.
Tudo mais ó Deus, que está guardado em nossos corações e mentes, nós queremos agora colocar em tuas mãos, quando oramos juntos a oração que Jesus Cristo nos ensinou:

PAI NOSSO
Pai nosso ...

LITURGIA DE DESPEDIDA
BÊNÇÃO

Pedimos pela bênção de Deus, através de uma canção, que diz:
“Que Deus te guarde e Deus de guie; que Ele te segure bem na sua mão. Vá confiando, vá com alegria, pois os anjos te acompanharão”. Em nome do Pai e do Filho, e do Espírito Santo. Amém.

ENVIO

Que o bondoso e misericordioso Deus esteja sempre conosco, aonde quer que andemos. Vamos em paz e sirvamos a Deus com alegria!

CANTO FINAL
Nº 466 – HPD 2 – Anunciar as maravilhas do Senhor
 


Autor(a): Rodrigo Tesche
Âmbito: IECLB / Sinodo: Mato Grosso
Testamento: Novo / Livro: Lucas / Capitulo: 17 / Versículo Inicial: 5 / Versículo Final: 10
Título da publicação: Caderno de Cultos - Sínodo Mato Grosso / Ano: 2013
Natureza do Texto: Pregação/meditação
Perfil do Texto: Prédica
ID: 23163

AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

A fé exalta a pessoa e transporta-a para junto de Deus, de tal modo que Deus e o coração humano tornam-se uma só realidade.
Martim Lutero
EDUCAÇÃO CRISTÃ CONTÍNUA
+

REDE DE RECURSOS
+
Ser batizado em nome de Deus é ser batizado não por homens, mas pelo próprio Deus.
Martim Lutero
© Copyright 2022 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br